xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 05/12/2009 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

05 dezembro 2009



a barca leva e traz
quem quer ser levado e trazido
a barca só não leva o tempo
só não traz o vento

mais no blog:
http://fotosdelupeu.blogspot.com/2009/12/barca-leva-e-traz-quem-quer-ser-levado.html

Publicidade: Shopping RESIDENCE - No Crato, você compra bem...


IMG_0959


As festas de fim de ano se aproximam!
Compre bem! Compre nas lojas do Shopping Residence, em Crato.
Conforto e Qualidade.

Dsc04012


Dsc03933



Dsc03892



Dsc03980


Shopping RESIDENCE - Parceiro do Blog do Crato

Vídeo: A polêmica em torno da piada do Robin Williams

Nota do Editor: Robin Williams, mesmo dizendo uma piada, acertou em cheio. Apenas mexeu numa ferida que queremos ignorar, que é o tráfico de drogas no Brasil. A pior injúria não é quando ela é injusta, mas quando ela é Justa.

Ator Robin Williams faz piada sobre escolha do Rio como sede da Olimpíada de 2016

Para o ator americano Robin Williams, a escolha do Rio de Janeiro como sede da Olimpíada de 2016 não foi justa. Pelo menos foi dessa forma que ele finalizou uma piada feita no programa Late Show, do apresentador David Letterman, a quem o comediante chamou de "a próxima Oprah".

MAIS INFORMAÇÕES

Robin Williams disse que a concorrência foi desleal porque, enquanto Chicago tinha a apresentadora Oprah Winfrey e a primeira-dama Michelle Obama como representantes, o Rio levou "50 strippers e meio quilo de pó". Assista ao vídeo do programa que foi ao ar no dia 23:



Fonte: Revista VEJA e Youtube

CRATO - Histórias e Estórias do Crato de Antigamente - Por: Ivens Mourão

AGULHA NO PALHEIRO

Quando o Luís morou no Rio de Janeiro e, posteriormente, em Niterói, a sua casa era uma extensão do Crato. Com a generosidade e hospitalidade que são suas marcas registradas, Luís e Margarida recebiam a todo cratense que fosse ao Rio de Janeiro. Sua casa funcionava como uma autêntica embaixada. Era ponto obrigatório de visita de todo cratense que fosse ao Rio. O Dr. José Ribeiro Dantas, promotor do Crato, e os seus filhos chegaram a se hospedar na casa do Luís, na época em que morava em Niterói. Foi levar os filhos, Alcebíades e Lincoln, para estudarem no Rio. Seu primo, Deoclécio Ribeiro Dantas, era Reitor da Universidade Federal Fluminense, em Niterói, que era separado da cidade do Rio, então capital da República. Também era médico, cirurgião famoso, e tinha consultório no Rio. Dr. José Ribeiro resolveu fazer uma visita ao primo. Preferiu ir ao consultório, pois na Universidade seria impossível falar com ele. Pediu orientação ao Luís de como chegar à Rua Alcino Guanabara 96, no Rio. O Luís explicou que era muito fácil. Era só pegar a barca Niterói/Rio e desembarcar na Praça XV. De lá, pegaria a rua Sete de Setembro ou Rua da Assembléia, que vai sair na Avenida Rio Branco. Ao atravessar a rua vai estar nos fundos do Teatro Municipal. Quando chegar na frente do Teatro, olhando para direita tem o Bar Amarelinho. Fácil identificar, porque tudo é amarelo, inclusive as mesas e cadeiras. Chegando ao Bar Amarelinho, se sentar numa mesa para tomar um chop, perceberá que a Rua Alcino Guanabara começa no Bar. Então, é só procurar o número. E assim ele fez. Tomou o chop tranqüilamente e subiu a rua à procura do número. Acontece que era tempo de campanha política, as paredes estavam cheias de cartazes, principalmente do Carlos Lacerda. E, por coincidência, tinha sempre um cartaz encobrindo o número. E como o Dr. José Ribeiro era muito míope, dificultava mais ainda a sua procura. Parou num prédio onde tinha um engraxate e resolveu perguntar onde era o número 96. O engraxate disse:
- “Pela voz e pela cabeça só pode ser cearense. O senhor está no número 96. Com quem o senhor quer falar?”
- “Com o Dr. Deoclécio Ribeiro Dantas”.
- “Ele está aí”.
- “Como é que você sabe?”.
E o engraxate, mostrando o par de sapatos que estava engraxando:
- “Por que esses sapatos aqui são dele”.


Luís, na época em que morou no Rio de Janeiro. A foto, no Corcovado, com a Margarida, Cristina e Roseana.

TELEGRAMA SONHADO

Pouco tempo depois desse acontecimento o Luís retornou para o Crato. Os filhos do Dr. José Ribeiro sentiram muito, pois tinham a casa do Luís como uma continuidade da sua própria casa. Qualquer necessidade mais urgente, inclusive de dinheiro, o Luís adiantava, no que era prontamente ressarcido pelo Dr. José Ribeiro. Todos os fins de semana eles podiam desfrutar da excelente hospitalidade do Luís e deliciarem-se com a excelente comida caseira da Margarida, sua esposa.

Margarida, a grande companheira do Luís.


Voltando para o Crato, o Luís abriu a Imobiliária Santa Marta, vizinha da antiga Sorveteria Glória, de tantas estórias. A Imobiliária passou a ser o ponto de encontro de muita gente. O Dr. José Ribeiro era sempre o primeiro a chegar e chamar o Luís para tomar um café no Sr. Orestes.
Uma noite, o Luís sonhou recebendo um telegrama dos filhos do Dr. José Ribeiro. Dizia o seguinte: “Favor solicitar meu pai enviar duzentos cruzeiros para pagar compromissos inadiáveis”. O Luís acordou e voltou a dormir. E tornou a sonhar com o mesmo telegrama.
Pela manhã, como de costume, o primeiro a chegar foi o Dr. José Ribeiro. Da porta, foi logo convidando o Luís para o café no Sr. Orestes. E o Luís:

- “Não, venha cá primeiro”.


E contou o sonho. Na época não existia possibilidade de ligação telefônica.
Às duas horas da tarde, entrou o Dr. José Ribeiro na Imobiliária, pálido e abanando um telegrama:

- “Veja Luís”.


E mostrou o texto do telegrama: “Favor enviar duzentos cruzeiros para pagar compromissos inadiáveis”. E o Dr. José Ribeiro:

- “Esse telegrama foi de ontem. E você não acredita em espírito!!!”.

Tratou de espalhar este “fenômeno” pelo Crato todo. Dias depois, o Luís encontrou o Dr. José Ribeiro e foi logo dizendo:
- “Zé, sonhei outra vez com os meninos. Eles estão pedindo agora quinhentos mil cruzeiros”.
- “Homem, deixe de brincadeira”.

ÁGUA HIDROLITOL

O proprietário de um dos bares mais famosos do Crato era extremamente conceituado na cidade. Comerciante escrupuloso com suas obrigações. Pagava rigorosamente seus impostos. Identicamente, com relação aos seus funcionários. Pagava-os bem e com todos os direitos. Também era tido e havido como um homem muito religioso e até Congregado Mariano. Mas, como não era de ferro, tinha uma predileção especial por empregadas domésticas. Mas este fato só ficou conhecido em toda a cidade, pela indiscrição do português da padaria. O primeiro português no Crato, dono de padaria, foi o Sr. Simões Loiro. Em seguida veio o seu sobrinho: Aníbal. A este sucedeu o Germano e, por fim, o Acácio. Eram todos da mesma família. Sr. Aníbal, aliás, prestou um grande favor a papai, possibilitando que o Marcelo, com uns seis meses de idade, fosse salvo de uma forte gripe. O médico, Dr. Jeser, receitou um medicamento novo: penicilina. E o frasco tinha que ser guardado em geladeira. Sr. Anibal era uma das poucas pessoas no Crato que dispunha desse “avanço” tecnológico. Tinha que tomar doses em determinadas horas, inclusive nas madrugadas. Ele não só disponibilizou a geladeira como deixava a porta da sua casa apenas encostada para que papai fosse coletar a dose do remédio.

O Germano, sobrinho do Sr. Anibal, mudou-se para Porto Alegre no Rio Grande do Sul e por um desses tantos acasos do destino, acabou sendo paciente do meu irmão Marcelo, cardiologista, que também se radicara por lá. Aquele garoto pode retribuir o favor que recebera. O Sr. Germano não se cansava de dizer que jamais deveria ter dado ouvidos à mulher dele e ido embora do Crato. Costumava comentar com o Marcelo:

- “Doutore aquilo é a melhor terra do mundo”.


Um dos filhos do Germano, também por coincidência, foi meu colega no tempo em que trabalhei no Ministério da Irrigação, em Brasília. O Acácio sofria muito na mão dos flamenguistas e parecia ser uma pessoa de poucos amigos, pelo modo ríspido de falar. Mas era só impressão. Ao contrário, era uma pessoa de coração muito bom. Todo o dia doava as sobras de pão e bolachas para asilos mantidos por quaisquer religiões. O seminário também recebia suas doações.

Certa noite, ao chegar à janela de sua casa, na Rua Dr. João Pessoa, percebeu uma pessoa, bem magrinha, de paletó atrás de um Fícus Benjamin, de espreita. Reconheceu o tal proprietário do famoso bar, pelo guarda chuva que sempre portava. Concluiu que ele estava à espera da saída da sua empregada, Maria. Como ela ia demorar a sair, resolveu levar uma cadeira de palhinha e oferece-lo, falando bem baixo:

- “Eu sei que tu estás a esperar a Maria. Sente nesta cadeirinha para que tu não fiques cansadinho”.


Ele, indignado, não aceitou. E o Sr. Acácio:
- “Entre nós homens não tem segredo. Eu prometo que amanhã ela sai mais cedo. Hoje ela atrasou-se no jantar”.
Quando voltou para casa com a cadeira, foi logo cochichando para a empregada:
- “Apressas o jantar que o teu namorado está a te esperar”.
- “Oxente, e eu tenho namorado?”
- “Eu sei de tudo! Fui até oferecer uma cadeira para ele esperar sentado. Ele não está mais aí em frente, mas deve estar na esquina, a te aguardar”.
Dito e feito. Enfim o casal pode se encontrar.
No dia seguinte bem cedo, como de costume, o Acácio mandou um empregado dele buscar a garrafa de água hidrolitol (era uma água gasosa), na sorveteria do namorado de sua empregada. Mas, desta vez não mandou o dinheiro. Só o seguinte recado: “A partir de hoje eu não vou mais pagar a água hidrolitol. Ele sabe o porque”.

A LAGARTIXA


O Bantim, da sorveteria, tem muitos casos engraçados. Ele era amigo do ‘Dom Juan’, que tinha uma bodega próxima à sorveteria dele. O Luís não sabe atinar o porque desse apelido. Não era um tipo bonito e nem tão pouco conquistador. Tinha também o apelido de ‘cego’. A sua grande habilidade, na verdade, era ‘matar’ charada. Ele e o Dedé de Zeba eram famosos na cidade por essa habilidade. No dia do seu aniversário o Bantim foi gozá-lo:

- " Ei velho, tá lascado, hein! Setenta anos! Pois eu tenho setenta e dois, mas não estou igual a você não! Eu ainda estou inteirinho. Estou tinindo, subindo pelas paredes!”.

- “Oxente, virou lagartixa!”

MUITO MOVIMENTO

Um dia apareceu no Crato uma pessoa de Altaneira, que estava se mudando para a cidade. Procurava um ponto comercial para comprar. O Bantim, grande contador de estórias, tinha um amigo proprietário de uma bodega quase sem nenhum movimento. O negócio estava muito ruim e essa era uma oportunidade para ele se ver livre daquele péssimo comércio. Então, propôs vender o ponto com tudo dentro, pois estava querendo ir embora para Fortaleza. Marcou com o interessado para ir conhecer a bodega. Mas, por sugestão do Bantim, combinou com vários amigos para entrarem na bodega, um após o outro, e ‘comprar’ algum produto. Um comprava um rolo de fumo, outro um litro de querosene, mais outro cigarro, alguém perguntando se algum produto já tinha chegado etc. Ou seja, não parava de entrar freguês. Quando os “atores” terminaram a encenação, o interessado disse:

- “É, estou vendo que o seu ponto é muito movimentado. Mas, não era bem isso que eu estava querendo não. Estou procurando um ponto de pouco movimento, só para eu passar o tempo e não ficar dentro de casa”.


Fonte: Livro "Só no Crato" de Ivens Mourão - Direitos de Publicação concedidos ao Blog do Crato pelo autor - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Doenças do Humor II - Depressão na Infância e Adolescência - Por César Mousinho



Quem trabalhar com ludoterapia e grupo de adolescentes em algum momento vai se deparar com crianças e adolescentes desencadeando depressão ou já depressivos. Temos que ter a responsabilidade profissional pois é sabido que crianças deprimidas têm auto-estima baixa e que falam de si mesmas de modo negativo, se achando ruins, culpadas, fracassadas e preteridas pela família, muitas vezes sentindo que ninguém se preocupa com elas. A relação apetite e peso pode variar. Igualmente, queixas de pesadelos ou de despertares noturnos são freqüentes, bem como insônias. O aumento da distração e a dificuldade de memorização são comuns e levam a um comprometimento do desenvolvimento escolar, podendo confundir a depressão com o Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade. Os adolescentes deprimidos relatam claramente sentimentos depressivos como a desesperança e a dificuldade de concentração e freqüentemente se mostram irritados e hostis e idéias de suicídio ocorrem. Aumento ou diminuição do peso, apetite e da quantidade de sono podem variar, bem como é visto graus variados de falta de energia e desinteresse pelas atividades antes prazerosas. Isolamento social voluntário é freqüente. Igualmente, o uso e abuso de substâncias psicoativas é comumente observado.

Pensamentos de suicídio são encontrados em todas as idades. Cumpre ressaltar que cerca da metade dos casos de transtornos afetivos têm um outro diagnóstico emocional em comorbidade, como por exemplo, algum tipo de transtorno de ansiedade. A associação desses dois transtornos é tão grande que sintomas de ansiedade na infância podem ser sinal preditivo mais eficiente par depressão do que para transtornos de ansiedade. Estressores psicossociais, presença simultânea de outros transtornos psicologicos ou doença crônica são fatores doença risco para depressão em crianças e adolescentes. O diagnóstico precoce pode mudar o futuro da criança, evitando prejuízos ao desenvolvimento e favorecendo a elaboração de vivencias relacionadas aos transtornos afetivos. anifestações na fase pré-verbal : expressão facial, postura corporal, inquietação, retraimento, choro, recusa de alimentos, apatia, perturbações do choro e resposta diminuída aos estímulos visuais e verbais Fase precolar : dores abdominais, peso abaixo da idade, fisionomia triste, amentação,irritabilidade, diminuição do apetite, agitação psico-motora ou hiperatividade, transtornos do sono, ansiedade, balanceios, movimentos repetitivos, agressividade auto e hetero e sempre ficar se colocando em situações de perigo, ou manifestando medos difusos. Progredindo pode haver regressão da linguagem, ecolalia e enurese. Manifestações de dependência xcessiva, ansiedade de separação, controle precário de impulsos e desmodulação afetivo-emocional. De 6 a 12 anos : tristeza, choro fácil, apatia, movimentação lenta, voz monótona, falam de modo desesperançoso e sofrido, falam sobre si mesmas em termos negativos: “sou ruim mesmo”, “ninguém se preocupa comigo”. Baixa auto-estima, auto crítica exagerada, pensamentos de suicídio ou morte. Humor irritadiço ou instável. Perda de interesses. Deterioração escolar. Medos difusos. Dores de cabeça e abdominal. (3%) De 12 a 16 anos : sentimentos depressivos de desesperança, dificuldades de concentração, tentativas de suicídio. Insônia ou hipersonia, alterações no apetite, provocando alterações no peso, perda de energia e desinteresse pelas atividades diárias e extracurriculares. Irritabilidade quase sempre presente. Pode iniciar uso de drogas e uso abusivo de remédios.(8%) De 16 a 21 anos : Risco aumentado de suicídio, por haver maior facilidade, anedonia, irritabilidade,crises de choro, isolamento, uso abusivo de drogas. (12%) A irritabilidade é o sintoma que + diferencia a depressão na infância/adolescência da do adulto. A depressão na criança ocorre na mesma incidência nos dois sexos. Na adolescência (= nos adultos), é duas vezes mais freqüente na mulher.

SUICÍDIO NA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA CONSCIENTE : refletido,voluntário, intencional
INCONSCIENTE : se expõe a situações de risco, acidentes freqüentes,Importante nos conscientizarmos que as crianças podem se matar. 1982 - Campinas - Dr. Cassorla :150 tentativas de suicídio para cada 100 mil/hab/ano levando-se em consideração o “suicídio inconsciente “ esta taxa subiria para muito mais. Os casos geralmente são escondidos pelas famílias, pela sociedade, até os médicos escondem,quando não colocam no atestado de óbito a verdadeira causa. Crianças com menos de 5 anos não consideram a morte irreversível. Com 6 anos teme a morte da mãe e não crê na sua própria Com 7 anos pensa na morte como algo humano, mas só vagamente que um dia morrerá Com 8 anos aceita que todos vão morrer um dia e ela também com 9 anos passa a aceitar a idéia de morte com realismo de caráter biológico. Importante valorizar uma primeira tentativa de suicídio como um desejo real de morte, para prevenir as futuras. O método + usado por crianças maiores de 7 anos é o de ingestão de medicamentos. As crianças menores parecem associar mais morte com violência e procuram se jogar de lugares altos,facas,enforcamentos ou se jogarem embaixo de veículos. Importante ao dar a notícia de morte para as crianças, enfatizar o fato de que o morto não voltará mais.

Alguns relatos indicam que várias crianças procuraram a morte na esperança de encontrar um ente querido que morreu, ou de voltar a uma situação anterior de vida que era melhor com a presença deste ente. Isto muitas vezes é decorrente de idéias transmitidas às crianças como : foi para o céu, não sofre mais,não tem problemas mais, fora o fato de que todo mundo que morre vira “gente boa”,são idéias que as crianças assimilam ao pé da letra. A conduta mais viável num funeral, seria a criança poder ter um contacto breve com a situação para poder perguntar sobre a morte e não ficar com fantasias de culpas, de abandono, ou mesmo de reencontro a curto prazo. Mentir ou esconder não tem sentido e só favorece a possibilidade da não elaboração do conceito
de morte. Tratamento os pais e os profissionais como professores, psiquiatras e psicólogos, devem observar de perto as crianças e adolescentes, estando atentos para possíveis alterações da piora do estado de humor.

São Paulo, 05/12/09**SIM AS BOAS FESTAS**NÃO AO ATO MÉDICO.
www.sosdrogasealcool.org

O Natal - por Magali de Figueiredo Esmeraldo


Desde a segunda quinzena de novembro que a cidade de Fortaleza está repleta de luzes, com muitas propagandas. O comércio usa todos os artifícios para atrair o consumidor, a fim de que este gaste seu décimo terceiro salário em compras. É bom presentear as pessoas nessa época, pois demonstramos amor àqueles que nos são caros. No sistema capitalista em que vivemos, poucas pessoas acumulam riquezas, gerando exclusão social. É importante que lembremos também dessas vítimas das injustiças, partilhando também do nosso alimento. O ideal seria que todos os brasileiros tivessem o direito a uma vida digna, durante o ano todo. Entretanto, podemos fazer a nossa pequena parte, pondo em prática a virtude da caridade para com os mais necessitados. Caridade é amor e foi para pregar o amor, a fraternidade, a paz e a justiça que Deus, na sua infinita bondade, mandou o seu Filho Jesus Cristo, para salvação da humanidade.

O milagre da multiplicação dos pães, que é o milagre da partilha é narrado pelos quatro Evangelistas. Nele Jesus nos mostra que havendo partilha, os alimentos serão suficientes para todos e ainda sobrará. O Evangelho de Jesus Cristo, segundo Mateus, 14,13-21, relata o seguinte: “Quando soube da morte de João Batista, Jesus partiu, e foi de barca para um lugar deserto e afastado. Mas, quando as multidões ficaram sabendo disso, saíram das cidades, e o seguiram a pé. Ao sair da barca, Jesus viu grande multidão. Teve compaixão deles, e curou os que estavam doentes. Ao entardecer, os discípulos chegaram perto de Jesus e disseram: “Este lugar é deserto, e a hora já vai adiantada. Despede as multidões, para que possam ir aos povoados comprar alguma coisa para comer.” Mas Jesus lhes disse: “Eles não precisam ir embora. Vocês é que têm de lhes dar de comer.” Os discípulos responderam: “Só temos aqui cinco pães e dois peixes.” Jesus disse: “tragam isso aqui.” Jesus mandou que as multidões se sentassem na grama. Depois pegou os cinco pães e dois peixes, ergueu os olhos para o céu, pronunciou a bênção, partiu os pães, e os deu aos discípulos; os discípulos distribuíram às multidões. Todos comeram, ficaram satisfeitos, e ainda recolheram doze cestos cheios de pedaços que sobraram. O número dos que comeram era mais ou menos cinco mil homens, sem contar mulheres e crianças.” Jesus, com o milagre da partilha dos pães e dos peixes, quis nos mostrar que essa proposta era para construção de uma nova sociedade, fundamentada na partilha igualitária dos bens da vida, que Deus nos deu. Jesus continua fiel à missão de reunir e servir ao seu povo, principalmente a multidões de sofredores. Com essa atitude, Jesus está realizando os sinais de uma nova maneira de viver e de anunciar o Reino de Deus.

Refletindo esse Evangelho da multiplicação dos pães, chegaremos à conclusão, que nós, seguidores de Jesus não deveremos ficar insensíveis nesse Natal, nem no restante do ano, para os mais necessitados. Assim como Jesus, vamos servir ao nosso irmão carente.

O sentido do Natal foi desvirtuado. Demonstrar o nosso amor na troca de presentes, no espírito voltado para os mais pobres, é muito bom. No entanto, ultimamente a festa natalina foi se afastando do que é mais importante, a nossa preparação para a vinda de Jesus, o nosso Salvador. O Natal é a festa de aniversário de Jesus. Como é nosso costume presentear os aniversariantes, devemos dar a Jesus nosso compromisso de mudança de vida e adesão ao seu projeto. Festas, luzes, compras, encontros com os amigos, nada disso deve ofuscar o verdadeiro sentido do Natal.

Estamos vivendo o advento que é tempo de preparação, de alegria, de expectativa para a chegada de Jesus Cristo. É um momento propício ao arrependimento e a promoção da fraternidade e da paz. O verdadeiro cristão aproveita esse tempo para avaliar o que construiu de bom e de ruim durante o ano e, procurar colocar-se diante de si mesmo e de Deus, assumindo o compromisso de trabalhar não só pelo sucesso material, mas também pelo crescimento espiritual.

O ideal é que todos, cristãos e não cristãos irmanados na mesma fé em Deus, de mãos dadas e de coração aberto ao amor, pratiquemos a fraternidade.

Feliz Natal e um Ano Novo cheio de felicidades e paz é o que eu desejo a todos os leitores.

Por Magali de Figueiredo Esmeraldo

Brasil Pandeiro - Por: Samuel P. Teles


Aconteceu de novo.

Robin Williams faz uma piada no David Letterman, menciona stripers e cocaína e a patuléia bronzeada e hidrófoba mostra o seu valor e seus dentes patrulheiros sempre muito bem afiados..
Acho que nada de novo foi dito. E mesmo assim, era uma PIADA! Nem mais, nem menos.Somente uma PIADA. O prefeito do Rio disse que era dor de corno. Milhares devem estar espumando de raiva pedindo a cabeça do comediante numa bandeja, objeto muito usado nas festas dos bacanas para distribuir o pó de maneira bastante democrática. Quem não nasceu agora ou passou as últimas décadas em Marte sabe disso.

A PIADA foi comentada em sites, portais, twitter, o diabo, mas a verdade inconveniente é essa: O Rio é conhecido como abrigo de bandidos internacionais de todos os quilates, paraíso do sexo pago, terra do pó e celeiro de governantes e legisladores corruptos e ligados ao crime organizado.
Que tal mudar essa imagem com atitudes verdadeiramente eficazes? Ai sim, com a prostituição, muitas vezes de menores, o tráfico e a corrupção desenfreada seriamente combatidos, talvez sobre espaço para tanta indignação. E mesmo assim, foi apenas uma PIADA!

Vivemos reclamando pelos cantos das coisas absurdas que os noticiários nos apresentam todos os dias. Os escândalos se sucedem em velocidade vertiginosa. Em breve algo mais cabeludo que a trapalhada o governador Arruda vai tomar o lugar nas manchetes nacionais. Continuaremos reclamando como aposentados num banco de praça e nas próximas eleições os mesmos canalhas de antes estarão ocupando as assembléias municipais, estaduais e o congresso nacional como se nada houvesse acontecido. Ficar indignado com a PIADA de Robin Willians é hipocrisia elevada à décima potencia.

Os que ficaram tão mordidos com a PIADA do comediante norte americano devem ser do mesmo calibre dos cretinos que saíram atrás da guria da UNIBAN aos gritos de PUTA. E isso, não foi uma piada. Foi fascismo puro, sem nenhum aditivo. Enquanto a imagem do Rio no exterior for essa, as PIADAS vão acontecer. Ou se muda os fatos, o comportamento, ou fiquem calados e agüentem o tranco. E não esqueçam, por mais cruel que tenha sido, foi apenas uma PIADA!

Fonte: Blog do Paulo Carvalho
Por: Samuel P. Teles


TRADIÇÃO POPULAR DO CICLO NATALINO

Lapinha de Mãe Celina - Crato-CE



LAPINHAS VIVAS
A manifestação do sagrado na simplicidade de um povo plural

A influência ancestral dos três principais mundos formadores da alma brasileira permanece pulsante na vida do sertanejo simples, cuja religiosidade se manifesta à flor de seus atos e ditos. E é na efervescência dessa estética universal que nascem e se fortalecem as tradições culturais populares; em nosso caso, resultantes do caldeamento cultural havido entre os indígenas donos da terra, os brancos ibéricos invasores e os negros de várias nações para cá trazidos como escravos.

A Lapinha assume, neste contexto, uma espécie de demonstração da prevalência do cristianismo sobre as crenças e religiões dos outros povos. Entretanto não escapa à aculturação decorrente dessa convivência, sabida por nós nada pacífica ou cordial. J. de Figueiredo Filho, em seu O Folclore no Cariri (1960: p. 32) nos afirma que à Lapinha, “de procedência lusitana, foi acrescentada muita cousa de fonte indígena ou africana, como os caboclos, a canção da formosa tapuia, ou temas inteiramente abrasileirados.” Na mesma obra (pp. 33-39), ilustra seu caráter multicultural verificando a presença do anjo, índios, do sol, da lua, baianas, beija-flor, pastores, vaqueiros... além dos três Reis Magos.

Reis Magos do Circo-Escola Alegria



É a Lapinha Viva, pois, a reconstituição dramática popular da visita dos três Reis Magos ao recém-nascido Jesus, com o fim de lhe ofertarem presentes. Sua significação transita da representação quase que ainda medieval, com pessoas interpretando santos, bichos e coisas da natureza como simples e profunda louvação ao Deus-Menino, até a complexa peça de antropologia cultural que traz em si grande parte da história da humanidade. Lá estão não somente símbolos de culto cristão, católico, mas fortes traços que nos remetem aos primitivos tempos em que o homem vivia em diálogo e harmonia com a natureza, assim como elementos que podem “contar” os processos de formação cultural e social da nação brasileira, sem descuidar de nos remeter aos povos ancestrais de antes do encontro em nossas terras.

Hoje, no Cariri, as nossas Lapinhas Vivas apresentam praticamente as mesmas características dramáticas de outrora, sendo acrescidas quase sempre da louvação de um grupo de Reisado, que também representa a peregrinação dos Reis Magos a Belém, pertencendo ambos ao ciclo natalino, e, às vezes, de uma Banda Cabaçal. Quando se juntam os três folguedos, multiplicam-se a beleza estética, o brilho dramático, o riso brincante, o alcance histórico.

O fortalecimento e a difusão do folclore e das manifestações tradicionais populares, a exemplo das Lapinhas, devem servir principalmente à causa do (re)descobrimento de nossa identidade cultural, pois que oferecem uma farta leitura do mundo em variadas dimensões e diferentes tempos. É a história se doando generosamente à elaboração de um novo pensamento, que dê vazão a sinceras atitudes libertárias, que restabeleça o espírito e a festa da dignidade humana, da democracia, do respeito à natureza, da felicidade, do amor.

Cacá Araújo
Professor, dramaturgo e folclorista
Diretor da Cia. Cearense de Teatro Brincante

Cariri: Um todo de uma parte ou uma parte de um todo - Por Alexandre Lucas *


O Cariri é um misto de confluências de cores e cultos, reduto de engenharia artística em que as engrenagens são movidas pelos fazeres e pensares populares e contemporâneos. No Cariri a maquina humana bebe do passado e do futuro para alimentar a alma presente. Aqui é terra firme aonde pousam o soldadinho da chapada e os pássaros mecânicos, em que em que a tecnologia de ponta convive com o ferro de passar a carvão. O Cariri perpassa caminhos do autoflagelo marcado pelo catolicismo popular e das profanas músicas da indústria do embrutecimento cultural.

Pelas ruas das cidades temos os contrastes. Temos o budega e o Shopping Center, os possuidores e os despossuidores Temos a vida circulando, num tempo que não pára. A região tem raízes fincadas numa realidade concreta que indiscutivelmente é associada à confluência da vida, aos intercâmbios, os embates e as influências do campo econômico, geográfico, cultural e social, num continuo processo dialético. O Cariri não tem formato fechado, pelo contrário tem culturas e artes que são históricas e sociais, como é qualquer outra parte do mundo. O Cariri não pode ser visto como um fragmento isolado dentro de uma totalidade, mas compreendido como parte entranhada desta totalidade, recheada por antagonismos e confluências nos mais diversos aspectos. Em tempos de globalização, o processo e as formas de produção e reprodução da existência humana, ocorre numa velocidade quase que instantânea e não estamos inertes a esses acontecimentos. É deste Cariri do campo e da cidade, da indústria e da oficina de fundo de quintal, do operário e do empresário, da Igreja Católica e dos terreiros das religiões de Matriz Africana, das brincadeiras populares, do imaginário que se mistura com o real, da diversidade e da pluralidade que nos alimentamos.

No entanto é preciso atentar para não caímos no discurso apaixonado que nos coloca distante da realidade e nos encaixota regionalmente. O Cariri é uma região da cultura com suas peculiaridades, como qualquer outra localidade aonde existem homens e mulheres, pois somente com seres humanos é possível se produzir cultura. A produção simbólica do nosso povo não se fixa no tempo, ela acompanha os acontecimentos, através de sobressaltos, vagarosidades e instantaneidades. As manifestações simbólicas e artísticas permeiam-se dentro do motor da realidade. A comunhão das danças profanas e sagradas, as vestes dos brincantes, o cordel, as formas de organização dos grupos, os fazeres contemporâneos e populares não são eternos na sua forma original sofrem influências do tempo e do espaço, assim como também acontece com a grande indústria da cultura. Pensar o Cariri em termos de arte e de cultura como algo eterno e puro é desalojar a capacidade produtiva e criativa do nosso povo. No esmeril da construção humana sofremos uma lapidação de acréscimos, hibridismos e de reinvenção da vida.

No entanto precisamos comer com voracidade a história do nosso povo Kariri, a plural e diversificada produção dos habitantes desta terra e o que a humanidade já produziu e produz, como fez o grande poeta comunista Antônio Gonçalves da Silva, o Patativa do Assaré que se alimentou da realidade dos oprimidos e explorados do Cariri e da história da humanidade para produzir os seus versos afiados com regionalidade e universalidade.

*do Coletivo Camaradas, pedagogo e artista/educador.
Foto: Dihelson Mendonça


OAB nacional notifica Valdetário sobre impugnação de urna

NE - Valdetário pode passar a faixa ao concorrente...

A decisão sobre a anulação da urna eleitoral do Crato, solicitada pela chapa do candidato derrotado à presidência estadual da Ordem, Erinaldo Dantas, está nas mãos de 26 membros do Conselho Federal. Caso o colegiado acate os argumentos de Erinaldo, o presidente eleito Valdetário Monteiro passa a faixa para o adversário. O julgamento deve ocorrer até 1º de janeiro, data da posse da nova presidência.

O presidente eleito da Ordem dos Advogados do Brasil - Secção Ceará (OAB-CE), Valdetário Monteiro, foi notificado ontem sobre a ação que tenta anular a urna do Crato & a última a ter sido apurada na votação de 20 de novembro e que acabou decidindo o pleito a seu favor. O processo foi registrado no Conselho Federal da entidade pela chapa de seu principal adversário na disputa, Erinaldo Dantas, derrotado por apenas 22 votos.

Caso consiga convencer os 26 membros do colegiado (representantes de todos os estados brasileiros, com exceção do Ceará), Erinaldo tomará das mãos de Valdetário o posto de futuro novo chefe da OAB-CE, com apertada vantagem de apenas três votos. Segundo o presidente da 3ª Câmara do Conselho Federal - onde está localizado o processo -, Ophir Cavalcante Júnior, a expectativa é que a situação seja julgada até 1º de janeiro de 2010, data da posse do novo presidente. A confusão em torno da urna do Crato deu-se em função de pelo menos três supostas irregularidades, segundo Erinaldo & todas elas relatadas na ação. A considerada ``mais grave`` por ele foi a prorrogação, por cerca de duas horas, da votação naquele Município. Para o candidato derrotado, houve ``contaminação`` do pleito, já que várias urnas do Estado já haviam sido abertas e apuradas enquanto os eleitores cratenses ainda registravam o voto.

Também está sendo questionado o fato de nove advogados inadimplentes com a OAB terem participado da eleição, o que é proibido pelo estatuto da Ordem. "Como se não bastasse, ainda teve uma pessoa inscrita na subseção de Juazeiro do Norte que foi votar no Crato. Não pode. Houve ainda caso de gente que não constava na lista de eleitores do lugar e, mesmo assim, votou lá e assinou o nome por extenso``, criticou Erinaldo. Apesar da corrida contra o tempo iniciada pela chapa vencida, Valdetário quis lembrar que, para ele, ``a eleição já acabou``. Ao ser perguntado sobre os problemas verificados na urna do Crato, ele argumentou que não consta em nenhuma das atas eleitorais o pedido de impugnação feito por Erinaldo. ``Não havendo esse registro, acontece a preclusão``, explicou o eleito, referindo-se à perda do prazo para questionamentos.

Antes, Erinaldo havia dito ao O POVO que a impugnação foi protocolada no mesmo dia do resultado da votação.

Paz

Nos bastidores do impasse, há informações de que o clima é tenso entre os adversários. Questionados sobre o suposto acirramento dos ânimos, os dois preferiam, entretanto, adotar um discurso propositivo e confiante. ``Da minha parte, estou muito tranquilo. Sou um cara de muita fé e acho que Deus sabe o que é melhor para cada um. Clima de tensão tem do lado de lá``, provocou Erinaldo. Do outro lado da disputa, Valdetário afirma que, se há qualquer hostilidade, "não é da nossa parte. Já estamos trabalhando, fazendo reuniões e planejando nossa gestão".

ENTENDA A POLÊMICA

- Campanha. Quatro candidatos concorreram à presidência da OAB-CE: Valdetário Monteiro, Erinaldo Dantas, Edson Santana e Francisco Colares. A disputa foi polarizada entre os dois primeiros.

- Páreo. A competição foi acirrada. Até o último momento da votação, não era possível saber quem levaria a vitória. O resultado nas urnas confirmou a competitividade: Valdetário foi eleito por apenas 22 votos de diferença.

- Eleitorado. Dos 15,9 mil advogados que estavam aptos a votar, apenas 9 mil participaram do pleito. No Crato, foram contabilizados 239 eleitores.

- Confusão. Foi na urna desse município que surgiram os problemas que levaram aos questionamentos da chapa de Erinaldo. Ele afirma que a votação foi prorrogada por duas horas e que, além disso, advogados inadimplentes com a OAB conseguiram votar.

- Expectativa. O caso está no Conselho Federal da Ordem. Se a urna for anulada, a vitória passa a ser de Erinaldo.

Fonte: Jornal "O Povo"

Inaugurada a sede própria da delegacia regional no cariri do conselho de corretores de imóveis - CRECI

Em solenidade realizada na noite de ontem ( 05 ), foi inaugurada a sede própria da delegacia regional do cariri do conselho de corretores de imóveis - CRECI - localizada na Avenida São Sebastião no bairro Ossian Araripe. Na ocasião, usaram da palavra o Dr. Amilton Cavalcante, tesoureiro do CRECI regional do Ceará. Dr. Expedito Ribeiro Sobrinho, delegado regional do CRECI do cariri. Dr. Armando Cavalcante, Presidente do CRECI regional do Ceará, e o Prefeito Samuel Araripe. Em seguida, houve o decerramento da placa inaugural da sede do CRECI cariri, que tem como patrono o ex-prefeito e ex-deputado Federal, Dr. Ossian de Alencar Araripe, grande benfeitor do conselho regional dos corretores de imóveis do ceará. A cerimônia foi encerrada com a exibição de um vídeo institucional do CRECI Ceará e com um coquetel de confraternização.

Entrevista em Áudio com o Prefeito Samuel Araripe sobre a importância do CRECI, do papel do corretor de imóveis, e o agradecimento pelas homenagens conferidas ao seu pai, Ossian de Alencar Araripe:



Dsc04259


Dsc04267


Dsc04260


Dsc04261


Image4


Dsc04283

Acima: Advogado Aglézio de Brito ( membro do Blog do Crato ) concede entrevista para estação de Rádio.

Texto: Jornalista Huberto Cabral e Dihelson Mendonça
Fotos e Áudio: Dihelson Mendonça


Centro Cultural BNB Cariri – Programação Diária


Dia 05 de dezembro, sábado

Atividades Infantis - CRIANÇA E ARTE

- 14h Bibliotequinha Virtual.

Instrutor: Gilvan de Sousa

O objetivo é despertar o interesse das crianças pela internet, mediante a realização de atividades educativas e jogos. 240min.

- 14h e 16h Teatro Infantil: João e o Pé de Feijão.

Adaptação, direção e manipulação: Marco Augusto

Adaptação do conto popular de origem inglesa conhecido universalmente. A montagem nos conta a saga de João, um menino movido pela curiosidade, fantasia e astúcia, que vence o gigante e acaba coma fome e a aridez do lugar onde mora, mudando o seu destino e o de sua família. Classificação Indicativa: Livre. 50min.

- 15h30 Contação de Histórias: Uma História puxa Outra.

Com Bete Pacheco (Juazeiro do Norte-CE)

Contar histórias é uma arte antiga, passada de geração a geração. Ouvindo histórias, desenvolvemos o gosto pela leitura, ampliamos nosso vocabulário e educamos nossa atenção, estimulando nossa imaginação de forma bem divertida. 60min.

- 17h Sessão Curumim: As Aventuras de Azur e Asmar.

Os meninos Azur e Asmar foram criados juntos pela mesma mulher, Jenane. Eles cresceram como se fossem irmãos, até serem separados. Amar cresceu ouvindo as histórias da mãe sobre a lendária Fada dos Djins e, quando se torna adulto, decide partir à sua procura, contando com a ajuda do andarilho Crapoux. É quando Azur e Asmar se reencontram, agora não mais como irmãos, mas como rivais na busca da Fada. Animação. Cor. Dublado. Livre. 2006. 109min.

Local: CCBNB Cariri (Rua São Pedro, 337, Juazeiro do Norte)

Música - ARTE RETIRANTE

- 19h Calé Alencar: SambaZiloas. 60min.

Cantor, compositor e produtor musical, Calé Alencar tem mostrado seu talento, seguindo uma trajetória de reconhecida importância para o cenário da música cearense. O espetáculo musical SambaZiloas apresenta o itinerário do artista no ambiente carnavalesco, além de incluir canções inéditas e obras referenciais enfatizando loas compostas para os maracatus fortalezenses e a diversidade rítmica do samba. 60min.

Local: Teatro Violeta Arraes (Nova Olinda – CE)

Fonte: CCBNB

Nossos Parceiros - Mercadinho Matos


O
Mercadinho Matos firmou-se na cidade como um locais preferidos pelos Cratenses para fazerem as suas compras. Bons preços, excelente atendimento, e variedade. Produtos sempre novos, longe do prazo de vencimento. Tudo em: Cereais, enlatados, perfumaria, biscoitos, bebidas e frios em geral. MERCADINHO MATOS - O Prazer de comprar bem pelo melhor preço da cidade, com entrega em Domicílio. Rua Dr. João Pessoa, 73 - Fone (88) 3521-3893 - Crato - CE.

roda

Variedade...


IMG_5343


Qualidade dos Produtos...


IMG_5353

Dona Almina Arraes, uma das primeiras clientes do Mercadinho Matos:

IMG_5395

Na foto Abaixo: Os proprietários: Aluísio e Adiê

IMG_9021


mercadinho matos

Mercadinho Matos - A Sua melhor Compra !

Enem começa hoje; Saiba o que levar


A
primeira etapa da prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) será aplicada neste sábado em todo o país. O exame, que avalia o ensino médio e teve 4,1 milhões de inscritos, serve para o ingresso em instituições públicas e privadas. A segunda etapa será no domingo (6).



Os portões dos locais de prova serão abertos às 12h e fechados às 12h55 (horário de Brasília). A aplicação das provas deve começar por volta das 13h, e o candidato só pode sair após às 15h. O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) recomenda que o candidato compareça ao local --o mesmo nos dois dias-- com uma hora de antecedência. A prova vai até às 17h30 no sábado e 18h30 no domingo.

O que levar

Os candidatos levem caneta esferográfica azul ou preta, documento de identidade e o novo cartão de inscrição no Enem, de cor verde. Celulares, agendas, canetas eletrônicas, relógios com calculadoras, pagers, mp3 e outros equipamentos eletrônicos não são permitidos.

Hoje serão aplicados 90 testes tipo múltipla escolha de ciências da natureza e de ciências humanas, distribuídos em blocos com níveis de dificuldade distintos. Amanhã é a vez dos testes de linguagens e matemática, mais a redação.

da Folha Online

Popularidade de Obama cai abaixo de 50%, segundo pesquisa da CNN


O apoio ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, caiu abaixo de 50% pela primeira vez nas pesquisas periódicas realizadas pela CNN, segundo informou nesta sexta-feira a rede que, no entanto, anunciou que 62% dos consultados se mostrou a favor de sua nova estratégia no Afeganistão. Quarenta e oito por cento dos americanos questionados aprovou o governo Obama nos quase 12 meses que está no cargo, sete pontos percentuais menos que na última pesquisa, realizada em novembro, na qual obteve 55% de adesões. Cinquenta por cento disse que não respalda o trabalho do presidente, contra 42% de há um mês.

Os dois pontos percentuais que completariam 100% da amostra são a margem de erro deixada pela empresa de consultoria CNN Opinion Research Corp., responsável pela pesquisa. O diretor da enquete, Keating Holland, explicou que a maior queda entre os que apoiam o presidente aconteceu entre a população de eleitores brancos com estudos básicos não universitários. "Este é um indicador, entre outros, que a impopularidade de Obama poderia estar relacionada com o desemprego e uma economia empobrecida", mais que com outros fatores como o anúncio de enviar mais tropas ao Afeganistão, disse Holland.

Curiosamente, apesar das críticas recebidas pelos setores que acreditavam que Obama não enviaria mais tropas ao Afeganistão, e não iniciaria a saída do Iraque para colocar-se totalmente no Afeganistão, seis de cada dez consultados estão a favor do envio de 30 mil soldados adicionais ao país centro-asiático, anunciado esta semana. Além disso, dois terços dos consultados se mostraram a favor que a retirada das tropas do Afeganistão comece em 2011, como está previsto no plano, embora a maioria tenha considerado que ter anunciado esta data com tanto adiantamento foi um erro e poucos acreditam que possa ser cumprido. No entanto, a CNN indicou que o fato de que a população aprove majoritariamente esta estratégia, não quer dizer que esteja de acordo com o prolongamento da guerra começada por seu antecessor, George W. Bush (2001-2009), em 2001.

Segundo Holland, "dois terços dizem que culpam o presidente anterior, não Obama, pelos problemas enfrentados atualmente pelos EUA no Afeganistão", onde a violência se recrudesceu nos últimos meses. No entanto, a situação pode mudar e acabar convertendo-se na "Guerra de Obama", já que 54% admitiu que o culpará de qualquer problema que o país tenha que enfrentar no Afeganistão em 2011. A CNN assinalou que Obama não é o primeiro presidente com um índice inferior a 50% em seu primeiro ano de mandato, já que Ronald Reagan (1981-1989) obteve em novembro 1981 49% e Bill Clinton (1993-2001) caiu abaixo de 50% aos cinco meses no poder, a queda mais rápida registrada.

da Efe, em Washington e Folha OnLine

Veja as manchetes dos principais jornais deste sábado

Jornais nacionais

Folha de S.Paulo
Pão de Açúcar compra Casas Bahia

Agora S.Paulo
Governo fixa em 6,02% reajuste para benefício acima do piso

O Estado de S.Paulo
Pão de Açúcar compra Casas Bahia e cria gigante varejista

Jornal do Brasil
Alemão volta a ser a fortaleza do tráfico

O Globo
Prefeito se compromete a reduzir área de favelas

Correio Braziliense
Rastro do crime na saúde do DF

Estado de Minas
Vereadores jogam sujo com BH

Diário do Nordeste
"Saidinhas" causam terror

A Tarde
Incêndio já dura três dias e vira tumulto e saque a supermercado

Extra
Sai o calendário do estado para 2010

Correio do Povo
Os primeiros adversários do Brasil

Zero Hora
Fusão cria gigante do varejo brasileira

*

Jornais internacionais

The New York Times (EUA)
Desemprego é o menor desde o início da recessão

The Times (Reino Unido)
Dilema do júri: Amanda Knox era uma diaba ou uma inocente americana?

The Guardian (Reino Unido)
Amanda Knox culpada pelo assassinato de Meredith Kercher

Le Figaro (França)
Emprego: a boa surpresa americana

Le Monde (França)
Mais de 100 mortos em restaurante na Rússia

China Daily (China)
Cresce preocupação de chineses com problemas climáticos

El País (Espanha)
Após dar autorização, Marrocos cancela retorno de Haidar

Clarín (Argentina)
Aumenta mais a diferença entre ricos e pobres

Fonte: Folha OnLine

Marcadores – Por Carlos Eduardo Esmeraldo


Confesso que meu domínio de informática é bastante diminuto. O pouco que eu sei, aprendi com os filhos, a quem sempre recorro, numa inversão cognitiva perfeitamente compreensível. Nesta semana fiz uma descoberta por acaso. Aliás, descobertas ocorrem sempre por acaso.

Intrigava-me aquela palavrinha “marcadores”, existente ao final de alguns textos. Observei que seria para colocar alguma classificação que identificasse o texto, como sendo uma crônica, conto, “causos”, ou outro qualquer gênero. Então passei a registrar meus textos de acordo com meu entendimento, em sua maioria, por mim classificados como crônicas. Mas não sabia qual utilidade disso.

Nesta semana, ao tentar fazer um agradecimento a algum comentário que recebi num de meus textos, em vez de clicar na palavra “comentários”, cliquei erroneamente sobre a palavra “marcadores”. Então surgiram diante de mim todos os meus textos postados aqui no blog e que eu havia classificado como crônicas.

Faço aqui esse registro, até receoso de ser alvo de chacotas dos mais entendidos. Estes que me perdoem, mas se houver pelo menos um dos colaboradores deste importante blog, que tem dúvidas iguais à minha, sentirei que prestei um pequeno serviço de utilidade.

Fica a sugestão para os que desejam verificar quais textos já foram por eles publicados. Basta escolher um texto da sua autoria e clicar duas vezes em “marcadores.” Entretanto, o interessado deverá ter classificado previamente o seu texto com gênero do seu entendimento no lugar reservado a “marcadores”.

Abraços a todos e Feliz Natal!

Do amigo Carlos Eduardo Esmeraldo

Que música você ouviu hoje? - Por: José Cícero


NE - Forró, Não! Respeitem o Forró ! - Música para Animais Falantes !

Que o ser humano tem enveredado por um beco sem saída com uma completa inversão de valores, não se tem mais dúvidas. O que não se esperava é a massificação que a mídia perversa exerce nas pessoas em nome de lucros exorbitantes, e apelativos, colocando a pornografia e a banalidade em um pedestal de exaltação. Chegou o tempo do ser perdido, cuja mentalidade não difere muito dos macacos, do indivíduo que não raciocina, que nada tem na cabeça. Não estuda, não pensa, não sabe nem que está vivo. Como já dizia Sócrates, não são mais que Animais Falantes. ( Dihelson Mendonça ).

Palavras e gritos de baixo calão. Obscenidades da pior espécie do começo ao fim. Refrãos repetitivos e fracos de doer. Mulheres-dançarinas, engraçadinhas quase peladas em seus trajes diminutos. Com requebros de bundas, passos e meneios provocativos. Atitudes que a todos remetem ao sexo e não a dança e, tampouco a arte musical. Estes são os indicativos mais presentes na chamada música da nossa atualidade. Que “eles” querem nos passar como Forró... Coisa que qualquer um pode fazer em minutos, porque não há nenhuma poesia. Nenhum indício de inspiração. Nenhum resquício de romantismo... Nada daquilo que no passado recente poderia ser comparado nem de longe ao que tínhamos no repertório musical da nação tupiniquim.

Diferentemente da boa música elaborada com o mais alto tino poético, quando muitas vezes os bons compositores gastavam noites a fio para imprimir sonoridade, poesia e melodia as suas composições que os imortalizaram. Por outro lado, a música que temos agora é deplorável para não dizermos outra coisa e assim nos igualarmos a todos eles, os pseudocompositores desta verdadeira baboseira que nem de música podemos denominar, sob pena de estarmos cometendo um sacrilégio dos mais imperdoáveis. Aos contumazes, digamos apenas: Se estão fazendo sucesso é mais uma evidência de que a sociedade brasileira na sua maioria, está sendo enganada naquilo que tem de mais importante: a sua consciência artística, principalmente a sua juventude. Com isso cai no descrédito e caindo também o seu nível: ético, educacional e cultural. Constituindo assim, um grande entrave para o seu progresso humanístico e intelectual.

Uma música pífia e pobre em todos os sentidos que se possa imaginar. Barulheira, redundância de frases da pior escolha vocabular, verdadeira miséria da nossa música miserável. Uma clara agressão ao bom-senso e a capacidade de indignação de toda uma gente que preza pelos seu valores históricos. Uma atitude orquestrada para sugar as parcas economias da nossa juventude.

Um assalto. Um estupro musical. Uma ofensa da pior espécie a ética e a moral de um país que desde muito é reconhecido lá fora, entre outras coisas, pela riqueza espetacular da sua cultura que tem como carro-chefe a beleza da sua música popular. Agora, de uns tempos pra cá nos chega isso que “eles” querem que chamemos de forró. Mas convenhamos, nada disso tem a ver com o forró genuinamente nordestino. Respeitemos pelos menos a figura imortal de Luiz Gonzaga, de Marinês, de Jackson do Padeiro, de João do Vale do trio Nordestino, do Trio Nortista e, de tantos outros que, enquanto estavam entre nós, deram o melhor de si, com a sua inteligência pela valorização do verdadeiro forró que conhecemos: O forró autêntico, raízes da nossa história. Orgulho de toda uma geração que tinha compromisso com o futuro e o progresso do Brasil.

Além de assassinar a própria gramática, os 'feitores' desta baboseira, pecam também pela ausência total de poesia e sensibilidade, até mesmo na escolha dos nomes de suas bandas. Senão, tentemos sem muito esforço mental, lembrar os nomes e os títulos que estão por aí encharcando as nossas vidas e a nossa paciência no rádio, na televisão e nos discos. A propósito, que música você ouviu hoje? Cuidado. Proteja-se deles... Vejam alguns dos temas preferenciais que mais utilizam: Sexo, mulher, cachaça, vaquejada, rapariga, bebedeira, balada, transa, cerveja dentre outras "pérolas"... E a mídia? Ah, a mídia também está doente, posto que também participa ativamente deste conchave. Vez que é parte interessada neste estiolado musical. Como vivem para o lucro e nada mais, a mídia aderiu de vez a este filão de ouro da enganação popular.

O que é lamentável, diria que um crime de lesa-cultura, vez que a mídia em absoluto é detentora de uma concessão pública, portanto deveria primar pela cultura brasileira como um primado a ser valorizado e colocado no lugar mais alto das nossas riquezas socioculturais e artísticas. Mas não, fazem justamente o contrário. Com o vergonhoso beneplácito dos poderes e dos poderosos. A música das paradas hoje, na sua maioria, nos agridem os ouvidos, a calma, o lazer e a paciência.
É preciso uma campanha contra tudo isso que está posto na ordem do dia como tácita enganação musical. Do contrário, o que será da nossa música verdadeira daqui há mais uma década? Nossa música não é esta e, queira Deus que não venha a ser nunca... Com mais educação, conhecimento, democracia cidadã e capacidade de indignação haveremos de dá a volta por cima. Forró descartável e imoral nunca mais... tudo não passa de mais um modismo vazio sazonal. Viva a verdadeira música popular brasileira!

Fonte das imagens:
http://images.google.com.br
Leia Mais em:
www.seculteaurora.blogspot.com
www.blogdaaurorajc.blogspot.com

Por: José Cícero - Aurora - CE

Blog do Crato divulga em Primeira Mão: Em Breve Rádio Jangadeiro FM do Crato !


Nova Estação de Rádio FM em Crato !

O Blog do Crato realizou ontem ( 4 ), entrevista com o prefeito Samuel Araripe, que nos passou a notícia em primeira mão da implantação de uma nova estação de Rádio na cidade do Crato. Trata-se da Rádio Jangadeiro FM, do Grupo Jangadeiro de Comunicação, cuja inauguração é esperada para o primeiro semestre de 2010, e extraoficialmente, ainda nos primeiros meses. Segundo informou o representante do sistema SBT/JANGADEIRO, Sr. Esdra Miranda, a estação já está homologada, e tramitou por todas as esferas necessárias, inclusive no Senado da República, e ministério das comunicações, e agora passará efetivamente à sua implantação e a inauguração. A presença do Sr. Esdra Miranda em Crato foi para definir dentre outras coisas, o local aonde será construída a torre da nova estação. Eis parte da entrevista do Prefeito Samuel Araripe ao Blog do Crato:

"Meu Caro Dihelson, há pouco tempo recebi aqui o Sr. Esdra Miranda, que veio em nome do sistema SBT/JANGADEIRO para escolher o local onde será construída a torre para se implantar a Rádio FM JANGADEIRO. E a gente o recebeu com muita alegria, porque o Crato em breve passará a ter mais uma FM no nosso município. E comunicação é tudo. Então foi com muita felicidade, com muita alegria, em pleno mês de dezembro a gente definir esse projeto. A FM Jangadeiro já tramitou em todas as esferas, inclusive no Senado da República, já foi homologada, ministério das comunicações, e agora é passar efetivamente para a implantação e a inauguração que se dará, segundo o Sr. Esdra Miranda, no primeiro semestre de 2010"

Ouça a comunicado:
DICA: A fim de evitar ouvir 2 sons ao mesmo tempo, pare antes o player da Rádio Chapada do Araripe na entrada do Blog, canto superior direito.



Nota do Blog do Crato:

O que se espera é que esta nova estação possa finalmente contemplar o que as outras estações de Rádio do Cariri não fazem: Promover a Arte e a Cultura do Cariri, e ter diversidade na sua programação, com músicas de qualidade para todos os gostos e estilos musicais. É preciso que as estações de rádio possam respeitar o direito e o gosto diverso das pessoas, e não se limitar ao Forró Eletrônico, afinal de contas, já foi constatado através de várias pesquisas, que grande parte da população detesta esse forró eletrônico e aprecia outros estilos. Então, se essa estação deseja a simpatia de todo povo da "CAPITAL DA CULTURA", e não apenas de uma parte, deve respeitar também o gosto musical dessas pessoas, e promover a diversidade e a qualidade.

Por: Dihelson Mendonça

BLOG DO CRATO
www.blogdocrato.com

Dois irmãos padres – por Armando Lopes Rafael




O sobrenome era o mesmo: Sother de Alencar, pois ambos eram filhos do casal Vicente Pereira de Alencar e Maria Regina de Alencar. O local do nascimento de ambos também ocorreu na mesma cidade: Assaré. O mais velho chamava-se Joaquim, o mais novo Vicente. Ainda na primeira infância seus pais fixaram residência na cidade de Barbalha. Foi nessa cidade que Joaquim e Vicente sentiram o chamado para a vocação sacerdotal.

E noutra coisa ambos também foram iguais: no exercício de um profícuo sacerdócio, vivido na entrega total ao semelhante, voltado para a construção do Reino de Deus neste Vale de Lágrimas. E para finalizar as coincidências: tanto o Padre Joaquim Sother de Alencar, como seu irmão, Monsenhor Vicente Sother de Alencar morreram com fama de santidade.

* * *
O Padre Joaquim Sother de Alencar iniciou seus estudos no Seminário São José de Crato, posteriormente estudou no Seminário da Prainha em Fortaleza e dali seguiu para Salvador na Bahia onde foi ordenado em 17 de dezembro de 1882. Voltando ao Ceará foi pároco coadjutor de Barbalha e professor do Seminário em Crato. Era o confessor do Padre Cícero Romão Batista com quem manteve leal amizade até nas agruras que este sofreu no relacionamento com o segundo bispo do Ceará.

Falando sobre o Padre Joaquim Sother de Alencar, assim se refere o Álbum Histórico do Seminário de Crato: “Nunca lhe maculou o espírito e o coração a vaidade de aumentar-se ou de fazer figura, mau grado a sólida formação que recebeu e os conhecimentos que possuía. Seu maior prazer era viver entre os simples, escondido do mundo”. Tanto que foi viver na acanhada vila de Farias Brito, onde passou mais de vinte anos trabalhando para o bem espiritual e ganhando almas para Deus, até que a morte o encontrou no dia 25 de janeiro de 1914, encerrando uma exemplar vida sacerdotal. Foi sepultado na igrejinha velha de Farias Brito.

* * *
Já o Monsenhor Vicente Sother de Alencar ordenou-se em 1897 na cidade de Fortaleza. Depois foi vigário de Barbalha, Jaguaribe, Jardim, Triunfo e Ouricuri (as duas últimas cidades localizadas no estado de Pernambuco).

Em 1915 – quando já havia perdido o irmão – veio residir em Crato onde foi professor do Seminário e Vigário Geral da Diocese de Crato. Nas ausências de Dom Quintino governou várias vezes a recém criada Diocese de Crato. E quando Dom Quintino faleceu, Monsenhor Sother foi escolhido Vigário Capitular, onde permaneceu até 13 de janeiro de 1932, data da posse do segundo bispo, Dom Francisco de Assis Pires que o nomeou novamente Vigário Geral da Diocese, cargo exercido até 1944.

Durante vinte anos, Monsenhor Vicente Sother de Alencar foi capelão da Casa de Caridade, onde celebrava diariamente às cinco horas da manhã. Sacerdote culto, dotado de modéstia e humildade exemplares, reto no cumprimento de suas obrigações, zeloso no seu apostolado era tido por todos como uma alma santa, cuja bondade foi lembrada durante muitos anos após sua morte, nesta cidade de Crato.
Texto e postagem:Armando Lopes Rafael

Lojistas do Cariri esperam crescer vendas em até 20% - Reportagem: Antonio Vicelmo


Praça da Sé, no Crato, já recebeu iluminação especial para marcar as datas festivas deste fim de ano. A decoração será estendida a outras ruas. Foto: ANTÔNIO VICELMO. 5/12/2009

O otimismo domina o comércio no Cariri, que já se reveste com as luzes do Natal, em decoração nas praças e ruas. Crato. Começa a decoração natalina no Cariri. Na Praça Padre Cícero, em Juazeiro do Norte, será instalada uma árvore de Natal com 25 metros de altura. É o "Natal de Luz" da Capital que será estendido ao Interior. A principal atração é o casarão da família Bezerra que, mais uma vez, será transformada em casa de Papai Noel. No Crato, a decoração começou na Praça da Sé. A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) vai sortear um veículo com os consumidores nas suas compras natalinas. Os lojistas do Cariri estão prevendo um incremento de 15% a 20% nas vendas natalinas. O otimismo tem como base as consultas feitas no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), que vem crescendo de ano para ano. O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas do Crato (CDL), Geraldo Pinheiro, informou que, este ano, não será um Natal de "lembrancinhas", isto é, presentes baratos. Os produtos mais vendidos, de acordo com levantamento feito pela CDL, são eletrodomésticos, calçados e confecções. A decoração natalina começou na Praça da Sé, no Crato, e, segundo a Prefeitura deste município, será estendida a outros logradouros da cidade.

Atrair consumidores

De olho no crescimento populacional e econômico da região, os dirigentes lojistas estão investindo em campanhas que tem como objetivo atrair os consumidores. A CDL do Crato vai sortear um veículo popular, um televisor e um computador, no dia 2 de janeiro, entre os consumidores das lojas locais. De acordo com o contrato assinado entre os lojistas e a CDL, cada empresa definirá o valor mínimo de compras, que dará direito ao consumidor receber cupons para concorrer aos prêmios. Além disso, será oferecido um prêmio de R$ 1.200,00 para os vendedores. Ao mesmo tempo, os lojistas e comerciantes estão sendo incentivados a decorar seus estabelecimentos comerciais com motivos natalinos, para deixar as vendas mais atrativas aos compradores. O presidente da Associação Comercial de Juazeiro do Norte, José Jocimar da Silva, está apostando no aumento das vendas após o pagamento do 13º Salário dos trabalhadores. Ele espera um aquecimento nas vendas em torno de 15%.

Esta semana, foi iniciada a decoração natalina da cidade. A primeira praça a ser iluminada foi a Padre Cícero. Ali será montada uma árvore de Natal com 25 metros de altura enviada pela Federação dos Diretores Lojistas do Ceará, que está levando o "Natal de Luz" da Capital para o Interior. De acordo com a secretária de Infraestrutura de juazeiro, Fátima Bandeira, o Projeto Natal de Luz vai envolver as praças Padre Cícero, do Socorro, do Memorial, dos Franciscanos, da Prefeitura, além do Arco do Salesiano, Avenida Padre Cícero e Rua São Pedro (entre as ruas Santa Luzia e São Francisco). A presidente da CDL de Juazeiro, Antônia Anier Salustiano, considera importante essa parceria com o poder público municipal, para o benefício de todos os participantes.

Centro de compras

No Cariri Shopping, o Natal começou mais cedo. A administração preparou uma decoração especial para este fim de ano. Inspirada na magia natalina, investiu numa decoração moderna e de qualidade, como estratégia de motivar o consumidor às compras. A presença do Papai Noel tem sido um grande sucesso, principalmente junto à criançada, que faz pedidos, tira fotos ou simplesmente quer um abraço do "bom velhinho". Enquanto isso, lojistas comemoram os resultados positivos obtidos durante todo o ano. Cerca de 600 mil pessoas visitam o shopping todos os meses e a perspectiva para o período natalino é que esse fluxo aumente ainda mais. O casarão da família Bezerra de Menezes, na Praça Padre Cícero, mais uma vez, será transformado na "casa do Papai Noel". A mansão, que já foi centro de decisões políticas, vai abrir suas portas, na próxima semana, para o público. A exemplo do ano passado, toda a casa será decorada. Desde a sala de visitas, onde estão as cartas com os pedidos de presentes à Papai Noel, até o quarto dos ajudantes, o da Mamãe Noel, o ateliê de costura, com uma máquina antiga pertencente à matriarca da família, dona Maria Amélia Bezerra. Também tem cozinha, jardim, salas de jantar, biblioteca e estacionamento do trenó.

MAIS INFORMAÇÕES
Câmara de Dirigentes Lojistas do Crato (CDL), (88) 358.9000
Associação Comercial de Juazeiro do Norte, (88) 3511.2080.

Reportagem: Antonio Vicelmo
Repórter do Jornal Diário do Nordeste
Colaborador do Blog do Crato e Jornal Chapada do Araripe

Notícias da URCA - Dia 05 de Dezembro de 2009

A ‘Atualidade do pensamento de Celso Furtado’ é tema da X Semana de Economia da URCA

A ‘Atualidade no Pensamento do economista Celso Furtado’, um dos mais destacados intelectuais do Brasil do século XX, é tema da X Semana de Economia da Universidade Regional do Cariri (URCA), que se encerra hoje, com o debate ‘Celso Furtado e seu Pensamento a Serviço da Continuidade de uma ‘Construção Interrompida’, com os professores titulares da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Professor Dr. Nelson Rosas, e da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Professor Dr. William Eufrásio. O evento foi aberto na última quarta-feira, pelo Reitor da URCA, Professor Plácido Cidade Nuvens, que destacou a importância do debate econômico à luz da teoria “Furtadiana” para a academia, na formação dos estudantes, e quanto à situação no contexto político-econômico e social do Brasil recente. Ele citou Celso Furtado como inspirador e que serve como diretriz no campo da teoria econômica, da responsabilidade política, social e cultural, campos onde Celso Furtado exerceu enorme influência. O Chefe de Departamento de Economia, Micaelson Lacerda, e o coordenador do Curso de Economia, destacaram a importância da realização da X Semana Acadêmica, no contexto da formação dos alunos e no fomento aos debates. Esteve representando o Centro Acadêmico Antônio Martins Filho, Marília Castro.

O tema debate do evento contou com abordagem do Professor Dr. Ricardo Bielschowsky, representante da Comissão para a América Latina e Caribe (CEPAL). O Professor Dr. Marcos Costa Lima, diretor do Núcleo de Estudos Regionais e Desenvolvimento da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), esteve presente na palestra de abertura da X Semana, que ainda teve mini cursos, palestras e mesas redondas, além da apresentação de vários trabalhos.

I Colóquio de Geografia Agrária do Cariri Cearense será realizado na URCA

Com o tema ‘Sociedade, Natureza e as relações de produção no Campo’, será realizado de 27 a 30 de janeiro de 2010, o I Colóquio de Geografia Agrária do Cariri. O evento é uma promoção do Grupo de Estudos e Pesquisas em Geografia Agrária – GEA, que desde 2001 reflete sobre o espaço agrário, com enfoque nos debates sobre território Espaço e movimentos sociais e as diversas temáticas referentes à questão agrária. O GEA é composto por pesquisadores e discentes do Departamento de Geociências da Universidade Regional do Cariri (URCAP) e desenvolve desde sua criação atividades de leituras sistematizadas, pesquisas e atividades de extensão. O grupo tem como linhas de pesquisa, sociedade, ensino, gênero e reforma agrária. O encontro visa promover um espaço de debates e reflexões sobre: A questão Agrária, resistência e exploração; Relações Campo-Cidade; Educação do Campo; teorias e métodos da Geografia Agrária; Cultura, Gênero; sexualidade e Impactos Ambientais no Campo.

URCA presente no Encontro Estadual de Estudantes Livres

A Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis garante a presença dos alunos da URCA no Encontro Estadual da Assembléia Nacional de Estudantes Livres – ANEL. O encontro foi realizado em Fortaleza, de 26 a 28 de novembro, com estudantes representantes dos cursos de Direito, Biologia e Ciências Sociais. Segundo o Professor José Cavalcanti, Pró-Reitor de Assuntos Estudantis, para a viabilização deste projeto contou com o apoio da Pró-Reitoria de Desenvolvimento. A Ação faz parte da política de apoio ao movimento estudantil da Universidade. A intenção é contribuir para o fortalecimento deste setor.

I Simpósio de Extensão Popular recebe apoio da PROAE

A Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis da URCA apóia o I Simpósio de Extensão Popular SIMEP e IV Encontro Caririense de Estudantes de Direito – ECED, que está sendo realizado até amanhã. A Universidade tem feito um esforço de garantir as ações estudantis, iniciativas de grande importância para a vida acadêmica da Instituição, segundo ressalta o professor José Cavalcanti da Silva Filho, Pró-Reitor.

Curso de Geografia da URCA presente no Encontro Nacional de Estudantes de Geografia

A Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis garantirá a presença dos alunos do Curso de Geografia da URCA no XVIII ENEG, que será realizado no período de 12 a 18 de fevereiro, em Maceió, Alagoas. São cerca de 50 estudantes que vão em caravana para participar do evento, marcando significativa representação da URCA no evento. O Pró-Reitor de Assuntos Estudantis da URCA, Prof. Cavalcanti, destacou que o Reitor, Plácido Cidade Nuvens, tem a ação estudantil como ponto de honra na sua administração. “Os estudantes têm demonstrado historicamente a sua garra e interesse pelas questões de nossa instituição, participando de momentos decisivos da nossa história. Antes de qualquer coisa, é um dever nosso propiciar as condições mínimas para o fortalecimento o movimento estudantil”, conclui o Pró-Reitor.

Contato:
Assessoria de Comunicação
Universidade Regional do Cariri - URCA

(88) 3102-1212 ramal 2617
www.urca.br - Elizangela Santos

Crato, 04 de dezembro de 2009.


Mestre Dozinho O homem que construiu meio Crato - Por: Roberto Jamacaru


14 de abril de 1908

Nessa data, início do Século XX, em meio ao clima ameno da cidade de São Pedro, hoje a promissora Caririaçu, no Ceará, nascia, para deleite da sociedade caririense, o cidadão Tibúrcio Rodrigues de Melo, o Mestre Dozinho. Segundo relatos, o menino Tibúrcio, desprezando a profissão de marchante sugerida pelo seu pai, optou por sua arte natural toda ela voltada para a construção civil. Tanto talento reunido em uma só pessoa fez com que fossem despertadas as atenções da população e lideranças locais que, embelezadas com a sua metodologia, vieram a contratá-lo obtendo com isso benefícios marcantes no plano do crescimento arquitetônico do Cariri. Segundo um dos maiores jornalista da região, no caso João Lindemberg de Aquino, Mestre Dozinho foi responsável pela construção de MEIO CRATO. Ou seja, metade das obras mais importantes de nossa cidade, entre as décadas de 1940 a 1960, foi edificada por ele, algumas das quais em sociedade com os seus irmãos Francisco Rodrigues de Melo, o Mestre Chiquinho e Raimundo Sobrinho, o Raimundo Caboclo. Entre tantas relíquias, majestosas e modernas, destacamos:

- A torre da Igreja da Matriz e a gruta para nossa Senhora em sua terra natal;
- A primeira sede do Banco Caixeiral;
- O prédio do Posto Texaco;
- O Edifício Filgueiras Teles – o Grande Hotel;
- O prédio novo do Colégio Diocesano;
- O prédio Nossa Senhora da Penha;
- O Juvenato do Colégio Santa Tereza de Jesus;
- O Liceu Diocesano de Artes e Ofício no Alto do Seminário;
- As partes antigas do Hospital São Francisco de Assis;
- O Patronato Padre Ibiapina, hoje sede da URCA;
- A DRASA, a Vila Jubilar, o Edifício Lucceti;
- Os blocos da Rádio Educadora do Cariri e da Faculdade de Filosofia;
- A Igreja de São Francisco;
- As usinas e fábricas: SUCELPA, SINCOSA, ACRISA e Exportadora Cratense;
- Os prédios da Rádio Araripe, do Armazém Recife, Casas Ernani Silva, FC Pierre,
Farmácia São José, Casa Alencar;
- Inúmeras e glamourosas casas residenciais;
- A Rodoviária Wilson Roriz;
- Foi ele o pioneiro na aplicação do sistema de radier e massa fina puxada à borracha.

A beleza e robusteza de suas edificações chamaram as atenções dos construtores de Brasília que logo o convidaram para participar, na condição de Construtor Licenciado, do projeto de Lúcio Costa e Oscar Niemeyer.

Crato, 17 de agosto de 1988... 19horas!

Nessa outra longínqua data, nas dependências do Hospital são Francisco, prédio que ele construíra, morria um dos maiores edificadores da nossa região. Deixou uma família constituída pela esposa Edite Saraiva de Melo, Fanca I (Filha falecida do primeiro casamento), Tibúrcio Rodrigues de Melo Filho, Francisca Saraiva de Melo (Fanca II), Manoel Saraiva de Melo (Venâncio) e Maria Cláudia de Melo Aquino.

Foi-se o homem e ficou o legado!

Um legado construído na mais completa solidez e honradez, muito bem demonstradas na majestosidade de suas obras, claramente explicitadas no seu exemplo de cidadão de bem, bastante comprovadas na sua probidade de homem Público (Prefeito de Caririaçu); verdadeiramente resistente na solidariedade para com os amigos, respeitosamente fidelizadas no amor à família e, por fim, incondicionalmente rendidas no amor a Deus!

Por: Roberto Jamacaru de Aquino

CRATO - Previsão do Tempo e Almanaque - Dia 05 de Dezembro de 2009


Bom Dia!


Hoje, Sábado, 05 de Dezembro de 2009. Continua no parque de exposições do Crato o VI Berro Cariri, trazendo diversas atrações musicais. A grande novidade de hoje, que o Blog do Crato publica em primeira mão, é a visita de um representante do Grupo jangadeiro de Comunicação ao Crato ontem ( 4 ), para o início dos levantamentos para a instalação da Rádio Jangadeiro FM aqui no Crato. Só esperamos que a nova estação faça jus à nossa cidade, que sempre foi uma referência nas Artes e na Cultura da região do Cariri, e não seja mais uma estação a fazer o desserviço do restante da mídia, que instaurou o monopólio da banalização e da besteira, com o chamdo Forró Eletrônico. Que tenha espaço para todos os gêneros e gostos musicais.

Previsão do Tempo

A Previsão do tempo para hoje, dia 05 de Dezembro de 2009 para a cidade do Crato, é de dia de sol com pouca nebulosidade e sem chuvas. Temperatura máxima de 31 e a mínima de 22 graus. Informa o Site Climatempo.

ALMANAQUE

5 de dezembro. Dia de São Sabas.

Os bárbaros godos são conhecidos, na história, por suas guerras de conquista contra terras e nações cristãs. Pagãos, perseguiram e executaram milhares de católicos, mas não puderam impedir a conversão de várias famílias. Foi numa dessas que nasceu Sabas, no ano 439. Nascido na Capadócia, Sabas teve uma infância difícil. A disputa dos parentes por sua herança o levou a procurar ajuda num mosteiro, onde foi acolhido apesar de ser ainda uma criança. Apesar de pouca instrução, tornou-se um sábio na doutrina cristã.

Desde então, transcorreu sua longa vida entre os mosteiros da Palestina. Experimentou a vida monástica cenobítica, ou seja, comunitária; depois passou para o mosteiro dos anacoretas, onde os monges se nutrem na solidão, preferindo esta última. Dividiu tudo o que herdou entre os cristãos pobres e doentes. Trabalhou na conversão de seus conterrâneos e ajudando os cristãos perseguidos em sua pátria. Era, antes de tudo, um caridoso e valente. Naquela época, havia o decreto de que cristãos, para serem poupados, deveriam comer a carne dos animais mortos aos deuses pagãos. Muitos se utilizavam da estratégia de enganar os guardas, dando de comer aos familiares carnes comuns, e não as desses sacrifícios, salvando os familiares do martírio. Mas Sabas se recusava a mentir, chegando a protestar em público contra tal prática.

Quando as perseguições se acentuaram, Sabas já gozava de muito prestígio, pois tinha fundado uma grande comunidade de monges anacoretas no vale de Cedron, na Palestina, chamada de "grande Laura". Ela começou naturalmente, com os eremitas ocupando as cavernas ao redor daquela em que vivia, isolado com os animais, e construíram um oratório. Foi assim que surgiu o que seria no futuro o Mosteiro de São Sabas. A fama dos prodígios que alcançava através das orações e também a grande sabedoria sobre a doutrina de Cristo, que tão bem defendia, fizeram essa comunidade crescer muito.A ele se atribui o fim de uma longa e calamitosa seca. Ocupava uma posição de liderança importante dentro da sociedade e do clero. A eloqüência da sua pregação do Evangelho atraía cada vez mais os pagãos à conversão. Sabas, então, já incomodava o poder pagão como autoridade cristã. Interferiu junto ao imperador, em Constantinopla, a favor dos mais pobres, contra os impostos. Organizou e liderou um verdadeiro e próprio exercito de monges anacoretas para dar apoio ao papa contra a heresia monofisista que agitou a Igreja do Oriente.

Morreu em 5 de dezembro de 532, na Palestina, aos noventa e três anos de idade. São Sabas está presente na relação dos grandes sacerdotes fundadores do monaquismo da Palestina. A festa em sua honra ocorre no dia de sua morte.

Eventos históricos

* 1492 - Na sua primeira viagem ao Novo Mundo, Cristóvão Colombo descobre a ilha de Quisqueya.
* 1496 - O Rei Dom Manuel I assina o decreto de expulsão dos "hereges" de Portugal.
* 1570 - Promulgada a Missa Tridentina pelo Papa Pio V.
* 1732 - Inicia-se no México a construção do edifício destinado ao Tribunal da Inquisição.
* 1757 - Na Guerra dos Sete Anos, a batalha de Leuthen é ganha por Frederico II, o Grande, para os austríacos.
* 1792 - Começa, na Assembléia Nacional, o julgamento do rei Luis XVI, durante a Revolução Francesa.
* 1812 - Napoleão Bonaparte abandona seu exército em difíceis condições na Rússia e retorna a Paris.
* 1815 - Fundação da cidade de Maceió.
* 1847 - Álvares de Azevedo recebe o grau de Bacharel em Letras.
* 1889 - A Família Imperial Brasileira chega a Lisboa após deixar o Brasil devido à Proclamação da República.
* 1904 - A esquadra russa é destruída em Port Arthur pelos japoneses. O Japão sairia vencedor da guerra contra a Rússia.
* 1908 - Fundação da Cruz Vermelha Brasileira.
* 1917 - Golpe de Estado e assumpção do poder (governo e presidência) por parte de Sidónio Pais - em Portugal.
* 1933 - A Lei Seca acaba nos Estados Unidos.
* 1934 - Três cidades ficam destruídas em terremoto em Honduras: San Jorge, La Encarnación e San Fernando.
* 1941 - Durante a Segunda Guerra Mundial, a Grã-Bretanha declara guerra a Romênia, Finlândia e Hungria.
o Segunda Guerra Mundial: Início do contra-ataque Soviético contra o exército Alemão na batalha de Moscovo.
o Segunda Guerra Mundial: Tropas Aliadas tomam Ravena em Itália.
* 1946 - Nova York é eleita sede permanente das Nações Unidas.
* 1952 - A poluição atmosférica causa, pela primeira vez, a morte de milhares de pessoas, no período conhecido com Big Smoke, em Londres.
* 1956 - Forças britânicas e francesas se retiram do canal de Suez no Egito.
* 1957 - Sukarno, líder nacionalista da Indonésia, exige a expulsão de todos os holandeses do país.
* 1960 - Gana rompe relações diplomáticas com a Bélgica.
* 1962 - Os Estados Unidos e a URSS chegam a um acordo sobre a utilização pacífica do espaço.
* 1963 - O senador Arnon de Mello matou outro senador, com um tiro, na tribuna do Senado Federal do Brasil.
* 1967 - É criada a Funai - Fundação Nacional do Índio - no Brasil.
* 1971 - A URSS veta, no Conselho de Segurança da ONU, a resolução que previa o cessar-fogo entre a Índia e o Paquistão, no conflito de Caxemira.
* 1977 - O Egito/Egipto rompe ligações diplomáticas com a Síria, a Líbia, a Argélia, o Iraque e o Iêmen do Sul. Estes países eram contra a negociação de paz entre Egito e Israel - posteriormente o panonorama político mudou.
* 1978 - É aprovada a resolução que determina a instituição do Sistema Monetário a 13 de Maio de 1979, segundo acordo dos bancos centrais dos países da CEE.
* 1980 - É decretado o luto nacional, por cinco dias, pela morte do primeiro-ministro português Francisco Sá Carneiro e do Ministro da Defesa Nacional Adelino Amaro da Costa.
* 1983 - É dissolvida a Junta Militar da Argentina. O general Reynaldo Bignone é nomeado presidente provisional, até que Raul Alfonsin assumiu o posto.
* 1984 - É constituída a AMI.
* 1985 - Os inventores portugueses conquistam quatro medalhas de ouro, duas de prata e quatro de bronze no 34.º Salão Internacional de Invenções de Bruxelas, Eureka-85.
o O Reino Unido abandona a UNESCO.
* 1987 - Pelo menos 22 pessoas morreram após incêndio em um cargueiro panamenho na Espanha.
* 1989 - O antigo líder do Partido Comunista da RDA Erich Honecker é colocado em prisão domiciliária.
* 1993 - Rafael Caldera é eleito presidente da Venezuela pela segunda vez em 25 anos.
* 1994 - A Ucrânia adere ao Tratado de não-proliferação nuclear e promete se desfazer de ogivas herdadas da antiga União Soviética.
o Entra em vigor o Tratado de Desarmamento Estratégico, START I, assinado em 1991 entre os EUA e a URSS.
* 1995 - Javier Solana, ministro das Relações Exteriores da Espanha, é nomeado Secretário-Geral da OTAN.
* 2003 - Oficialização do Hino do estado do Ceará.
o Atentado a um comboio no Sul da Rússia, perto da Tchetchénia provoca 40 mortes e 103 feridos.
* 2005 - Ministros dos Transportes da União Europeia acordam liberalização dos tranportes ferroviários de passageiros a partir de 2010.
* 2006
o Fim do jogo de xadrez entre Vladimir Kramnik e o computador Deep Fritz, que, com 2 vitórias, foi o vencedor por 4 a 2.
o Portugal: O ministro da Administração Interna, António Costa, assina em Bruxelas a declaração com vista à adesão de Portugal ao Acordo de Prum, um mecanismo de reforço da cooperação judiciária e policial transfronteriça.

Nascimentos

* 1443 - Papa Júlio II (m. 1513).
* 1689 - Gabriel Malagrida, missionário jesuíta italiano (m. 1761).
* 1782 - Martin Van Buren, oitavo presidente dos EUA (m. 1862).
* 1868 - Arnold Sommerfeld, físico alemão (m. 1951).
* 1896 - Carl Ferdinand Cori, bioquímico norte-americano, ganhador do Nobel de Medicina em 1947 (m. 1984).
* 1890 - Fritz Lang, realizador, argumentista e produtor cinematográfico austríaco (m. 1976).
* 1899 - Sonny Boy Williamson II, músico estado-unidense de blues (m. 1965).
* 1901 - Walt Disney desenhista e empresário estado-unidense - (m. 1966).
o Werner Heisenberg, físico alemão (m. 1976).
* 1903 - Cecil Frank Powell, físico britanico (m. 1969).
* 1905 - Natalie Paley, modelo e atriz francesa (também foi Princesa da Rússia) (m. 1981)
* 1906 - Otto Preminger, diretor cinematográfico austríaco (m. 1986).
* 1911
o Carlos Marighella, guerrilheiro e político brasileiro (m. 1969).
o Wladyslaw Szpilman, pianista polaco (m. 2000).
* 1914 - Lina Bo Bardi, arquiteta ítalo-brasileira (m. 1992).
* 1925 - Anastasio "Tachito" Somoza Debayle, político nicaraguense (m. 1980).
* 1927 - Bhumibol Adulyadej, rei da Tailândia.
* 1932
o Little Richard, músico estado-unidense.
o Sheldon Glashow, físico estado-unidense.
* 1946 - José Carreras, tenor espanhol.
* 1947 - Egberto Gismonti, compositor brasileiro.
* 1949 - Ângela Rô Rô, cantora brasileira.
* 1954 - Carlos Nascimento, jornalista brasileiro.
* 1956
o Klaus Allofs, ex-futebolista alemão.
o Leila Cordeiro, jornalista brasileira.


Falecimentos

* 771 - Carlomano I, que governou a Austrásia, irmão de Carlos Magno (n. 751).
* 1560 - Rei Francisco II de França (n. 1544).
* 1791 - Mozart, compositor e músico do Classicismo austríaco.
* 1870 - Alexandre Dumas, pai, novelista francês (n. 1802).
* 1891 - Imperador Pedro II do Brasil (n. 1825).
* 1907 - Charles Leickert, pintor belga (n. 1816).
* 1913 - Salvador de Mendonça, diplomata e escritor brasileiro, imortal da Academia (n. 1841).
* 1926 - Claude Monet, pintor impressionista francês (n. 1840).
* 1930 - Raúl Brandão, militar, jornalista e escritor português (n. 1867).
* 1949 - Soeiro Pereira Gomes, escritor neo-realista português e militante comunista (n. 1909).
* 1965 - Joseph Erlanger, fisiologista norte-americano, ganhador do Nobel de Medicina de 1944 (n. 1874).
* 1979 - Lesley Selander, cineasta estadunidense (n. 1900).
* 1983 - Robert Aldrich, cineasta estadunidense (n. 1918).
* 2006 - David Bronstein, enxadrista soviético (n. 1924).
* 2007 - Karlheinz Stockhausen, compositor alemão (n.1928).
* 2008 - Aleixo II, patriarca da Igreja Ortodoxa Russa.

Feriados e eventos cíclicos

* Dia do Barrigudo
* Dia Internacional dos Voluntários para o Desenvolvimento Económico e Social - Criado pela ONU, através de resolução da Assembleia-Geral.
* Dia da Pátria na Tailândia - Feriado Nacional do País.
* Noite de São Nicolau nos Países Baixos - Feriado Santo e local.
* Dia do Casal.
* Dia do Pregão de S.Nicolau, em Guimarães, integrado nas seculares Festas Nicolinas

Fontes: Climatempo, Edições Paulinas, Wikipedia

Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30