xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 10/01/2010 - 11/01/2010 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

31 outubro 2010

Brasil Dividido - PSDB triunfa em 8 Estados, e oposição comandará 52,3% do eleitorado brasileiro


NE - Veja quem realmente comanda o Brasil após as eleições


A oposição, composta por PSDB e DEM, vai administrar 52,3% do eleitorado brasileiro. Derrotado na corrida à Presidência, o PSDB saiu das eleições como o campeão na disputa pelos Estados (oito vitórias) e terá, a partir de janeiro, quase metade do eleitorado brasileiro sob sua administração _64,2 milhões, que representam 47,5% do total.

A conquista tucana nos Estados torna-se um contrapeso à vitória de Dilma Rousseff (PT), que contará com apoio certo de 16 governadores _o PMN, vencedor no Amazonas, estava na chapa de José Serra (PSDB). Os tucanos já haviam faturado a eleição no primeiro turno em quatro Estados: São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Tocantins, sendo os dois primeiros os maiores colégios eleitorais do país. A esse cinturão no Centro-Sul do mapa somaram-se vitórias em mais quatro praças ontem: Alagoas, Pará, Goiás e Roraima. O resultado está acima dos prognósticos mais otimistas feitos pelo comando do partido no início da campanha, cuja expectativa era faturar no máximo seis Estados. Em números, é o melhor desempenho da sigla desde 1994 (52% dos eleitores), quando houve uma onda nos Estados alavancada pela eleição de Fernando Henrique Cardoso (1995-2002). Em 2006, conseguiu 43%.

A oposição faturou no primeiro turno em Santa Catarina e no Rio Grande do Norte, com o DEM. O PT teve crescimento discreto, de 13,5% para 15,7%, ganhando em quatro Estados (AC, BA, RS e SE) e no Distrito Federal. Além da reeleição na Bahia, a grande vitória petista foi no Rio Grande do Sul.

Maior partido do Brasil, o PMDB encolheu e comandará 15,3% do eleitorado, ante 22,8% há quatro anos. A legenda administrará cinco Estados (MA, MS, MT, RJ e RO). Outro destaque destas eleições é o PSB, que termina com seis vitórias (PB, CE, PE, ES, PI e AP), totalizando 14,8% do eleitorado. A força dos "socialistas" está concentrada no Nordeste.

CONGRESSO

O triunfo da oposição na geopolítica do país é, entretanto, relativizado pela ampla maioria que Dilma terá no Congresso. De largada, a petista conta com 311 dos 503 deputados. Mas, se tomado o arco de partidos que hoje apoiam o governo Lula, ela teria uma base de 402 parlamentares _a maior desde a redemocratização do Brasil. Os principais alvos de negociação do futuro governo Dilma serão PP, PTB e PV, que optaram por não se coligarem formalmente à chapa dela ao Planalto. No Senado, a petista também terá maioria confortável, que variaria hoje entre 52 e 60 das 81 cadeiras.

Folha.com

Conheça a trajetória da primeira mulher presidente do Brasil


Dilma Rousseff nasceu em Belo Horizonte em 1947. Presidência é seu primeiro cargo eletivo.

Dilma Rousseff

Dilma Rousseff (Foto: Roberto Stuckert Filho)

A primeira mulher eleita presidente do Brasil, Dilma Vana Rousseff, é uma mineira radicada no Rio Grande do Sul, filha de uma professora e de um imigrante búlgaro. Neste domingo (31), a economista – e avó – de 62 anos conquistou o direito de exercer seu primeiro cargo eletivo. À trajetória dela se misturam alguns dos episódios marcantes da história recente do Brasil, como a resistência à ditadura, a redemocratização do país e a consolidação de uma ordem política equilibrada entre dois blocos pelo PT e pelo PSDB.

Dilma nasceu em 14 de dezembro de 1947, em Belo Horizonte. Entrou na política ainda no antigo colegial, na oposição ao regime de exceção instaurado em 1964. Começou na Organização Revolucionária Marxista – Política Operária (Polop), movimento que, na sua origem, era uma espécie de coalizão de dissidentes, com quadros do PCB, do PSB e do trabalhismo, além de trotskistas e outros marxistas. Na Polop, ela conheceu o primeiro marido, Cláudio Galeno de Magalhães Linhares. Ao lado dele, mais tarde, optou pela luta armada e se juntou ao Comando de Libertação Nacional (Colina).

O ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel conheceu Dilma nessa época e é amigo pessoal da nova presidente até hoje. “A Dilma é, e sempre foi, uma pessoa muito inteligente, acima da média. Ela tem uma bagagem cultural muito grande, lia muito desde menina, talvez por influência do pai”, conta. O pai, Pedro Rousseff (Pétar Russev, na língua materna), era um imigrante búlgaro que criou os três filhos com rigidez europeia em Minas Gerais. A mãe, Dilma Jane Silva, era professora.

Em 1970, quando já fazia parte da Vanguarda Revolucionária Palmares (VAR-Palmares), Dilma Rousseff foi presa pela Operação Bandeirante e detida no Departamento de Ordem Política e Social (Dops), onde foi torturada. Condenada pela ditadura, foi levada ao Presídio Tiradentes. Foi libertada no fim de 1972 e se mudou para Porto Alegre, terra de seu segundo marido Carlos Franklin Paixão de Araújo, com quem teve sua filha, Paula.

“Dilma teve uma experiência muito dura na prisão”, conta Pimentel. “Por isso, é uma pessoa que conhece muito bem onde estão os seus limites. Isso faz dela uma mulher muito forte”, diz o ex-prefeito. Na capital gaúcha, ela cursou ciências contábeis na Universidade Federal do Rio Grande do Sul de 1974 a 1977. Com a volta de Leonel Brizola ao país após a Anistia, Dilma se filiou em 1980 ao recém-fundado Partido Democrático Trabalhista (PDT). Até 1985, ela trabalhou como assessora de deputados do partido na Assembleia Legislativa do estado.

Dilma (no alto) com a família

Dilma (no alto) com a família (Foto: Roberto Stuckert Filho)

“Dilma tem uma biografia política relativamente recente”, afirma o cientista político Marcelo Coutinho, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). “Ela começa com um papel em um momento histórico muito importante para o país. Depois, se retira, passa a se dedicar mais à família e reaparece no Rio Grande do Sul, para atuar junto ao PDT”, explica.

O ex-governador do RS Alceu Collares conta sobre a atuação de Dilma nos primórdios do PDT. “Dilma estava junto com a gente desde o começo das conversas sobre o que a gente queria que fosse o movimento dos trabalhistas”, conta. “Fizemos reuniões para montar nosso plano de governo para Porto Alegre. Grande parte desses programas foi feita na casa dela”, diz ele.

Em 1987, Dilma foi secretária das Finanças da prefeitura da capital gaúcha, sob a gestão de Collares. Em 1989, virou diretora-geral da Câmara dos Vereadores. Quando Collares foi eleito governador do estado, Dilma passou ao cargo de presidente da Fundação de Economia e Estatística (FEE) do RS, onde ficou de 1991 a 1993, quando virou secretária de Energia, Minas e Comunicações.

“Escolhi a Dilma para as duas secretarias porque ela sempre demonstrou muita experiência. Ela é uma mulher determinada”, afirma Collares. “Dizem que ela é brava. Não é. É determinada”, afirma.

Com o fim do mandato de Collares, a nova presidente do Brasil voltou para a FEE, até 1997. Em 1998, Olívio Dutra, do PT, foi eleito governador com o apoio do PDT de Dilma e ela voltou à Secretaria de Energia, Minas e Comunicações. Mas quando Brizola e o PDT romperam com os petistas, Dilma e outras lideranças do partido no Rio Grande do Sul optaram por deixar o PDT e se unir ao PT de Dutra.

“Ela vinha de uma linha brizolista, mas sempre teve uma ligação muito forte com o PT, então não foi uma grande surpresa”, diz Coutinho.

Dilma ficou no cargo até o fim do governo Dutra, em 2003, e participou das negociações do governo do Rio Grande do Sul com o governo federal para gestão da crise energética de 2001.

Governo Federal

Quando Lula assumiu o governo, Dilma foi chamada para assumir o Ministério das Minas e Energia e evitar um novo apagão. “É aí que ela passa a ter um papel de fato importante”, avalia o professor da UFRJ. “Dilma teve ampla liberdade para montar sua equipe e fez um trabalho positivo”, afirma Coutinho. “No mais, é uma passagem que se destaca por uma forte lealdade ao presidente Lula, que garante que ela abra espaço no governo”.

Dilma Rousseff em campanha em Belo Horizonte, ao lado de Fernando Pimentel

Dilma Rousseff em campanha em Belo Horizonte,
ao lado de Fernando Pimentel (Foto: Roberto Stuckert Filho)

No ministério, Dilma apresentou um modelo para mudar a regulamentação do setor elétrico, mantendo a presença privada, mas aumentando as funções de regulamentação e controle do Estado. E lançou o projeto “Luz para Todos”, para levar energia elétrica às áreas rurais ainda não atendidas pelas redes principais do país.

Após o escândalo do mensalão, que derrubou o então ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, Dilma foi convidada por Lula para a função, em 2005. “Na Casa Civil, Dilma coordenou todas as ações do governo, as bem e as mal sucedidas”, diz Marcelo Coutinho.

Ali, ela trabalhou na formulação do principal projeto do segundo mandato de Lula, o Plano de Aceleração do Crescimento (PAC), um conjunto de iniciativas de infraestrutura, habitação, transportes e geração de energia. Repetidas vezes, durante o lançamento do projeto e a campanha presidencial de 2010, Lula a chamou de “mãe do PAC”.

Para Alceu Collares, a popularidade de Lula na presidência se deve diretamente ao trabalho de Dilma. “Quando o Dirceu estava lá, a Casa Civil fazia encaminhamentos de projetos. Com a Dilma, passou a cuidar da execução de projetos”, diz ele. “A minha observação é que a Casa Civil passou a ter alguém que estava fazendo um bom trabalho, começou o aumento na popularidade do presidente”, avalia.

Em abril de 2009, Dilma convocou uma coletiva de imprensa para anunciar que estava se submetendo a um tratamento contra um câncer em seu sistema linfático. Após sessões regulares de quimioterapia em São Paulo, seus médicos anunciaram que ela estava curada em setembro do mesmo ano.

Em março de 2010, Dilma deixou o cargo no governo para se lançar à Presidência da República, apoiada por Lula. Para seu lugar, ela indicou Erenice Guerra, que, em setembro, se demitiu após ter seu nome envolvido em suspeitas de tráfico de influência na pasta.

Dilma Rousseff com o presidente Lula durante comício em Brasília

Dilma Rousseff com o presidente Lula durante comício em Brasília
(Foto: Roberto Stuckert Filho)

Para Coutinho, a indicação de Dilma Rousseff à Presidência era um movimento esperado desde 2008. “Em 2008, Lula já tinha claro quem ele queria lançar para sua sucessão e essa pessoa era a Dilma”, afirma. “Apesar da pouca tradição e de um perfil mais burocrata, ela foi aprendendo nos últimos meses a ser política”, avalia.

Conhecida pela personalidade forte, Dilma é “afável no trato pessoal”, segundo Fernando Pimentel. “É uma pessoa muito divertida entre amigos e familiares. No trabalho ela é muito exigente, consigo mesma e, logo, com os outros”, afirma.

“Dilma caminha na vida política brasileira com consciência”, diz Alceu Collares. “Ela não se deixa levar por oba-oba e toma decisões de acordo com sua consciência”, afirma.

Para Marcelo Coutinho, o brasileiro pode esperar “um governo de relativa continuidade”, mas “uma líder menos carismática”. “É normal historicamente que líderes extremamente carismáticos, como foi Lula, sejam seguidos por pessoas mais low profile”, afirma.

Marília Juste Do G1, em São Paulo

Brasil elege a primeira presidente de sua história


"Vou governar com a minha coligação, mas para todos... Vou me relacionar com governadores e prefeitos, mesmo de outros partidos, de forma republicana. ”

Dilma Rousseff, ontem, em Belo Horizonte

O Brasil elegeu hoje a primeira mulher para a Presidência da República: Dilma Rousseff, do PT. Sua vitória teve a participação do cabo eleitoral mais popular do País, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que mesmo sem estar participando diretamente do pleito, teve papel fundamental ao transferir todo seu elevado índice de popularidade à candidata que escolheu pessoalmente para disputar sua sucessão e levá-la à vitória nas urnas neste segundo turno, mesmo sendo uma estreante na seara de uma disputa eleitoral e concorrendo com um nome forte da oposição, o ex-governador tucano José Serra.

Se dependesse dos números das primeiras pesquisas eleitorais divulgadas em 2007, a candidatura de Dilma Rousseff (PT) à Presidência da República jamais teria sido levada adiante. Em outubro de 2007, a pesquisa CNT/Sensus mostrava a então ministra-chefe da Casa Civil com 5,7%. Essa mesma pesquisa, contudo, mostrava que cerca de 35% dos entrevistados poderiam votar em alguém apoiado por Lula. Com base nessa sinalização, o presidente traçou um engenhoso plano para lançá-la na arena da disputa presidencial, trabalhando intensamente para colar sua imagem à de Dilma.

E a estratégia funcionou. Coube a Dilma o lançamento de uma das maiores vitrines do governo, o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), em 2007. No ano seguinte, Lula a batizou de "mãe do PAC". Como boa discípula, Dilma se autonomeou durante a campanha eleitoral de "mãe do Luz para Todos", programa do governo federal, criado em 2003, com o objetivo de levar energia elétrica às áreas rurais do País. E no decorrer da campanha, quando já liderava a corrida presidencial, assumiu de vez o instinto maternal e disse que pretendia ser, na Presidência, a "mãe de todos os brasileiros".

Dilma nasceu em Belo Horizonte em 14 de dezembro de 1947 e na juventude militou contra a ditadura, atuando no Comando de Libertação Nacional (Colina) em Belo Horizonte, no final dos anos 60. Ela é classificada como durona, rígida, séria, competente, inteligente, extremamente dedicada ao trabalho. Implacável com quem enrola e exigente com os subordinados. Comandou o Ministério de Minas e Energia de 2003 a 2005, até ir para a Casa Civil com a queda de José Dirceu da Casa Civil no escândalo do mensalão. Na nova função, tornou-se uma "mulher dura cercada de homens meigos", como ela mesma definiu.

A ex- ministra já foi filiada ao PDT, mas em 2000 filiou-se ao PT, partido que lhe abriu as portas para chegar ao mais alto cargo do País. Até o final deste ano, completará 63 anos. Dilma já casou e se separou duas vezes com ativistas políticos que lutavam contra a ditadura, mãe de uma filha, Paula Rousseff Araújo, e avó de um neto, Gabriel, que nasceu no dia 9 de setembro deste ano. É dona de Nego, labrador preto e companheiro de caminhadas matinais.

Um de seus melhores amigos, o ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel (PT), é quem melhor define a personalidade da nova presidente do Brasil: "Ela trabalha o tempo todo e não deixa nada sem solução. Além disso, acredita que não foi por acaso que sobreviveu à ditadura, quando chegou a ser torturada, sobreviveu para cumprir a tarefa da nossa geração e deixar um País mais justo e solidário do que aquele que nós encontramos."

Anne Warth e Elizabeth Lopes - Agência Estado

Ricardo Noblat comenta a vitória de Dilma Rousseff

Vitória de Dilma Rousseff - Boca de urna do Ibope mostra Dilma com 58% e Serra com 42%


NE - Conforme já era esperado através das últimas pesquisas da semana, do Ibope, Datafolha, CNT/Sensus, a candidata Dilma Rousseff é eleita presidente do Brasil, com ampla vantagem de votos. Logo mais, a cobertura completa, aqui no Blog do Crato.


Atualizado às 19h03.

A pesquisa de boca de urna apurada pelo Ibope neste domingo mostra Dilma Rousseff à frente do tucano José Serra com folga. Dilma recebeu 58% dos votos e Serra, 42%. Mais cedo, segundo a Folha apurou, os números eram de 57% e 43%. Os números da boca de urna do Ibope, porém, ainda podiam sofrer ligeira reformulação por conta de checagens de rotina em uma parte da pesquisa. A pesquisa foi realizada no dia 31 de outubro de 2010. Foram entrevistados 54.400 eleitores. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

No primeiro turno, o Ibope apontava indefinição do quadro. No dia 3 de outubro, a petista recebeu 51% das intenções de voto. José Serra obteve 30%. A eleição acabou indo para o segundo turno.

DILMA

Dilma participou na manhã deste domingo de um café da manhã em Porto Alegre com cerca de 150 líderes políticos das coligações que a apoiaram no Rio Grande do Sul. Por volta das 9h15, ela votou em uma escola, no centro da cidade. Ao discursar para os correligionários, no hotel Plaza São Raphael, a candidata lembrou que ontem esteve em Minas, onde nasceu, e que hoje foi ao Estado onde fez sua trajetória política. "É como se eu fizesse a trajetória política da minha vida. Aqui fui recebida quando saí das prisões da ditadura". Dilma afirmou que é um "bálsamo para a alma terminar a caminhada" entre companheiros políticos e amigos. Ao fazer um balanço para os jornalistas, a candidata disse preferia enfatizar os "bons episódios" da campanha. Questionada se poderia chamar a oposição para seu governo, ela afirmou que pretende governar com a coligação, mas para todos os brasileiros.

"A minha coligação, que me trouxe até aqui, é a coligação com a qual vou governar. Vou governar para todos, conversarei com todos os brasileiros".

SERRA

Serra votou por volta das 11h30 deste domingo no Colégio Santa Cruz, em Pinheiros (zona oeste de São Paulo).

Segundo o tucano, o povo vota, escolhe e decide. "O que vamos fazer agora é aguardar essa decisão. Se motivação houve para essa batalha desigual, o elemento fundamental é a confiança que eu sentia nas ruas, no abraço das pessoas." Ele disse torcer para que hoje, além da "beleza da democracia", haja também a "beleza da alternância do poder". Na saída, um manifestante, estudante de ciências sociais, mostrava um cartaz com os dizeres: "Serra, o papa é contra a camisinha no combate à Aids?" Serra votou acompanhado de sua mulher, Mônica, e de seus companheiros de coligação: o governador eleito, Geraldo Alckmin (PSDB), o atual governador Alberto Goldman (PSDB), o prefeito da Capital, Gilberto Kassab (DEM), e o senador eleito por São Paulo Aloysio Nunes (PSDB). Depois de confirmar seu voto, ele posou para fotos acompanhado dos netos --Antonio e Gabriela--, fazendo com as mãos o gesto que simboliza a vitória. No primeiro turno, o candidato votou no começo da tarde e estava acompanhado de seu vice, Indio da Costa (DEM-RJ).

Folha.com

Aécio diz que próximo presidente deve 'pacificar o país' e que fala de Lula não contribui


NE - A bem da verdade, o Lula deixou de ser o presidente de todos, desceu do cargo alto da nação para se transformar num mero marketeiro e cabo eleitoral, insuflando o ódio entre os Brasileiros e menosprezando quem pensa diferente dele. Ao longo dos anos, vimos uma pessoa que julgávamos humilde e até digna de receber o Nobel da Paz se transformar num trapalhão que não mede palavras, com a cabeça cheia da cachaça do poder, achando-se uma espécie de deus, acima do bem e do mal, mas passando do rei ao bobo da corte. Seus discursos improvisados hoje em dia, estão mais para um circo do que para um palanque. Nunca na história desse país tivemos um presidente tão trapalhão e mal-educado. Vença quem vencer as eleições, teremos o benefício da saída de Lula do cargo de presidente, o que é uma boa coisa para o Brasil. Qualquer um que vencer, Serra ou Dilma, tem mais educação e senso de responsabilidade para com o cargo que exerce, de Presidente da República, do que o Lula. ( redação ).

O senador eleito Aécio Neves (PSDB-MG) disse neste domingo (31) que o próximo presidente da República, seja José Serra (PSDB) ou Dilma Rousseff (PT), terá como desafio primeiro "pacificar o país" e buscar o consenso e o diálogo. Até por isso, Aécio disse que a crítica que o presidente Lula fez hoje a Serra "não contribui para esse clima" que deve existir.

Lula disse que Serra "sai menor" dessa eleição, declaração que Aécio considerou "desnecessária". "A campanha acabou. É preciso que agora todos nós tenhamos a disposição, o desprendimento e a generosidade de construirmos consensos e conversar", afirmou. Se Dilma sair vitoriosa das urnas, Aécio deve se tornar a principal referência da oposição e presidenciável em 2014. Mas as declarações dele foram sobre diálogo em torno de uma agenda para o país.

"É preciso que existam parlamentares, homens públicos nos dois campos dispostos a conversar. E o presidente da República, qualquer que seja o eleito, tem que estender a mão e chamar para uma grande convergência nacional em torno de uma agenda aquele grupo político que tenha perdido a eleição".

AGENDA

Aécio falou que, ainda neste ano, vai procurar reunir os parceiros para propor uma agenda de reformas, começando pela política. É essa "nova agenda", segundo ele, que vai mobilizar o Congresso. Sobre o papel de Minas nesse cenário, Aécio afirmou que, sob o comando do governador reeleito Antonio Anastasia (PSDB), o Estado terá relação "republicana", caso o vitorioso seja o PT.

"Mas qualquer que seja a decisão da população, o governo de Minas será altivo, forte e presente no Congresso", disse ele. Falou ainda que sua "maior preocupação" é não permitir que o Senado "continue subjugado, refém de uma agenda exclusivamente do interesse do Poder Executivo". Sobre a campanha de Serra, disse que fizeram "o que podia ser feito" e que o PSDB mineiro foi um dos que mais se empenharam nisso.

PAULO PEIXOTO DE BELO HORIZONTE - Folha.com

Pensamento Para o Último Dia de Outubro, 31/10/10 Liduina Belchior.

"Visite sua alma hoje na" calada" da noite, antes de sonhar e verá que receberá: Paz, Iluminação, Sabedoria, Inspiração e tudo que ela necessitar."

Hugo Chavez mostra confiança na vitória de Dilma


O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, demonstrou confiança neste domingo (31), em seu perfil na rede de microblog Twitter, na vitória da candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff. "Hoje Dilma chega à Presidência do Brasil. Será outra gigante!! Seguiremos fazendo a pátria gigante!!", escreveu Chávez.

No primeiro turno das eleições, no dia 3 de outubro, Chávez já havia demonstrado apoio à petista. "A vitória popular que o Brasil escreve hoje (dia 3 de outubro) é a vitória da unidade sul-americana. Viva Dilma. Viva o Brasil. Viva o Partidos dos Trabalhadores", postou o líder venezuelano naquele dia.

Fonte: Portal Verdes Mares

Diferença de votos entre Dilma e Serra é a menor entre PT e PSDB


NE - Quase metade do Brasil não queria Dilma Rousseff como Presidente, e por isso, ela deverá governar pensando em todos os Brasileiros. O Brasil é UM.

Brasília – Agência Brasil ( Governo ) - A diferença de votos entre a presidente eleita Dilma Rousseff (PT) e o candidato do PSDB José Serra no segundo turno das eleições, de cerca de 12 pontos percentuais, é a menor registrada entre candidatos dos dois partidos em que as siglas foram protagonistas. Segundo o cientista político Leonardo Barreto, da Universidade de Brasília (UnB), isso significa que ela não está recebendo uma carta em branco da população.

“Uma boa parte dos eleitores ainda a vê com muita desconfiança, e ela vai ter que governar com bastante cuidado, vai ter que vencer essas desconfianças e manter os indicadores econômicos que a levaram a essa vitória”.

Nas eleições de 1994 e 1998, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso venceu no primeiro turno. Já em 2002 e 2006, quando Lula venceu no segundo turno José Serra e Geraldo Alckimin, respectivamente, a diferença entre eles foi de mais de 20 pontos percentuais.

Para Barreto, a vitória de Dilma é o reflexo dos bons resultados da economia brasileira. No entanto, o governo da ex-ministra não deve ser visto como um terceiro mandato do governo Lula, especialmente pelo perfil técnico da presidente eleita.

“Ela certamente vai imprimir uma característica própria para o governo, e como ela não é uma unanimidade eleitoral, não tem carisma, não disputou eleições anteriores, é possível que ela traga o governo dela para um perfil mais gerencial, com cobrança de resultados, dando muita importância os indicadores, ao sucesso de gestão, à pauta de infraestrutura, que é gigante e que ela domina”.

O cientista político prevê que o presidente Lula não terá um papel ativo no governo de Dilma, deixando para atuar em momentos de crise. “Ele tem consciência institucional para saber que sua presença nesse momento atrapalha mais que ajuda. O Lula tem um peso muito maior que a Dilma e até que o próprio PT, e a presença dele estaria o tempo todo questionando a autoridade da Dilma Rousseff”.

Edição: Rivadavia Severo

Agência Brasil

Coluna Armando Rafael -- Notícias do Cariri

Romarias 1
Que resultado de eleições presidenciais que nada, o fato mais relevante no início da próxima semana – na Região Metropolitana do Cariri – será a Romaria de Finados, a maior de todas e a que encerra o ciclo anual das grandes romarias em Juazeiro do Norte. Os romeiros do Padre Cícero, definitivamente, incluíram a Catedral de Crato (foto acima) no seu roteiro de visitas ao Cariri. Durante o dia é comum ver-se uma fila constante de ônibus – na Praça da Sé – trazendo devotos para conhecer a igreja onde o “Padim Ciço foi batizado”. O Cura da Sé, padre Edimilson Neves está viajando, mas deixou organizada equipes de recepção para esses romeiros, a partir de hoje. E a população cratense que até a década 70 olhava com desdém (e até com certo desprezo) os “romeiros”, colabora, hoje em dia, na recepção a esses visitantes. Mudaram os tempos!

Romarias 2
Ronaldo Correia de Brito (foto ao lado), médico cearense, romancista, dramaturgo, roteirista de cinema e escritor radicado em Pernambuco (ele morou e estudou em Crato até os 17 anos e ganhou em 2009 o Prêmio São Paulo de Literatura) é cronista do site Terra. Naquele espaço, Ronaldo escreveu – última quarta-feira, 27 – interessante artigo, do qual reproduzimos os trechos abaixo:
“No domingo próximo, dia 31, começa a maior romaria ao Juazeiro do Norte, no Ceará, a terra do Padre Cícero Romão Batista. Calcula-se que um milhão de pessoas se desloca para a cidade santa dos romeiros. Debaixo do sol quente de quase quarenta graus, viajando de ônibus, avião, caminhões pau-de-arara, de carro ou a pé, os devotos chegam para a visita anual ao Padrinho”. (...)
“Especula-se sobre o destino dos votos romeiros. O domingo 31 de outubro, dia da eleição, coincide com a partida dos devotos, rumo à Terra Santa. Eles terão de escolher entre viajar ou votar. O que significa mais para os corações romeiros? Difícil responder. Provavelmente viajarão, como fazem todos os anos, para pagar promessas, comprar bugigangas, tirar retratos, dar sete voltas em torno do cajado da estátua do Horto, apanhar água benta na Igreja dos Franciscanos”. (...)
“Para os sertanejos, que viajam em paus-de-arara, o presidente da república, ou o "governo", como costumam chamá-lo, continua distante e intangível, envolto numa aura misteriosa, parecendo a que rodeia a cabeça dos santos”.


Davi versus Golias
A cidade de Nova Olinda foi escolhida pelo Ministério do Turismo como um dos 65 destinos indutores do turismo do Brasil. Além da gastronomia local, pesaram ainda para a escolha a ponte de pedra (foto de Yuri Lacerda, ao lado) e a Fundação Casa Grande (com o Teatro Violeta Arraes), existentes naquela cidade. Nova Olinda é a quarta localidade do Ceará a obter esse reconhecimento. Antes foram selecionadas Canoa Quebrada, Fortaleza e Jericoacoara. Taí, a pequenina Nova Olinda desbancou Crato e Juazeiro do Norte e conseguiu que o seu baião-de-dois com pequi e carne-de-sol, paçoca e cabidela de galinha caipira fossem considerados os melhores do Cariri...

Fim da hegemonia
Aliás, outras cidades pequenas do Cariri começam a ganhar espaço em itens que antes se constituíam monopólio das cidades maiores. É o caso de Santana do Cariri – Capital Cearense da Paleontologia – com seu crescente turismo por conta do Museu de Fósseis e do Pontal da Santa Cruz. E Barbalha, que se tornou o maior pólo hospitalar do Cariri, e ainda possui a maior festa de padroeiro do sul-cearense – Santo Antônio e o Pau da Bandeira (foto ao lado) – esta última com grande repercussão na mídia nacional, incluindo cobertura feita, todos os anos, pela poderosa Rede Globo.

Centenário da Diocese 1
Daqui a quatro anos – em 20 de outubro de 2014 – acontecerá o centenário de criação da Diocese de Crato. Começam a surgir – informalmente – sugestões para a comemoração da efeméride. Como a construção de 100 novas capelas no território da diocese e a construção de uma grande igreja para assinalar a data. Permitem outras sugestões? Por que não incluir na programação a conclusão da igrejinha da Mãe do Belo Amor, localizada no Sítio Páscoa (sopé da Chapada do Araripe, em Crato) iniciada em 1999 para marcar a passagem do novo século e do novo milênio? Por que não se aproveita ainda os festejos do centenário para iniciar a construção da igreja-matriz da Sagrada Família, no bairro Vilalta, em Crato? Sobre esta última é bom lembrar: a atual capelinha – feia e mal planejada – que serve como sede da paróquia, não possui condições nem “status” para tal...


Centenário da Diocese 2
Outra sugestão: Que tal envolver a Prefeitura de Crato nas comemorações do centenário da diocese? E a participação da municipalidade seria coisa simples, com despesa mínima... Em 1967, quando era o prefeito dos cratenses, Humberto Macário de Brito construiu um grande monumento a Nossa Senhora de Fátima (foto ao lado, feita por Carlos Rafael), no antigo aeroporto do mesmo nome, localizado na Chapada do Araripe, a 11 km de Crato. Com o surgimento do Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes, em Juazeiro do Norte, o de Crato foi desativado. O monumento a Nossa Senhora de Fátima encontra-se hoje em completo abandono. Por que não transferi-lo para o pátio da igrejinha da Mãe do Belo Amor, tornando aquele espaço um novo local turístico em Crato?

Made in China
A nota, a seguir transcrita, foi tirada do site do jornalista Lira Neto: “Matéria na “IstoÉ Dinheiro” conta o caso de sucesso de Jony Wang Kai, o chinês que começa a fazer fortuna em Juazeiro do Norte comercializando milhares de estatuetas de Padre Cícero. Detalhe: todas têm chip eletrônico e cantam benditos. “O curioso da história toda é que as 160 mil estatuetas vendidas por Wang Kai não são fabricadas aqui e sim na China, importadas em grandes contêineres pelo porto de Pecém, a cerca de 60 quilômetros de Fortaleza”, diz o texto assinado pelo jornalista Tom Cardoso”.

Curtas
***
O jornalista Luiz José, diretor da “Gazeta de Notícias”, jornal editado em Crato, está debruçado sobre o projeto de uma edição especial daquele periódico. Serão 100 páginas e 20 mil exemplares, numa edição prevista para 22 de julho de 2011, comemorativa ao centenário de Juazeiro do Norte.

*** Dom Fernando Panico embarca na próxima 5ª feira, 4 de novembro, para Roma, a fim de representar a CNBB num encontro promovido pelo Vaticano sobre Congressos Eucarísticos. O bispo de Crato só retorna ao Cariri no dia 18 do próximo mês.

*** No retorno da Europa, dom Fernando Panico presidirá – nos dias 19 e 20 de novembro – a Assembléia Diocesana de Pastoral, que será realizada no Centro de Expansão Dom Vicente Matos. Três assuntos serão debatidos naquela Assembléia: A ressonância do Projeto das Santas Missões Populares; O encaminhamento sobre a realização do 13º Encontro Nacional das Comunidades Eclesiais de Base (prevista para o Cariri em 2013) e os primeiros passos para elaboração da programação do centenário de criação da diocese de Crato, que ocorrerá em 2014.

*** Será aberto amanhã, dia 30, às 20h00, no Centro Cultural do Araripe (antiga Estação do Trem), o 6º Salão de Outubro – mostra de artes plásticas – promovido pela Sociedade Amigos do Museu de Crato, Secretaria de Cultura de Crato, Fundação J.de Figueiredo Filho e Instituto Cultural do Cariri.

*** O Cura da Catedral de Crato, Padre Edmilson Neves, a diretora do Colégio Pequeno Príncipe, Madre Feitosa e o missionário Geraldinho Braga encontram-se em Israel, conhecendo pontos históricos e turísticos da Terra Santa.

*** A Escola de Samba Tradição, nascida de uma dissidência da Portela em 1984, escolheu Juazeiro do Norte como tema e samba-enredo para sua apresentação no carnaval de 2011. O samba-enredo da escola do Campinho terá como refrão: "Juazeiro do Norte, terra de oração e trabalho. 100 anos de Fé, Poder e Tradição".

*** Concluído o projeto do novo jardim do Palácio Episcopal do Crato (foto abaixo). Construído na década 40 do século passado, com dinheiro pessoal de dom Francisco de Assis Pires (que ali aplicou sua herança paterna), o bonito edifício deixou de ser residência dos bispos de Crato desde 1992. Mas continua sendo bem cuidado, pela Cúria Diocesana.
(Foto: Ricardo Magno Laet Rafael)

ALMANAQUE - Dia 31 de outubro de 2010 - Por: Meirinha

ALMANAQUE

31 de outubro: Dia das Bruxas (Halloween)

* 475 - Rómulo Augusto é o último imperador a assumir o trono do Império Romano do Ocidente.
* 1517 - Martinho Lutero publica as 95 teses da sua Reforma.
* 1918 - A Hungria torna-se independente do império austro-húngaro.

Nasceram neste dia...

* 1902 - Carlos Drummond de Andrade (na imagem), poeta, contista e cronista brasileiro (m. 1987).
* 1892 - Alexander Alexandrovich Alekhine, enxadrista russo (m. 1946).
* 1961 - Peter Jackson, roteirista, director/diretor e produtor de filmes neozelandês.

Morreram neste dia...

* 1926 - Harry Houdini, ilusionista húngaro (n. 1874).
* 1984 - Indira Gandhi, primeira-ministra da Índia (n. 1917).
* 1993 - River Phoenix, ator estadunidense (n. 1970).

Fonte: Wikipedia

CRATO - Histórias e Estórias do Crato de Antigamente - Os Comunistas - Por: Ivens Mourão


VI – OS COMUNISTAS


O Crato, como o restante do país, também foi vítima da chamada “redentora”. A cidade presenciou, estarrecida, o peso da total arbitrariedade de uma ditadura. Cidadãos trabalhadores e honestos, da noite para o dia foram arrancados de seus lares e submetidos a humilhações de toda sorte, sendo, inclusive, torturados. Os responsáveis eram pessoas completamente despreparadas para o convívio democrático. Bastava uma denúncia de quem quer que fosse, para que uma pessoa passasse pelo vexame de uma prisão sem culpa formal, sem prova alguma. Chegava à “autoridade” e o acusava de “comunista”. Estava decretada a prisão.

O Crato era uma cidade pequena onde todos se conheciam. O Luís, por exemplo, era uma pessoa pública. Dono, durante anos, da principal sorveteria da cidade, freqüentador assíduo das conversas da Praça Siqueira Campos, proprietário de uma Imobiliária legalmente constituída e trabalhando dia e noite na sua atividade. Transformou-se, da noite para o dia, fantasiosamente, em um perigoso guerrilheiro que iria repetir na Serra do Araripe os feitos dos barbudos das montanhas cubanas. Um inocente jogo de baralho, cujas partidas eram disputadas com caroços de feijão ou milho, passou a ser uma “terrível” célula comunista, onde eram arquitetados os mais tenebrosos planos. A venda de terrenos em um loteamento no Grangeiro passou a ser o “assentamento de guerrilheiros”. Torna-se difícil, para a geração atual, acreditar que tal paranóia realmente aconteceu.

O Luís, que nunca foi, não é e nunca será comunista, foi preso tantas vezes que perdeu a conta. De tanto ser preso, virou celebridade. Até as rádios de Fortaleza noticiavam sobre os prisioneiros do Crato. Com tanta popularidade, os verdadeiros comunistas ficaram curiosos por conhecer este “camarada”, perdido lá no Crato. Ganhou “status” de comunista sem nunca ter sido. Começou a receber, na prisão, latas e latas de doce em conserva que ele ia empilhando. Algumas vinham até com bilhetes dos “camaradas”, exortando-o à resistência etc etc... Como não deu vencimento, quando da libertação solicitou ao major para distribuí-las com outros presos, de todos os matizes. De vez em quando chegava um soldado do 23ºBC, na cela, indagando: - “Quem é Luiz Gonzaga Bezerra Martins”?
- “Sou eu.”
- “Encomenda para o senhor”
Várias vezes, na Siqueira Campos, foi assediado por pessoa estranha, cheia de mistérios, de cuidados, travando o seguinte diálogo:
- Companheiro, eu sou fulano, do partido, estou aqui para prestar solidariedade à sua luta de resistência, bla, blá, blá, blá. Notamos que você nunca se filiou e tenho a missão de convidá-lo a assinar a nossa ficha de inscrição.
- Ih!! Quero nada, rapaz. Que conversa é essa. De jeito nenhum! Eu tenho horror a obrigação. Não suporto viver com nenhum tipo de restrição. Já fui convidado a participar de Câmara Junior, Rotary e nunca aceitei.” “Deus me livre!” Não agüentei Seminário, internato do Colégio Cearense somente porque não suporto que ninguém me imponha limites. Partido político da mesma forma. Seja ele qual for. Eu quero ter a minha liberdade de ir e vir. Sou simpatizante. Agora, eu sou um socialista, pois defendo a justiça social. Mas não sou e nunca serei militante de partido político nenhum.
Outro que sofreu perseguições foi o Dr. Raimundo Bezerra. Era filho de uma mulher extremamente caridosa, a Dona Zezinha. A pedido dela e, depois por iniciativa própria tinha um determinado dia para atender, gratuitamente, à população pobre da cidade. Logo apareceu um idiota e outros, mais ainda, devidamente fardados e engalanados, que acreditaram que ele recebia dinheiro de Cuba para fazer aqueles atendimentos.


Na foto à esquerda a Dona Zezinha, a caridade em pessoa, induziu o filho a atender gratuitamente aos pobres, sem ajuda de Cuba.
Na foto à direita o Sr. Ernani Silva, vítima da tal “Redentora”

O Luís sentia uma enorme revolta quando via um homem da grandeza do Sr. Ernani Silva, trancafiado com 14 pessoas, num cubículo onde mal cabiam seis. Era uma colher só para todos se servirem da comida. E ainda mais, sob as ordens de um major alcoólatra, sendo submetido, com os demais cratenses, a dividirem aquele cubículo onde um aparelho sanitário entupido (provavelmente assim preparado), fazia escorrer fezes e a urina, para os arremedos de colchões espalhados pelo chão. Mas uma coisa a ditadura não conseguiu: acabar com o humor dos perseguidos. Este foi mantido incólume, senão, melhorado.

O PRESIDENTE

A visita do Castelo Branco ao Crato não foi nada agradável para o Luís. A amizade dele com o Dr. José Ribeiro Dantas, promotor público, acabou sendo responsável pelo fato constrangedor. Antes da sua chegada o Dr. José Ribeiro comentou com o Luis sobre o orgulho dele em poder hospedar o Presidente da República. E o Luís:
- “Deixa de besteira Zé. Ele não vai nem dormir lá. Vai usar a tua casa só pra mijar”.
A filha do Dr. José Ribeiro ficou encarregada de recolher doações de dinheiro, junto ao comércio cratense, com a finalidade de comprar um presente para ser ofertado ao Presidente. Passou na Imobiliária do Luís e ele deu a sua contribuição. Quando a menina ia saindo ele comentou:

- “Compra uma coroa”.


Como os ditadores se consideram reis absolutistas, nada melhor que uma coroa para coroar o ditador. Chegando em casa a menina comentou com o pai:

- “Mas o tio Luís é muito engraçado. Mandou que eu comprasse uma coroa”.

Visita de Castelo Branco ao Crato, ao desembarcar no aeroporto de Fátima, na Chapada do Araripe. É cumprimentado pelo prefeito Pedro Felício Cavalcanti. Ao lado, o bispo Dom Vicente de Araújo Matos.

Estava na casa do Dr. José Ribeiro a equipe precursora da vinda do Presidente, composta de militares da segurança. Como estava em plena vigência do festival da besteira que assolava o país, um militar, chegou à “brilhante” conclusão:

- “O que? Coroa? É coroa de flores. Vão assassinar o Presidente. Quem é este Luís? Luís Gonzaga Bezerra Martins?”


Consulta a lista dos “comunistas” do Crato. Lá está o nome do Luís como já tendo sido preso. Não quis saber se a prisão foi justa ou injusta. O Luís foi preso e levado para o 23º BC de Fortaleza, prometendo que, da próxima vez, diria que o Presidente era:
- “Alto, louro de olhos azuis”.



Autógrafo de 10 presos políticos do Crato, entre eles o Dr. Raimundo (6980) e o Luís (6986) ao chegarem no 10º GO de Fortaleza, de triste memória.


OS GUERRILHEIROS DA SERRA DO ARARIPE

Em julho de 1964, depois de um ano e meio tive condições de gozar umas férias. Passei o ano de 1963 estudando pesado no Cursinho da Sudene, para o vestibular da Escola de Engenharia. Passado o vestibular, entrei direto no exigente curso de Engenharia. Quando chegou o mês de julho resolvi passar os trinta dias na casa do Luís, no Crato. O movimento político estudantil era muito atuante, tanto no cursinho da Sudene como na Universidade. Mas eu, politicamente, era completamente alienado. Com as seguidas idiotices que a tal redentora estava fazendo, comecei a despertar para os absurdos que estavam sendo cometidos. Excelentes professores da Escola presos por razões mais sem sentido, próprias de um festival da besteira. Tínhamos um professor de Física, o Dr. Milton Ferreira de Sousa. Um idealista que viera de uma pós-graduação nos Estados Unidos para ensinar no Ceará, quando poderia ter ido para um centro mais adiantado no seu estado natal: São Paulo. A assinatura do professor Milton parecia com a palavra Miltoff. Por isso ele foi apelidado, pelos primeiros alunos da Escola, de Miltoff. E o apelido pegou. Logo após o golpe, a Escola foi invadida por um Coronel para prender esse russo Miltoff.

Não sei o que de verdade ou fantasia tem nessa versão. Mas, naquela época tudo era possível, alguém ser preso por causa de um apelido.

Mas, como além do Dr. Milton, foram presos outros professores que podem ter sido vítimas de “dedurismo” de alunos ou mesmo professores. Os motivos tão idiotas como esse acima relatado: ter oferecido um livro sobre teoria marxista a um aluno; criticado ou sido irreverente com alguns professores não tão dedicados, como ele, ao magistério; ter expressado opinião sobre qualquer assunto político da época; simpatia por algum partido político etc. Ou seja, temas ou assuntos corriqueiros hoje em dia. Na época, era atentado à segurança nacional. Tristes tempos! O fato é que ele foi preso. Quando foi solto, o desgosto era grande que resolveu abandonar os seus sonhos e ir embora para São Carlos/SP. O Ceará perdeu um grande pesquisador. Até hoje o Professor Milton continua o grande pesquisador que era. Nunca se revelou esse comunista “perigoso”. Ao contrário, é um grande patriota que continua trabalhando, embora aposentado, para a Universidade de São Carlos. Por isso, tanto a Escola de Engenharia como o Cursinho da Sudene tinham fama de ser um antro de comunistas. E eu, no meio de tudo isso, só pensando em estudar.

Cheguei ao Crato e, diariamente, tinha um jogo de buraco no apartamento do Luís. Participavam vários amigos, entre eles o Dr. Raimundo Bezerra. Eram parentes e quase irmãos, pois foram criados juntos desde Crateús. Durante o jogo a conversa girava somente em torno do jogo em si. Eram duplas e uma tentava intimidar a dupla adversária. Pressionavam quando alguém demorava a jogar. Enfim, não se falava nem em mulher, nem da vida alheia e muito menos de política. Embora todos tivessem suas convicções políticas e não concordassem com as asneiras que estavam sendo feitas no país. Eu, quando não estava passeando na praça ou num cinema, ficava “aperuando” o jogo. Logo me entediava e ia dormir.


Foto colhida no prédio em que morava o Luís, em Crato. Eu estou à direita com a camisa da Engenharia. Ao meu lado, de óculos, meu irmão Mendelssohn. As três filhas do Luís: Cristina, Roseana e Sandra. A esposa do Luís, Margarida e minha mãe, Giseuda. Meu pai, Mourãozinho, não dispensava o terno.


Logo após o meu retorno a Fortaleza, uma patrulha do Exército arromba, literalmente, a porta do apartamento do Luís e, armados de metralhadoras, prendem aquela célula de guerrilheiros comunistas que estavam preparando uma contra-revolução na Serra do Araripe. Entre eles, o vizinho do Luís, pessoa totalmente avessa à política. Era uma pessoa alta e foi colocado numa cela que não podia ficar em pé, nem deitado. Para agravar mais ainda ele sofria de claustrofobia. Será que eu estaria contando esta história se a invasão tivesse ocorrido quando ainda estava lá? Como o vizinho foi preso, eu, como hóspede, também seria preso. Como é que eu iria explicar para aqueles parvos que eu era apenas estudante da Escola de Engenharia e não um agente comunista de Fortaleza fazendo a ligação com os guerrilheiros da Serra do Araripe?...

Por: Ivens Mourão - Só no Crato

Ufa, a guerra acabou. Acabou? - Por: Gaudêncio Torquato


Após refregas, umas mais leves, na base de tiros de espoleta, outras muito violentas, sob balas de canhão, chega ao fim uma campanha eleitoral que resvalou pelo terreno do despudor. E, ao contrário do que reza o ditado, entre mortos e feridos nenhum se salvou. Candidatos, coligações, debates, propaganda, pesquisas, redes sociais e até a figura do presidente da República saíram com a imagem chamuscada. Ao argumento de que, mais uma vez, nossas instituições políticas e sociais denotaram plena vitalidade, expõe-se um sentimento - ao que parece, generalizado - de que limites foram ultrapassados no uso de direitos e garantias, deixando ver coisas inusitadas, como ataques que passaram além da linha do bom senso, linguagem rústica e incompatível com o respeito entre pares, e, como fecho da operação que margeou o pedregoso terreno da irresponsabilidade, o desmonte da liturgia que emoldura o exercício do poder. Se há uma lição a extrair, é a de que o ritual de campanha política andou para trás, a reclamar substanciais reparos. O pleito, infelizmente, não conseguiu diminuir o fosso entre a política e a sociedade.

A cadeia de elementos nocivos que se formou ao longo da campanha é a sombra da velha política. A decrepitude dos costumes reflete-se no espelho de contrafações: o personalismo dos candidatos amortecendo programas e ideias; agentes públicos usando de maneira avassaladora as estruturas do Estado nas campanhas dos candidatos; instrumentos e processos, que foram atualizados pela legislação, sendo usados de modo enviesado. Até o Judiciário leva parte de culpa ao deixar buracos na aplicação da lei. Não se pode dizer que tenha faltado verbo no palco eleitoral. Nem verbas. De um lado e de outro ouviram-se falas para os setores que, tradicionalmente, ganham refrãos e promessas. Mas o embate entre candidatos foi tão áspero que pouco se conserva de um acervo substantivo. O descaso com escopos pode ser verificado ainda pelo fato de que apenas nesta reta final programas foram expostos ao público. Foi o que ocorreu com os 13 compromissos da candidata Dilma Rousseff. Os tucanos, por sua vez, nem um mero esboço apresentaram, contentando-se com ideias esparsas de José Serra.

Por falta de clareza e objetividade a respeito de eixos centrais - concepção de Estado, gastos públicos, desenvolvimento regional, política macroeconômica, programas de bem-estar social, entre outros -, retalhos, versões e contraversões acenderam a fogueira, incendiando o ambiente. A maneira rude como foi exposto o tema da privatização é exemplo. A pulverização de falas e o embate acalorado entre os contendores - incluindo o viés religioso trazido pelo tema do aborto - contribuíram para obnubilar questões importantes. Já a formatação dos debates televisivos incrementou a carga de desinformação. O que mais se viu na TV foram perguntas não respondidas, respostas não solicitadas, atendendo à estratégia de fustigação recíproca alinhavada por marqueteiros. Os debates, de tão previsíveis e repetitivos, cansaram. Por que não se escolheram pautas específicas para cada encontro? Cinco sessões, cobertas por todas as emissoras em cadeia, sob o patrocino de uma por vez, e em programação definida por sorteio, poderiam aprofundar as prioridades nacionais. Induzidos a discorrer exclusivamente sobre uma agenda selecionada, os candidatos propiciariam aos eleitores avaliação mais acurada de propostas. O adjetivo cederia lugar ao substantivo.

Outro setor que sai combalido é o das pesquisas. Tornaram-se alavancas de candidaturas, glória para uns, calvário para outros. A pletora de institutos e as baterias de pesquisas - alguns resultados destoaram mesmo quando feitas no mesmo período - geraram desconfiança. Deixam a impressão de que carecem de maior controle de qualidade. O fato é que não há critérios rigorosos sobre o sistema de mapeamento das intenções de voto e de expectativas sociais. Aliás, o pacote de coisas ruins acabou subindo ao sagrado espaço do Judiciário. Observação procedente de especialistas é de que a Justiça Eleitoral pecou pela permissividade. Multas aplicadas aos candidatos não foram capazes de sustar a artilharia. Nunca se viu uma campanha tão apelativa como a que se encerra. As redes da internet encheram-se de sujeira. Ferramentas foram usadas para destruir imagens e macular perfis. Ficou patente o descompasso entre a facilidade de produzir dossiês contra candidatos e a extrema dificuldade de retirá-los da infovia eletrônica. O acervo dos danos à imagem pessoal recai, assim, sobre o colo da Justiça.

Se candidatos cometeram impropriedades e campanhas extrapolaram nos abusos, parte da agenda negativa pode ser debitada a certa leniência do aparato judicial. Salta à vista a tibieza na aplicação de penas aos infratores. Será que os juízes fizeram cumprir a lei no que diz respeito aos deveres e direitos dos agentes públicos? Será que governantes - alguns como patrocinadores, outros como candidatos à reeleição - se comportaram dentro dos limites da legalidade? Se houve excessos - sob a massiva divulgação da mídia -, por que o braço da Justiça não alcançou os infratores? Não se nega o direito do servidor público, em licença, férias ou fora do horário de expediente, de poder exercer plenamente sua cidadania e participar de qualquer ato político-partidário. Mas a Justiça teve condições de verificar o que se passou nos 27 Estados da Federação?

Por último, vale observar que até a mais alta Corte do País se enrolou nos fios da teia eleitoral. Mesmo com a histórica decisão de fazer valer para este ano a Lei da Ficha Limpa, após acalorado bate-boca entre alguns ministros transparece a visão: o Brasil é mesmo o país do mais ou menos. Certos candidatos com "ficha suja" sairão do purgatório para o inferno. Outros, com a mesma ficha, irão do purgatório para o céu. A razão? Filigranas da lei. E assim a guerra, para uns acabada, deverá continuar. É o Brasil do eterno retorno.

Por: Gaudêncio Torquato - JORNALISTA, É PROFESSOR TITULAR DA USP E CONSULTOR POLÍTICO E DE COMUNICAÇÃO

Domingo terá pancadas de chuva em grande parte do país

Neste domingo (31) haverá chuva em grande parte do país, segundo a previsão do Ceptec (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos) do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais). No centro-oeste e sudeste de Mato Grosso, centro-sul de Goiás, nordeste de Mato Grosso do Sul haverá muitas nuvens e chuva. No centro-sul do Mato Grosso do Sul haverá sol. No centro-oeste e sudeste do Mato Grosso do Sul terá chuva pela manhã. Nas demais áreas da região, o sol aparece entre nebulosidade variável e com fortes pancadas de chuva.

No litoral da Paraíba, Pernambuco e Alagoas há possibilidade de chuva. No litoral de Sergipe e Bahia, haverá sol e variação de nuvens. No norte do Maranhão tem pequena chance de pancadas de chuva à tarde. No extremo sul do Maranhão, há uma pequena chance de pancadas de chuva. Nas demais áreas do Maranhão, no Piauí e interior da Bahia fará sol. Nas demais áreas da região terá sol e poucas nuvens.

No nordeste do Pará e leste do Amapá, o sol aparece com variação de nuvens e pequena chance de pancadas de chuva. No centro-norte do Pará e demais áreas do Amapá, terá sol e poucas nuvens. No sul do Amazonas e em Rondônia, haverá muitas nuvens com chuva a qualquer hora do dia. Nas demais áreas do Amazonas, no Acre, em Roraima, no Tocantins e sul e noroeste do Pará, o sol aparece com variação de nuvens e pancadas de chuva isoladas. Nas demais áreas do Pará haverá predomínio de sol. No extremo sudoeste de São Paulo e extremo norte de Mina Gerais, o dia será de sol. No sudeste de São Paulo, haverá chuva pela manhã. No centro-norte e leste de São Paulo, centro-sul e sudeste de Minas Gerais, sul do Espírito Santo e no Rio de Janeiro, haverá muitas nuvens e chuva.

No norte e nordeste de Minas Gerais e centro-norte do Espírito Santo, terá sol e poucas nuvens. Nas demais áreas da região, será de sol entre nebulosidade variável e com pancadas de chuva isolada, que podem ser localmente fortes. No sul do Rio Grande do Sul, aparecem poucas aberturas de sol e chuva. No leste do Rio Grande do Sul terá sol e poucas nuvens. Nas demais áreas da região, o predomínio é de sol.

Folha.com

Cariri e Centro-Sul - Plantão Policial das últimas 24 Horas - Por: J. Lopes


Juazeiro do Norte

Relatório da 1ªCIA/2ºBPM enviado a imprensa das ocorrência policiais e de trânsito registradas do 29/10/2010, (sexta-feira) 30.10.2010 (SÁBADO).

APREENSÃO DE ADOLESCENTE POR AMEAÇA

Por volta das 16h20min, bairro João Cabral, nesta urbe, a Sra. ANTONIA DE OLIVEIRA, 63 anos, residente no endereço supracitado, fora ameaçado por seu neto E. DA S. S, 17 anos, morador do mesmo endereço. A RD 1228, composta pelos Sds. Douglas, Meneses e Alencar Costa, compareceu ao local, conduzindo as partes à DDM para adoção dos procedimentos legais cabíveis.

FURTO EM RESIDÊNCIA

Por volta das 18h30min, chegou ao conhecimento desta CIOPS, que no bairro Franciscanos, nesta cidade, segundo informações da Srª. FRANCISCA M CONCEIÇÃO, 71 anos, residente no endereço supracitado, um indivíduo não identificado, que se dizia estar hospedado em sua residência, juntamente com outras pessoas, furtou do local 03 (três) aparelhos celulares, 04 (quatro) bermudas, 02 (duas) camisas, 02 (dois) perfumes, 01 (uma) bolsa e certa quantia em espécie, que em seguida evadiu-se com rumo ignorado. Foi acionada para o local a RD 1224, integrada pelo Sd Lucas, Bezerra e Sd Gonçalves, que realizou diligências no intuito de prender o infrator, bem como admoestou a vítima comparecer à 20ªDRPC, afim de registrar um Boletim de Ocorrência.

ROUBO A PESSOA

Por volta das 18h40min, que bairro Juvêncio Santana, neta urbe, segundo informações de RITA DE C. S. FRANCISCO, 20 anos, residente no bairro Tiradentes, nesta cidade, um indivíduo não identificado, em uma motocicleta Honda Bros, de cor vermelha e placa não anotada, abordou-a e mediante ameaça subtraiu sua bolsa contendo 02 (dois) aparelhos celulares, documentos pessoais, cartões de banco e a quantia de R$ 60,00 R$ (sessenta reais), em espécie, que em seguida evadiu-se com rumo ignorado. Foi acionada para o local a RD 1221, integrada pelo Sd Kleiber e Sd Melo Alencar, que realizou diligências no intuito de prender o criminoso, bem com orientou a vítima comparecer à 20ªDRPC, afim de registrar um Boletim de Ocorrência.

APREENSÃO DE MOTOCICLETA AO DEMUTRAN

Por volta das 20h13min, bairro Tiradentes, nesta urbe, a RD 1225, composta pelos Sds. Silva e Fabio, abordou a motocicleta Honda CBX 250 Twister, de cor vermelha, ano 2006 e placa HXC-7348-CE, conduzida por JOSÉ E B ALVES, 42 anos, residente no bairro Centro, o qual não continha a CNH. O Demutran, através dos agentes de trânsito Silva e Oberdan, compareceu ao local, adotando os procedimentos pertinentes.

LESÃO CORPORAL A BALA

Chegou ao conhecimento da Ciops, por volta das 20h50min, a informação que no bairro Frei Damião, nesta urbe, a pessoa de J. P. F. S, 18 anos, sem antecedentes criminais, residente no bairro Frei Damião, havia sido abordado por um indivíduo não identificado, a pé, ocasião em que sacou de revólver e efetuou dois disparos que atingiram a vítima na coxa esquerda e abdômen. O criminoso, após cometer o delito, fugiu tomando rumo ignorado. A vítima fora socorrido por populares ao Hospital Tasso Jereissati, em seguida transferido ao Hospital Santo Inácio, onde fora submetido a uma intervenção cirúrgica, em estado grave. A RD Fiscal Ronda, composta pelo Sgt. Silva Lima, e o sd Valter, juntamente com as RDs. 1222, composta pelos Sds. Marcos e Gonçalves e a RD 1230, composta pelos Sds. Feitosa e Ronaldo da Silva, compareceu ao local, realizando diligências no intuito de identificar e prender o criminoso.

PRISÃO POR DESACATO

Por volta das 21h45min, no bairro Romeirão, nesta urbe, a CP 2541 FTA, composta pelo Cb. Tavares, Sds. Amorim, Sérgio e Deusdete, abordou o indivíduo IRINEU H SILVA, 41 anos, residente no endereço supracitado, o qual não satisfeito com a abordagem, passou a desacatar a composição policial. O indivíduo recebera voz de prisão e fora conduzido à 20ª DRPC, onde fora realizado um TCO por desacato. Vale salientar que após consulta ao sistema de informações policial o mesmo respondia a inquéritos, conforme os Art. 180 e 331 do CPB e Art. 12 do estatuto do desarmamento

APREENSÃO DE MOTOCICLETA AO DEMUTRAN

Por volta das 21h25min, no bairro Pio XII, nesta urbe, a RD 1225, composta pelos Sds. Silva e Fabio abordou a motocicleta Honda Biz, de cor verde e placa HYO 8609-CE, conduzida por PAULO S BEZERRA, 37 anos, residente no bairro Betolândia, porém a motocicleta apresentava CRLV em atraso. O Demutran, através do agente de trânsito Alysson, compareceu ao local, adotando os procedimentos pertinentes.

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Por volta das 22h41, no bairro Jardim Gonzaga, nesta cidade, segundo informações prestadas pela senhora TEREZINHA B. M. CABRAL, 50 anos, com endereço no local precitado, o seu ex-marido o senhor FRANCISCO C. LIMA e seu filho F. M. C, 16 anos, chegaram na residência e passaram a agredí-la verbalmente e fisicamente, instantes em que seu filho passou a quebrar a mobília, os quais após o fato se evadiram tomando rumo ignorado. A RD 1229, com os Sds PM Fabio, Olimpio e Dantas, compareceram ao local, coletaram dados com a solicitante e orientaram que a mesma comparecesse à Delegacia da Mulher-DDM para noticiar o fato.

PRISÃO POR PORTE ILEGAL DE ARMA DE FOGO

Por volta das 23h20, no Centro de Missão Velha-CE, nas proximidades da agência dos Correios, foi preso durante uma abordagem policial realizada pela composição da CP 2581, sob o comando do Cb PM Galiza, auxiliado pelo Cb PM Ari, Sds PM Viana e Sd PM Sampaio pertencente ao efetivo da OPEL/2010, o indivíduo BRUNO Q. DE SOUSA, nascido em 09/04/1990, residente na zona rural de Missão Velha-CE, quando conduzia o veículo GM prisma de placa NLV-3445, de cor preta, ano 2008/09, da cidade de Marechal Deodoro-AL, chassis nº 9BGRM69809G126371, portando ilegalmente 01 (um) revolver da marca Taurus, calibre 38, capacidade para 06 (seis) cartuchos, desmuniciado, oxidado, nº 608088, instantes em que foi preso e permanece na Delegacia Municipal aguardando a realização dos procedimentos pertinentes. Consulta realizada ao Sistema de Informações Policiais-SIP, não apresentou nenhum registro anterior em desfavor de BRUNO Q. DE SOUSA.

B.O POR FURTO

Por volta das 22h30min, no bairro Tiradentes, nesta urbe, segundo informações prestadas pelo Sr. ANTONIO I. FEITOSA, 44 anos, bairro Tiradentes, nesta cidade, o individuo DAMIÃO P. DA SILVA, 20 anos, residente no bairro Betolândia, nesta cidade, furtou, no dia 23/10/2010, a sua bicicleta da marca GIG, de cor branca com detalhes azuis e de marchas. Compareceu ao local a RD 1226, compostas pelos Sds PM Nildomar e Miranda, que conduziu as partes para 20ª DRPC onde foi lavrado um Boletim de Ocorrência–BO de nº 14530/2010. Vale salientear que a res furtiva da referida vítima não foi localizada. Consulta realizada ao Sistema de Informações Policiais – SIP, não apresentou nenhum registro anterior em desfavor de DAMIÃO P. DA SILVA.

PECA POR VIOLAÇÃO DE DOMICÍLIO

Por volta das 01h45, no bairro Limoeiro, nesta cidade, foram apreendidos pela composição da RD 1225, com os Sds PM César e Abiasaf, os adolescentes D. F. S, 15 anos, no bairro Limoeiro, nesta urbe, e P. H. S. G, 17 anos, residente no bairro Timbaúbas, nesta cidade, os quais violaram a residência do senhor ADAUBERTO P. DA SILVA, 39 anos, residente no local inicialmente informado, e foram detidos pelo mesmo, instantes em que foram conduzidos para a 20ª DRPC juntamente com a vítima, sendo apresentados a autoridade policial que lavrou o Procedimento Especial Contra Adolescente de nº 209/2010.

ACIDENTE DE TRÂNSITO SEM VÍTIMA FATAL

Por volta das 03h40min, no bairro Santa Tereza, nesta urbe, o indivíduo indentficado como CICERO F. R. SILVA, nascido em 16/10/1986, residente no bairro Triângulo, nesta cidade, conduzia uma motocicleta HONDA CG 125 FAN, de cor preta, ano 2008, de placa HYX 6237, licenciada no nome de Maria D. de O. Pereira, no sentido Shopping/Pirajá, quando colidiu contra um foto-sensor em frente ao Quartel do 2º BPM, onde sofreu uma lesão na cabeça. Compareceu ao local a RD 1223, composta pelos Sds PM Araújo e Cícero, que resguardou o local, sendo acionada a ambulância do Hospital Tasso Jereissati que conduziu a vítima ao referido hospital para procedimentos médicos. Vale salientar que o veículo foi entregue aos agentes do DEMUTRAN, Walquer e Walney que compareceram ao local da ocorrência e adotaram as medidas cabíveis.

FORTALEZA - CEARÁ:

Polícia fecha casa de prostituição com garotas de programa de Juazeiro do Norte.

Uma ação da Polícia Civil fechou uma casa de prostituição no bairro José Walter, em Fortaleza. A operação aconteceu na noite desta quinta-feira (28) e contou com 72 pessoas. Eram agentes e policiais do Cotam, Raio, Coin, Sefaz, Corpo de Bombeiros e Secretaria do Meio Ambiente. No local, haviam 36 garotas de programas que vieram de vários lugares do Brasil. O gerente do estabelecimento, Valteci Júlio Alves Rocha, foi preso e as mercadorias que eram vendidas apreendidas.

A denúncia foi feita pelos próprios moradores através da associação do bairro. Os populares gravaram diversas imagens e entregaram para a Polícia. Desde quando a casa foi aberta, há três anos, cerca de 50 ocorrências foram registradas contra as práticas realizadas no local. Um telão transmitia as performances de stripetease na calçada da casa. Segundo Eline Marques, coordenadora estadual do escritório de enfrentamento ao tráfico humano, as mães revelaram que as crianças assistiam as cenas e queriam reproduzi-las em casa.

Lá, trabalhavam três garçonetes e uma pessoa como caixa. Todas foram ouvidas na Delegacia e depois liberadas. As garotas de programa, porém, foram encaminhadas para suas cidades de origem. A maioria era procedente do interior do Estado (Quixeramobim, Iguatu, Juazeiro do Norte e Caucaia), mas também havia mulheres de São Paulo, Maranhão, Pernambuco e Bahia. A média de idade era de 20 anos e entre o grupo não havia menores. Elas cobravam entre R$ 80 e R$ 100 por programa e de R$ 30 a R$ 50 para fazer strippe. A entrada no estabelecimento era de R$ 5. Notícia por: Jangadeiro Online

OURICURI – PERNAMBUCO:

Rapaz de 23 anos é baleado na noite de ontem

No início da noite de ontem dois elementos não identificados em uma motocicleta tentaram assassinar a tiros um rapaz. A ação criminosa aconteceu por volta das 18h20mim na altura da Rua Padre Cícero no Bairro Nossa Senhora do Carmo em Ouricuri – PE. Quando a vítima Wallas Henrique dos Santos, 23 anos, transitava pelo e ao se aproximar de sua residência foi surpreendido por vários disparos de arma de fogo efetuados por dois indivíduos em uma motocicleta. Sendo que um dos disparos chegou a atingir a vítima no joelho esquerdo e foi socorrida por populares para o HR (Hospital Regional) de Ouricuri – PE. Já os criminosos fugiram tomando destino incerto e o caso será investigado pela DPC local. (BO nº 0800/10).

Agricultor de 60 anos é atingido por um disparo de arma de fogo.

Por volta das 18h50mim de ontem deu entrada na emergência do HRFB (Hospital Regional Fernando Bezerra) em Ouricuri – PE, o agricultor Ivo Felício Ramos, 60 anos, vítima de disparo de arma de fogo. O mesmo apresentava ferimento à bala no pé esquerdo, sendo a PM informada pela própria vítima que o fato ocorrera no Sítio Pradicó na zona rural de Ouricuri – PE e que desconhece a autoria do disparo. Ficando o fato registrado na DPC local. (BO nº 0799/10).

SANTA MARIA DA BOA VISTA – PERNAMBUCO:

Homem é assassinado a golpes de faca.

O crime aconteceu por volta das 07h45mim de ontem na Ilha Grande em Santa Maria da Boa Vista – PE. Onde o acusado conhecido pela acunha de Panta fazendo uso de faca do tipo peixeira assassinou a vítima conhecida apenas pelo de Francinaldo. Segundo a polícia, acusado e vítima residiam em Petrolina – PE e há pouco tempo moravam juntos a trabalho em Santa Maria da Boa Vista – PE. Que o crime foi motivado em razão da vítima ter viajado para a cidade de Petrolina – PE e lá assediado a irmã e sobrinha do acusado que ao tomar conhecimento do ocorrido assassinou o companheiro de trabalho com vários golpes de faca. O acusado fugiu pelo Rio São Francisco em uma embarcação há remo com destino a cidade de Orocó – PE. (BO nº 0799/10).

Localização de cadáver, corpo de homem desaparecido é encontrado vítima de suicídio

Por volta das 14h30mim de ontem populares localizaram já sem vida o corpo da vítima Cosmo Rodrigues dos Santos, 30 anos. Segundo a polícia, a vítima que aparentemente não apresentava ferimentos no corpo e estava totalmente despida teria cometido o suicídio. Uma vez que familiares relataram que o mesmo tomava remédio controlado e teria comentado por várias vezes que iria tirar a própria vida se jogando do morro onde o corpo foi localizado. O cadáver foi removido e encaminhado ao IML em Petrolina – PE. (BO nº 0800/10).

Por: J. Lopes - Repórter do Blog do Crato e Chapada do Araripe OnLine
PROIBIDA A REPRODUÇÃO

Votação segue tranquila em todo o Brasil


- Essa queda no número de ocorrências deve-se ao menor número de cabos eleitorais e pessoas envolvidas nas eleições, porque são menos candidatos concorrendo - avaliou o ministro Arnaldo Versiani, do TSE, em entrevista coletiva na tarde deste domingo (31).

Neste segundo turno, 135.804.433 eleitores estão aptos a votar - mais de 200 mil poderão votar no exterior. Além do presidente da República, serão escolhidos os governadores de oito estados e do Distrito Federal. A maioria dos estados em que há indefinição fica nas Regiões Norte (Rondônia, Roraima, Pará e Amapá) e Nordeste (Paraíba, Piauí e Alagoas), mas há segundo turno também no Centro-Oeste (Goiás e Distrito Federal).

A votação se estende até as 17h no horário local e a apuração começa logo em seguida. A divulgação dos resultados, entretanto, só começará às 19h no horário de Brasília - pois este é o horário em que a votação será encerrada no Acre.

30 outubro 2010

VIVA A DEMOCRACIA NESTE 31 DE OUTUBRO DE 2010 - Por Maria Otilia


Vamos comparecer as urnas e fazer valer o nosso direito de escolher nosso(a) futuro(a) Presidente do Brasil.Deixo aqui uma bela letra de música que fala da democracia, para você refletir .

Democracia

Tom Zé
Vicente Barreto - Tom Zé

Democracia que me engana
na gana que tenho dela
cigana ela se revela, aiê;
democracia que anda nua
atua quando me ouso
amua quando repouso.

É o demo o demo a demó
é a democracia
é o demo o demo a demó
é a democracia.

Democracia, me abraça
com tua graça me atira
desfaz esta covardia, aiê;
democracia não me fere
mira aqui no meio
atira no meu receio.

Democracia que escorrega
na regra não se pendura
na trégua não se segura, aiô;
democracia pois me fere
e atira-me bem no meio
daquilo que mais eu mais receio.

Democracia, não me deixe
sou peixe que fora d'água
se queixa, morre de mágoa, aiê;
democracia não se dita
maldita seja se dura,
palpita pela doçura.
Postado por Maria Otilia

Ontem encontrei Edilma em plena atividade com Ernesto e Ricardo (seus irmãos) e mais outros componentes do grupo de organização do IV SALÃO DE OUTUBRO.

Os trabalhos expostos foram analisados e julgados pela comissão composta por Divani, Noemita, Pachelly ,Tarcísio Pierre .

Edilma parecia um dínamo. Apesar de cansada pelo empenho e pela trabalheira de dias seguidos, manteve tudo muito organizado e impecável.

Vale a pena ver a Mostra hoje, dia 30, às 20 na
GALERIA DA RFFSA - CENTRO CULTURAL ARARIPE

***
CONFIRAM E VISITEM ESSE GRANDE EVENTO

Comissão (parcial)
Tela de Edilma (Metamorfose)
(Já apreciada por dois visitantes curiosos)
Esculturas...
(E um sorriso amarelo esculpido no rosto do visitante anônimo)
Homenagens

Para ver as obras dos artistas concorrentes apareçam e deleitem-se!


Claude Bloc

Recadinho aos "intelectuais" cratenses:Por: Janinha

O Crato está fervendo com vários eventos culturais paralelos ao Festival Cariri da Canção, no anfiteatro da RFFSA acontece a primeira Mostra de Música Instrumental, reivindicação antiga da sociedade, temos grandes nomes nessa área e não tínhamos o espaço.
Ontem tivemos a Orquestra de Campos Sales, a Banda de Música do Crato, e o trio de Ibertson Nobre: Demontiê Delamone, João Neto, foi emocionante!
O público compareceu, mas o que não entendo é a ausência dos "intelectuais" cratenses,  estou cansada de ver  pessoas influentes da música, que dariam respaldo a qualquer  movimento musical com a presença se negando a prestigiar os eventos culturais, fazem isso apenas uns pelos outros, formando assim uma "panelinha"  impenetrável  e boçal.
Acredito ser compromisso de todo músico já com história  passar informações à nova geração, influenciar, artista tem que ter alma de artista e não de burocrata!
Aos meus ídolos da música: Vamos sair da acomodação e perceber o novo mercado da música, a nova geração do cariri, tenham humildade, respeito, sejam acessíveis ou não critiquem mais!

Vamos Dilmar o Serra ou Serrar a Dilma Por João César Mousinho de Queiroz



Vamos Dilmar o Serra ou Serrar a Dilma para o bem da Vila Silvestre, da Ponta da Serra, do Crato, do Nordeste, de São Paulo, do Brasil.
Todos nós merecemos uma segunda chance é o que dita nossas imperfeições. Considero que todos os leitores e candidatos a cargos executivos como: prefeitos, governadores, presidente deveríamos ter a chance do segundo turno.
Por simples curiosidade comecei a investigar entre meus familiares, amigos, clientes,
colegas de trabalho e comunidade se alguém que conheço ou apenas me relaciono já
tiveram a oportunidade de ler a plataforma do partido dos candidatos que votaram nessas eleições para os mais variados mandatos.
Não me causou surpresa, mas lamentações. De 16 anos a 86 ninguém leu e não demonstraram a menor boa vontade de uma dia ler.
Já na década de 70, no colégio Diocesano nos ensinaram que Democracia é o governo do povo, para o povo, com o povo, pelo povo nas aulas de OSPB- organização social politica brasileira,e que o professor Jaime Milfon, enfatizava nas suas aulas de história e em suas provas mensais.
Ninguém que convivo já leu a plataforma do P.V, PSDB, PT.
Uma democracia não só se analisa pelo números de seus eleitores, mas também pelo quantidade de partidos que se revezam no poder. Assim sendo USA não é um bom exemplo de democracia, pois lá a mais de 50 anos apenas dois partidos assumem o poder. França, Itália, podemos considerar.
Aqui nós estamos seguindo em passos largos para um referendum entre um partido de cunho popular e outro centro-direita.
O PSDB é um partido político brasileiro cujos militantes e simpatizantes geralmente se classificam como de centro. Alguns críticos e intelectuais, de esquerda, no entanto, por considerarem que o partido, em relação a determinados pontos adota pontos de vista classificados como liberais, citam-no como sendo de centro-direita, ou até mesmo de direita. Atualmente a Terceira via de Anthony Giddens é também uma das ideologias assumidas pelo partido.
O PT surgiu da organização sindical espontânea de operários paulistas no final da década de 1970, dentro do vácuo político criado pela repressão do regime militar aos partidos comunistas tradicionais e aos grupos armados de Esquerda então existentes. Desde a sua fundação, apresenta-se como um partido de Esquerda que defende o socialismo como forma de organização social.
Quanto mais eleições, mais segundos turnos, mais debates o que ajuda a formação de uma opinião e atitude mais concreta e consciente, ficando melhor para que com 16 anos vai votar pela primeira vez, ou quem já vota a mais tempo.
Nesse domingo vamos todos as urnas exercer nossa cidadania. Votando no Serra ou na Dilma, o mais importante é que você tenha cada vez maior o seu engajamento no nosso aperfeiçoamento da nossa participação democratica.
Estamos avançando, é verdade, mas temos muito que melhorá. Canditatos corruptos ,ficha Limpa neles, agora ANALFABETOS---nenhuma democracia merece.
Só para ressaltar - Vamu TiririKar u qui Ar Di bow. Nesse domingo vamos todos votar. Você que vota no Serra e você que vota na Dilma todos estamos participando do nosso processo de aperfeiçoamento Democrático, vamos Votar em paz e conscientes.
Artigo XXXVI-São Paulo 30.10.10-Fontes-Diversas-Filho de Seu Mozin e D.Nair lá da Vila

CRATO: O SOM E A MAGIA DA CHAPADA ENCANTADADA-Por Wilson Bernardo.

MOSTRA INSTRUMENTAL...Mais uma vez a secretaria de cultura do município do Crato,concebe aos bons ouvidos,uma música de qualidade e de refinados acordes,por mãos de senhores mágicos do som do cariri encantado.Bela iniciativa que só vem a confirmar o chapadão de talentos que o Crato e o cariri como um todo aflora,como flores de piqui,a substância emanada dos deuses tribais,o que temos de melhor em música instrumental.A banda de música do Crato,tocando o refinado Tom Jobim,Orquestra Municipal de Campos Sales,e o sertão do Araripe em acordes dos anos sessenta e pra finalizar a noite um trio de peso,já bastante conhecido pela versatilidade Blues Mem Band,os adoráveis Ibbertson Nobre e trio,impecáveis construtores de sons.
Banda de Música do Crato,encanta a todos
e a regência do seu maestro,comandando o fino da bossa
Orquestra Municipal de Campos Sales
mostrando a que veio e de que o sertão
pulsa a boa música de qualidade
Ibbertson Nobre e Trio maravilhoso
Concentração total,de um orgasmo de sons contagiantes
O poder de sentir o prazer do fino toque jazzistico
E a pureza do encantamento da floresta,recaindo sobre os homens o virtuosismo da Música
Wilson Bernardo(Texto & Fotografia

Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31