xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 28/11/2009 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

28 novembro 2009

Futebol Com Amilton Silva - Edição de Domingo, dia 29 de Novembro de 2009

Campeonato Brasileiro da Série B está Encerrado

Seis partidas meramente amistosas, deram início a 38ª e última rodada do Brasileirão da Série A, nesta sexta feira (27). Portuguesa 1 X 1 Campinense , Paraná 1 X 1 Fortaleza (Despedida melancólica do Fortaleza), ABC 0 X 1 Bragantino, Duque de Caxias 4 X 1 Ponte Preta, São Caetano 2 X 1 Figueirense e Atlético GO 0 X Bahia. Neste sábado, quatro equipes lutavam para não serem rebaixados para série B do próximo ano. América RN , Brasiliense, Ipatinga e Juventude. Com os resultados finais, Juventude campeão da Copa do Brasil de 1999, fará campanha aos já rebaixados ABC, Campinense e Fortaleza. O Vasco campeão antecipado da competição perdeu para o Ipatinga, no Ipatingão, por 2 X 0. O Guarany de Campinas venceu o Juventude por 2 X 1 , sagrando-se vice campeão da Série B. O Ceará que precisava da vitória diante do América de Natal, não passou de um 0 X 0 , diante da maior torcida nesta rodada e deixou escapar o vice campeonato. Mesmo com o empate o Vovô volta para a Série A, com uma excelente campanha. Brasiliense 2 X 1 Vila Nova , finalizaram a rodada.

Farão parte da Série A de 2010

Vasco 46 pontos ganhos campeão da série B
Guarany 69 pontos ganhos Vice campeão
Ceará 68 pontos ganhos
Atlético GO 65 pontos ganhos

Foram rebaixados para Série C do próximo ano

Juventude
Campinense
Fortaleza
ABC


Brasileirão Série A

A penúltima rodada do Brasileiro Série A, está programada para este domingo dia 29. As partidas estão programadas para às 17:00 horas (Horário de Brasília):

CORÍNTHIANS X FLAMENGO
GOIÁS X SÃO PAULO
FLUMINENSE X VITÓRIA
ATLÉTICO PR X BOTAFOGO
CRUZEIRO X CORITIBA
SANTO ANDRE X NÁUTICO
SPORT X INTERNACIONAL
AVAÍ X SANTOS
GRÊMIO X BARUERI
PALMEIRAS X ATLÉTICO MG

Faltando duas rodadas , São Paulo, Flamengo , Internacional e Palmeiras lutam pelo título do Brasileiro 2009. Coritiba, Atlético PR, Botafogo, Fluminense, Santo André e Náutico lutam desesperadamente para permanecerem na divisão de elite. O Sport de Recife já esta rebaixado matematicamente.

Por: Amilton Silva - Editor de Esportes do Blog do Crato


Nem vindo ao Brasil, o Butão fica perto - Postado por: José Sales


O país perdeu tanto tempo vendo os Presidentes Lula e Ahmadinejad torturarem intérpretes para abrir a conexão português-inglês-farsi, que não deu a mínima a um visitante muito mais exótico, que andou por aqui quase ao mesmo tempo que o iraniano. No caso, o primeiro-ministro do Butão Lyongpo Jigme Thinley. Ele sim, tinha assunto para encher jornais, pelo menos nos segundos cadernos. Convidado a testar em Foz do Iguaçu um carro elétrico desenvolvido pela Fiat em parceria com Itaipu, pegou o volante na sede da usina e só o largou na sede do hotel.

Em outas palavras, sem ter nada a esconder, divertiu-se placidamente. Almoçou no bandejão classe A da empresa. Adorou o canal da piracema, que promove a migração de peixes através da barragem. Passeou pela hidrelétrica, alegando que, dispondo de água a rodo, um dos pratos fortes da exportação butanesa é a energia que vende à Índia e à China. No hotel Rafain, deslizando entre o elevador e o saguão de quimono de seda e sandálias no pé, dava a impressão de estar sempre lançando a última palavra em moda para sauna ou piscina.

Mas ele veio ao Brasil ensinar como se administra um país pelos preceitos da Felicidade Interna Bruta. A idéia brotou anos atrás de uma das monarquias mais isoladas da terra. O Butão não passa de um país com pouco mais de 38 mil quilômetros quadrados, enrugado por montanhas com mais de sete mil metros de altitude e coberto florestas originais em quase 65% de seu território. É habitado por raridades, como o leopardo das neves, elefantes asiáticos, mais de 50 espécies de rododendros e 700 de pássaros e orquídeas inumeráveis. Mas tem menos de 700 mil habitantes.

É o cenário da moda. Buthan, a Visual Odyssey, de Michael Hawlley, mereceu uma edição de luxo com 58 quilos de peso, 40 mil fotografias e as dimensões de uma mesa para seis comensais. Sai por 30 mil dólares. Mas tem versão barata, por 50. Dizem que foi de lá que no século passado o escritor inglês o escritor inglês James Hilton tirou a idéia de Xangrilá.

O fato é que tudo o que se imagina do Nepal o Butão tem. Menos turismo de massa. Em 2008, ele acolheu 21 mil turistas, que só podem visitá-lo pelas mãos de um guia da agência oficial. A televisão e a internet só entraram legalmente no país há uma década, e com recomendações de uso moderado. Sua economia não é lá essas coisas. A moeda local se ancora na rúpia indiana. Sua principal indústria é a produção artesanal de peças religiosas. Suas relações diplomáticas com os Estados Unidos, a Rússia e outras potências se fazem via Nova Déli.

O Butão tem uma longa história de guerras, golpes e até impeachments monárquicos. Mas anda cada vez mais quieto. Sua Felicidade Interna Bruta está entregue a um rei que ainda não fez 30 anos. E a um conselho que aplica a receita da FIB a partir de 72 indicadores sociais, onde têm peso o tempo de lazer de cada cidadão e sua bem-aventurança ambiental – reduzido a um decálogo de exportação por seu apóstolo internacional Laurence Brahm. O fato é que, lá, o noticiário policial, à falta de assuntos mais trepidantes, registra queixa de vizinhos por briga de cachorros.


Quando o FIB surgiu, o jornal Financial Times tratou-o como o roteiro de uma viagem mística em marcha a ré. Mas ultimamente as pesquisas de opinião pública atestam que só 3% dos butaneses se declaram infelizes. Há três anos, a revista Business Week, apoiada numa enquete da Universidade de Berkeley, pôs o Butão estava num honroso oitavo lugar entre os países mais felizes do mundo. Perdia para a Dinamarca, a Finlândia e a Suécia, sem dúvida. Mas, até na categoria dos reinos-encantados, ganhava de Luxemburgo. As economias mais fortes do mundo, montadas em PIBs gigantescos, vinham muito atrás, comendo a poeira do crescimento acelerado, que na época elas mesmas levantavam.

Fonte Jornalista Marcos Sá Correia/ O ECO - Postado por José Sales


PODER SEM LIMITES - Por: Francisco Ribeiro Mendes

"O Poder corrompe. E o poder absoluto corrompe Absolutamente"


A explicação para os imbróglios que marcaram o atual governo do Brasil, até agora, está no excesso de poder concedido de um governante e na falta de preparo, de cultura e de competência deste para governar. Quando Lula se fez presidente, uma grande horda de admiradores, de aduladores e até de adoradores, se formou ao seu redor. Então, ele descobriu o caminho para o sucesso e a popularidade. E aí, superestimado, usou o poder econômico, que o mandato de presidente lhe confere, para ajudar seus amigos. E foi tanta ajuda que até aqueles que se diziam seus inimigos se juntaram a ele atraídos pelas tranquibérnias do poder. Nessa corrente de interesses que se formou, os amigos de Lula não lhe poupavam elogios e não lhe negavam nada. Diante de tanta bajulação, seu sucesso e sua popularidade atingiram uma marca nunca antes vista. Mas nesse desvario o país provou a pior crise de corrupção da sua história, que gerou protestos e revolta. E, aí, Lula usou os poderes que seus amigos lhe outorgaram para conter as manifestações. O poder da força para censurar a imprensa; o poder do arbítrio, para investigar adversários; o poder de mandar para calar o Legislativo e o Judiciário; e o poder da persuasão, para enganar os desinformados com um falso assistencialismo, que além de não matar a fome e não acabar com a pobreza, ainda fomentou uma sociedade de malandros que não geram renda, mas votam, e em troca de migalhas, aplaudem tudo que o presidente diz e faz. Assim, Lula conseguiu dissimular os embustes do seu governo sem abalar sua popularidade que, ainda, aumentou.

Mas Lula queria um poder para mudar a história. E, então, usou o poder absoluto. E com a ajuda de algumas empresas e empreiteiras (velhas conhecidas dos congressistas), fizeram surgir um filme onde a história de um certo Filho do Brasil, famoso pelas suas greves, pelos seus piquetes, pelas suas idéias subversivas e pelas suas companhias, pudesse ser contada na esfera da fama e do sucesso, mostrando apenas os amigos honrados e deixando de lado os amigos companheiros que carregaram dinheiro na cueca para ajudar a construir sua fama; os amigos trapaceiros que roubaram a nação com seus mensalões; e os amigos arruaceiros que invadem terras alheias e promovem vandalismo.

Com tanto sucesso, Lula decidiu que era hora de virar celebridade. Então usou o poder da fama para se fazer presente em cerimônias internacionais, participar de conferências mundiais e até discursar na ONU. Por onde vai leva consigo seus marketeiros para divulgarem a presença do “gênio político”, para que este possa ser admirado e cortejado. Impressionados, um presidente, em busca de apoio, lhe chamou de “o cara”; um outro, para vender aviões, lhe cobriu de elogios; outro, em agradecimento pelo perdão da dívida do seu país, lhe honrou com ritual de vodu; e, até um ditador, para retribuir o esforço de Lula em favor do ingresso do seu país no Mercosul, lhe comparou a Jesus Cristo.

Mas, para Lula, era preciso mais poder. Se possível um poder ilimitado, que lhe desse também o direito de se intrometer em assuntos internos de outros países. E Lula não perdeu tempo. Com o poder da soberania usou a embaixada do Brasil em Tegucigalpa para tentar devolver o mandato do presidente deposto de Honduras; com o poder de julgar contestou a justiça italiana para defender um criminoso condenado à prisão perpetua naquele país; com o poder de se aparecer está se metendo nos conflitos do Oriente Médio, fazendo declarações que mais parece um Arafat brasileiro ao lado do presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP); e por fim, com o poder de provocar, declara apoio ao presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, aquele que se arma para destruir Israel, que não acredita que existiu holocausto e desafia o mundo com seu poder atômico escondido. Se derem mais poder a Lula, qualquer dia ele vai descobrir o esconderijo do terrorista Osama bim Laden e convidá-lo para visitar o Brasil. Mas enquanto isto não acontece, firme na sua convicção de defender bandidos, assassinos e terroristas, nosso presidente usa o poder político em campanha para eleger Dilma Rousseff presidente do Brasil.

Francisco Ribeiro Mendes
Brasília-DF

PEDÓFILOS - Uma Análise - Por: Antonio Paiva Rodrigues


É a pessoa que tem a perversão da pedofilia ou a pratica, palavra de origem grega ped (o) + filo. A pedofilia seria uma doença ou uma tara sexual? A realidade é que a prática da pedofilia vem crescendo assustadoramente em todo o mundo. As crianças até 14 anos de idade são as vitimas dos pedófilos. Os estudiosos, os psiquiatras, psicólogos afirmam ser a pedofilia uma perversão sexual, caracterizada pela opção sexual preferencial por crianças e adolescentes, de forma compulsiva e obsessiva. O pedófilo é uma pessoa aparentemente normal e muitas vezes bem inserida na sociedade, daí o fato da pedofilia ser uma patologia muito frequente em todos os níveis sociais e econômicos, portanto, não é rara a presença de pedófilos nas escolas, praças, igrejas, consultórios médicos, enfim, em todos os lugares onde ele, o pedófilo, possa encontrar crianças e adolescentes. Em muitos casos o pedófilo pode ser alguém da própria família. O pedófilo é, acima de tudo, um doente, que necessita de tratamento, mas que se torna muito perigoso, já que pode cometer crimes (não só o abuso sexual em si, mas outros igualmente graves, incluindo até o homicídio) contra as crianças, por isso deve ser combatido. A justiça pernambucana está envolta em escândalo sexual de proporções incalculáveis e inéditas, tal situação pode deixar uma nódoa em grande parte da magistratura mauriciana.

Dois juízes segundo investigações da Corregedoria do Tribunal de Justiça pernambucano são acusados da prática de pedofilia e a preferência dos juízes eram meninos. A Vara da Infância e da Juventude abrigava os dois juízes que mantinham relações homossexuais com crianças e adolescentes em cidades do interior pernambucano. (Isto É) Mas não fica só nisso, um terceiro suspeito também juiz está sob investigação e corre o risco de ter o mesmo destino de seus pares pedófilos, um afastamento provisório das funções ou aposentadoria compulsória com pagamento integral de seus rendimentos no momento em que foram acusados dela corregedoria.

Esse interesse por crianças pode ser tão antigo que não se tem uma data precisa para marcar os primeiros casos de pedofilia acontecidos no mundo. Sabemos que ele é tão antigo quanto a humanidade e existem pinturas de homens mantendo relações sexuais com crianças. A verdade é que desde a Grécia Antiga que surgiu o termo “efebo” que é o rapaz jovem, mancebo, ou aquele que chegou a puberdade. (Shvoong). Do grego éphebos, e do latim ephebus, são sinonímias de jovem do sexo masculino que era iniciado na vida sexual por um homem mais velho. Para se ter uma ideia da aberração em alguns mosteiros budistas no Tibet, os novatos tem que dormirem com os monges mais experientes. Essa prática perdura até os dias de hoje. O casamento heterossexual era de efeitos práticos e o amor era considerado território para homens maduros e seus rapazes.

Na Grécia antiga as mulheres serviam apenas para procriação, pois o amor mais caloroso era entre homens. Diz a história que o profeta Maomé tinha várias esposas e uma delas era uma criança de 8 anos, e na época do casamento Maomé estava com 53 anos de idade. Vejam só são nuanças acontecidas que praticamente poucas pessoas tem conhecimento, mas a história está aí para comprovar a veracidade dos fatos. Na Idade Média e no renascimento a beleza feminina tinha um ideal, longos cabelos louros, atitude displicente, maçãs do rosto saliente e era grande o número de mulheres que casavam na puberdade.

Diz à história que um dos pedófilos mais famosos era o escritor inglês Lewis Caroll (1862-1898), ele era nada mais do que o escritor de Alice no País das Maravilhas, escrito em 1865. Uma de suas manias bizarras era a de fotografar menininhas em parques, chegou a fotografar uma garota de quatro anos de nome Alicia Lidell, que foi sua inspiração para escrever o livro infantil epigrafado. Dizia ele que Alicia tinha uma beleza provocativa o que fazia com que o escritor a cortejasse sempre até de maneira acintosa. Isso fez com que a mãe de Alicia a afastasse da presença de Lewis Carol. Vários e vários casos Aconteceram no velho continente e em 1955, durante a escrita de um romance por Vladimir Nabokov, de nome Lolita, surgiria o termo “ninfeta”, para garotas de idade entre nove e 14 anos.

Elas enfeitiçavam os homens com sua natureza “ninfica” demoníaca. Em 1977, o cineasta polonês Romam Polanski teve que fugir dos estados Unidos da América do Norte (EUA) depois de admitir ter feito sexo com uma garota de 13 anos. O famoso cantor Michael Jackson também foi acusado de abusar de um menino de 12 anos. A pedofilia pode ser designada como o desejo sexual proibido. É um problema antigo, mas deve ser combatido com rigor pelas autoridades que lidam com crianças e com pessoas com esta perturbação sexual. Os ambientes em que as crianças permanecem por muito tempo, principalmente os internos estão mais vulneráveis a pedofilia.

A partir da exposição pública de casos de pedofilia envolvendo médicos, sacerdotes e professores, cidadão de comportamento social e profissional supra de qualquer suspeita voltaram-se os cientistas comportamentais, dentre eles os juristas, para o estudo dessa prática, cujas vítimas são crianças e adolescentes. É nesse terreno minado de preconceitos e distorcidas visões de mundo que nós, juristas, debruçamos-nos na tentativa de sistematizar o tema e impor a repressão adequada e efetiva para impedir as agressões ao corpo e a espírito de quem mal começou a viver. Essas agressões quase sempre resultam em profundas sequelas em personalidades ainda não definidas, razão pela qual é classificada a pedofilia, no Brasil, por que violação hedionda, segundo a Lei 8.072/90.

As penas para lá de suaves para os juízes Francisco de Assis Timóteo Rodrigues de São José de Belmonte (PE), e Max Cavalcanti de Albuquerque, de Palmeirina (PE) que foram afastados de suas funções e as famílias das crianças como ficam? Os casos envolvendo pedófilos deveriam ser combatidos veementemente pelos órgãos de “Direitos Humanos”, pois crianças e seus familiares vão sofrer com esta marca inglória para o resto da vida. “Tribunal de Justiça de Pernambuco afasta dois magistrados por abuso sexual de menores; um deles é acusado de matar três testemunhas”. Dizem que as festas patrocinadas por Timóteo seriam frequentadas até por padres. Os casos pernambucanos são apenas a ponta de um iceberg que está deixando a cúpula do judiciário do estado de Pernambuco estarrecida. Pensem nisso!

ANTONIO PAIVA RODRIGUES-MEMBRO DA ACI-DA ALOMERCE E DA AOUVIRCE
Foto Ilustrativa: Site: brasil-contra-a-pedofilia

O Muro do Rio de Janeiro – por Armando Lopes Rafael


Eis o Muro da ex-Cidade Maravilhosa, construído pelo Governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral com apoio do Prefeito Eduardo Paes (ambos da base de sustentação do Governo Lula, claro). Mais de 550 casas foram destruídas nas proximidades das favelas do Rio de Janeiro para que este muro fosse construído. Na verdade não é bem o “muro” do Rio de Janeiro, pois ele tem uma extensão de 11 km e isola morros cariocas, como Rocinha e Chapéu Mangueira, criando uma distância maior entre asfalto e morro, entre pobres e ricos. O “muro” diminuiu a auto-estima de quem mora nestes lugares murados. Forma-se um gueto, exclue-se mais os que já são excluídos.
O governador Sérgio Cabral (da base de sustentação do Governo Lula, claro) é aquele que defende o aborto para a Rocinha, uma “fábrica de produzir marginal”, segundo ele. Sérgio Cabral diz que o muro ajudará a população a se defender dos marginais que infestam o Rio de Janeiro.

Postado por Armando Lopes Rafael

Mega-Sena sorteia R$ 12 milhões neste sábado

Apostas podem ser feitas até as 19h

Apostas custam R$ 2 e podem ser feitas até as 19h. Valor deve render até R$ 72 mil por mês, se aplicado na poupança. O concurso 1.130 da Mega-Sena pode pagar até R$ 12 milhões neste sábado (28). Os sorteios acontecem às 20h (horário de Brasília), em Dois Vizinhos (PR). As apostas custam R$ 2 e podem ser feitas até as 19h. Segundo a Caixa Econômica Federal, o prêmio pode render até R$ 72 mil por mês, se aplicado na poupança. Com o valor do prêmio, o vencedor da bolada pode comprar 480 carros populares.

Fonte: G1


Publicidade: Shopping RESIDENCE - No Crato, você compra bem...

IMG_0959


As festas de fim de ano se aproximam!
Compre bem! Compre nas lojas do Shopping Residence, em Crato.
Conforto e Qualidade.

Dsc04012


Dsc03933



Dsc03892



Dsc03980


Shopping RESIDENCE - Parceiro do Blog do Crato

A Flor - Autor desconhecido - Postado por A. Morais

Conta-se que por volta do ano 250 aC, na China antiga, um príncipe da Região Norte do país, estava as vésperas de ser coroado imperador, mas, de acordo com a lei, ele deveria casar. Sabendo disso, ele resolveu fazer uma disputa entre as moças da corte ou quem quer que se achasse digna de sua proposta. No dia seguinte, o príncipe anunciou que receberia, numa celebração especial, todas as pretendentes e lançaria um desafio. Uma velha senhora, serva do palácio há muitos anos, ouvindo os comentários sobre os preparativos, sentiu uma leve tristeza, pois sabia que sua jovem filha nutria um sentimento de profundo amor pelo príncipe. Ao chegar em casa e relatar o fato à jovem, espantou-se ao saber que ela pretendia ir à celebração, e indagou incrédula: Minha filha, o que você fará lá? Estarão presentes todas as mais belas e ricas moças da corte. Tire essa idéia insensata da cabeça, eu sei que você deve está sofrendo, mas não torne o sofrimento uma loucura.

E a filha respondeu: Não, querida mãe, não estou sofrendo e muito menos louca, eu sei que jamais poderei ser a escolhida, mas é minha oportunidade de ficar pelo menos alguns momentos perto do príncipe, isto já me torna feliz. A noite, a jovem chegou ao palácio, lá estavam, de fato, todas as mais belas moças, com as mais belas roupas, com as mais belas jóias e com as mais determinadas intenções. Então finalmente, o príncipe anunciou o desafio:

Darei a cada uma de vocês, uma semente. Aquela que, dentro de seis meses, me trouxer a mais bela flor, será escolhida minha esposa e futura imperatriz da China. A proposta do príncipe não fugia as profundas tradições daquele povo, que valorizava muito a especialidade de cultivar algo, sejam costumes, amizades, relacionamentos etc. O tempo passou e a doce jovem, como não tinha muita habilidade nas artes de jardinagem, cuidava com muita paciência e ternura a sua semente, pois sabia que se a beleza da flor surgisse na mesma extensão de seu amor, ela não precisava se preocupar com o resultado. Passaram-se três meses e nada surgiu, usara de todos os métodos que conhecia, mas nada havia nascido. Dia após dia, ela percebera cada vez mais longe o seu sonho, mas cada vez mais, profundo o seu amor. Por fim, os seis meses haviam passado e nada havia brotado. Consciente do seu esforço, e dedicação a moça comunicou a sua mãe que, independente das circunstancias retornaria ao palácio, na data e hora combinadas, pois não pretendia nada alem de mais alguns momentos na companhia do príncipe.

Na hora marcada estava lá, com o seu vazo vazio, bem como todas as outras pretendentes, cada uma com uma flor mais bela do que a outra, das mais variadas formas e cores. Ela estava admirada, nunca havia presenciado tão bela cena. Finalmente chega o momento esperado e o príncipe observa cada uma das pretendentes com muito cuidado e atenção. Após passar por todas, uma a uma, ele anuncia o resultado e indica a bela jovem como sua futura esposa. As pessoas presentes tiveram as mais inesperadas reações. Ninguém compreendeu porque ele haveria escolhido justamente aquela que nada havia cultivado. Então, calmamente o príncipe esclareceu: esta foi a única que cultivou a flor que a tornou digna de se tornar uma imperatriz. A flor da honestidade, pois todas as sementes que entreguei eram estéreis.

A honestidade é como a flor tecida em fios de luz, que ilumina quem a cultiva e espalha claridade ao seu redor.

Postado por A. Morais - Blog do Sanharol
Foto: http://www.imotion.com.br/imagens

Publicidade - DULARE MÓVEIS - Uma grande loja se instalou em Crato !


Dulare 400

DULARE é a mais nova opção para você comprar seus móveis na Região do Cariri. Se você procura qualidade por preços acessíveis, o caminho certo é na DULARE MÓVEIS. E aproveite as ofertas de fim-de-ano. DULARE - Bons Móveis para Você - Em crato, na Praça Siqueira Campos.

Uma grande loja com o maior sortimento:

Image2


Sofás, Camas, Guarda-roupas, salas, cozinhas completas...

Dsc04075


Tudo de bom para sua Casa

Dsc04102



Dsc04098

Atendimento por pessoal treinado. Garantia de bom atendimento e respeito ao cliente.

Dsc04119

Você não precisa mais se deslocar aos grandes centros para comparar com qualidade!

Dsc04104

Loja grande, produtos em estoque!

Dsc04076

Simpatia e respeito ao Cliente !

Dsc04134


DULARE MÓVEIS - Promoção de Inauguração

Em CRATO, na Praça Siqueira Campos

Empresa parceira do Blog do Crato

Ciro Gomes - Nem só de Ectoplasmas vive a Política

"O COISO ?"

NE - O título é nosso. A matéria é de hoje do Jornal "O Povo"

Na disputa presidencial de 2010, caso Ciro Gomes (PSB) e Dilma Rousseff (PT) venham a ser candidatos, ambos encontrarão apoio no palanque do governador Cid Gomes (PSB). Pelo menos é o que afirmou ontem o próprio Ciro, em Fortaleza. “Tudo que você imaginar vai acontecer. Tudo. Aqui, por exemplo, o governador Cid Gomes abrirá o palanque dele, se eu for candidato, para mim e para a Dilma. Vai ser assim no Brasil inteiro“, disse o deputado.

Com o processo de definição de candidaturas em todo o País ainda repleto de pendências e com a possibilidade da divisão da base aliada nos estados, o próprio presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) já havia admitido a possibilidade de a pré-candidata petista ter de subir em palanques de mais de um candidato em alguns estados. Ontem, Ciro reafirmou a vontade de candidatar-se à Presidência e avaliou que “a campanha está em marcha dentro do ritmo que ela pede ou até mais acelerado do que eu jamais vi“. Ele evitou o tom agressivo contra o pré-candidato tucano e seu principal desafeto político, José Serra – que também estava em Fortaleza ontem -, mas não poupou indiretas ao governador paulista. “Alguns são francos, sinceros, de afirmar que estão sim no esforço de viabilizar sua candidatura, que é o meu caso. Outros preferem insultar a inteligencia alheia dizendo que não são candidatos, que estão só, quem sabe, passeando“, ironizou. O deputado comentou sua declaração sobre Serra, dada na última quarta-feira, em que teria chamado o tucano de “coiso“ e “ectoplasma“. “Eu fiz uma brincadeira. Porque não é o Serra. O coiso é uma entidade que eu criei que está por detrás de um monte de coisa estranha que acontece“, disse.

Como exemplo, Ciro falou do recente caso em que deputados apresentaram notas frias para receberem verba indenizatória, o que, segundo ele, foi vinculado por jornais de São Paulo ao governador mineiro, Aécio Neves (PSDB). Aécio, político próximo de Ciro, disputa com Serra a vaga de candidato tucano à Presidência. O mineiro foi presidente da Câmara entre 2001 e 2002, quando foi criada a verba indenizatória.

“Como é que isso funciona? É o coiso. Não é o Serra. O Serra não é o coiso. É o coiso“, afirmou. “Aí perguntam pra mim: o que é o coiso? O coiso é um ectoplasma. O Serra é uma figura de carne e osso, respeitabilíssima, é o governador, portanto ele não é o coiso. Agora, o coiso está atuando e eu vou denunciar. Toda vida que aparecer a obra do coiso, eu vou dizer: isso é coisa do coiso“, brincou.

Sobre a última pesquisa – CNT/Sensus, Ciro assumiu uma posição “reticente“, em relação ao tempo que falta até a eleição. Apesar disso, não perdeu a oportunidade de alfinetar Serra: “O que acho possível visualizar é que há uma tendência franca de queda das preferências do atual governador de São Paulo, porque aqueles números anteriores, um ano e meio, dois anos e meio atrás, eram falsos, como eu sempre disse.

Fonte: Jornal O POVO

As manchetes dos principais jornais neste sábado


Jornais nacionais

Folha de S.Paulo
Governo do DF é acusado de corrupção

Agora S.Paulo
Fim do fator dificulta acordo para reajuste dos aposentados
O Estado de S.Paulo
Polícia flagra 'mensalão do DEM' no governo do DF

Jornal do Brasil
Pré-sal: perda de 3 bi vai "matar" a Saúde
O Globo
Governador do DEM é suspeito de pagar propina a deputados

Correio Braziliense
GDF e Distrital são alvo de investigação

Estado de Minas
Bancos propõem acordo para pagar perdas da poupança

Diário do Nordeste
Casa cheia
A Tarde
Negociata foi combinada na Assembleia

Extra
Light, eles também querem gerador

Correio do Povo
Brutalidade na BR 116: três mortes

Zero Hora
Espanhóis planejam novo parque eólico no Estado


Jornais internacionais

The New York Times (EUA)
Rússia e China defendem censura de agência do Irã
The Washington Post (EUA)
Mercados mundiais suportam vários choques

The Times (Reino Unido)
Cameron rejeita pacto de referendo americano

The Guardian (Reino Unido)
Bancos britânicos são interrogados por autoridades reguladoras sobre exposição à crise de Dubai

Le Figaro (França)
França ganha posição-chave

Le Monde (França)
Porque escolheram a tomar a nacionalidade francesa

China Daily (China)
Nenhuma mudança na fiscal, políticas monetárias

El País (Espanha)
O prazo máximo para criar uma empresa é reduzido para cinco dias

Clarín (Argentina)
O campo diz que mais uma vez foi embora de mãos vazias

O Companheirismo de Fabrício e Valdetário

NE - É sempre interessante ver a luta dos amigos e companheiros por uma causa. Este vídeo foi produzido para ser apresentado como depoimentos na campanha do Fabrício e do Valdetário. Agora, passadas as eleições, podemos postar aqui, e constatar o companheirismo dos amigos. Um grande abraço a todos!



Produção: DM STUDIO

Adivinhe quem está nas Fotos ? - Escreva um Comentário !


Vamos tentar Novamente ?

O Povo do Crato na Internet !


E continuando com nosso quadro "Adivinhe quem está nas fotos", hoje trazemos mais uma série para vocês. Alguns serão fáceis de identificar. Mesmo aos Cratenses que foram morar em outras cidades. Entretanto, alguns só poderão ser identificados pelas pessoas que mais conhecem nossa cidade na atualidade. Nossa homenagem a todos esses Cratenses maravilhosos, que encontramos todos os dias pelas ruas da Cidade, e aqui, no BLOG DO CRATO.

Foto 1

IMG_2299


Foto 2

Image1


Foto 3

IMG_2265


Foto 4

IMG_0967


Foto 5

IMG_0972


Foto 6

IMG_1110


Foto 7

IMG_0935


Foto 8

IMG_0964

Foto 9

IMG_0904


Foto 10

IMG_4506

Abraços a todos esses nossos grandes conterrâneos!

Fotos e Texto: Dihelson Mendonça

ATENÇÃO - É proibida a Cópia, Reprodução e Reutilização sem a devida autorização da Administração do Blog do Crato. os infratores serão punidos dentro das rígidas leis de Direitos Autorais.

CRATO - Previsão do Tempo e Almanaque - Dia 28 de Novembro de 2009


Bom dia, amigos do Blog do Crato!

Hoje, dia 28 de Novembro de 2009. Uma das novidades do Blog é que estamos trabalhando para uma melhor estabilidade da Rádio Chapada do Araripe, que enfrentou durante dias, problemas de sair do ar sem avisar... estamos verificando toda a estrutura, e aparentemente o sistema voltou à normalidade. A programação e o áudio tambem foram aperfeiçoados. Um grande abraço hoje para o meu amigo Valdemir Correia de Souza, Amilton Som, Vera ( da loja Happy Store ). E lembrando aos nossos leitores que hoje começamos a publicidade de uma das maiores lojas do Cariri: A DULARE MÓVEIS. Que bom termos a Dulare como nossa parceira! Abraços a todos.

Previsão do Tempo

A previsão do tempo para hoje em Crato, segundo o site Climatempo, é de dia de Sol com poucas e núvens e sem possibilidade de chuvas. Temperatura máxima de 31 graus e mínima de 21 graus.

ALMANAQUE

28 de novembro. Dia de São Tiago das Marcas

Nasceu em Monteprandone, na província de Ascoli Piceni, região de Le Marche ou das Marcas, Itália, no ano de 1394. Seu nome de batismo era Domingos Gangali. Órfão ainda criança, foi educado pelo tio, que o conduziu sabiamente no seguimento de Cristo. Estudou em Perugia, onde se diplomou em direito civil junto com o grande João de Capistrano, agora santo. Decidiu deixar a profissão para ingressar na Ordem dos Franciscanos, onde estudou teologia e ordenou-se sacerdote. Quando vestiu o hábito, tomou o nome de Tiago, que logo foi completado com o "das Marcas", em razão de sua origem. Foi discípulo de outro santo e seu contemporâneo da Ordem, Bernardino de Sena, que se destacava como o maior pregador daquela época, tal qual conhecemos. Também Tiago das Marcas consagrou toda a sua vida à pregação. Percorreu toda a Itália, a Polônia, a Boêmia, a Bósnia e depois foi para a Hungria, obedecendo a uma ordem direta de Roma. Permanecia num lugar apenas o tempo suficiente para construir um mosteiro novo ou, num já existente, restabelecer a observância genuína da Regra da Ordem Franciscana.

Depois, partia em busca de novo desafio ou para cumprir uma das delicadas missões em favor da Igreja, para as quais era enviado especialmente, como fizeram os papas Eugênio IV, Nicolau V e Calisto III. Participou na incursão da cruzada de 1437 para expulsar os invasores turcos muçulmanos. Humilde e reto nos princípios de Cristo, nunca almejou galgar postos na Igreja, chegando a recusar o cargo de bispo de Milão. Viveu em extrema penitência e oração, oferecendo seu sacrifício a Deus para o bem da humanidade sempre tão necessitada de misericórdia. Mas os severos e freqüentes jejuns a que se submetia minaram seu organismo, chegando a receber o sacramento da unção dos enfermos seis vezes. Mesmo assim, chegou à idade de oitenta anos. Faleceu em Nápoles, pedindo perdão aos irmãos franciscanos pelo mau exemplo que foi a sua vida. Era o dia 28 de novembro de 1476. Seu corpo foi sepultado na igreja de Santa Maria Nova, daquela cidade. A sua biografia mostra muitos relatos dos prodígios operados por sua intercessão, tanto em vida quanto após a morte. O papa Bento XIII canonizou Tiago das Marcas em 1726 e marcou o dia de sua morte para a celebração de sua lembrança.

Eventos históricos

* 1660 - Fundação da Royal Society de Londres.
* 1824 - Emancipação do município de Franca.
* 1907 - Fundação do Leixões Sport Club.
* 1912 - Proclamada a independência da Albânia do Império Otomano.
* 1941 - Amin al-Husayni encontra-se com Adolf Hitler para trabalhar para os nazis.
* 1958 - Chade, a República do Congo e o Gabão se tornam repúblicas autônomas da França.
* 1960 - A Mauritânia torna-se um país independente da França.
* 1964 - Fundação do Partido Nacional Democrata da Alemanha (NPD).
* 1975 - Proclamação da república de Timor-Leste.
* 1979 - Um DC-10 da Air New Zealand choca contra o monte Erebus, na Antártida. Morrem os 257 passageiros e tripulantes.
* 1991 - Declaração de independência da Ossétia do Sul (não reconhecida por nenhum país).
* 1995 - TV Digital: o Acats recomendou que a agência do governo dos EUA sugerisse o ATSC como o padrão norte-americano de TV Digital.
o Os 15 países da União Europeia e 12 países do sul do Mediterrâneo estabelecem uma parceria que deverá conduzir à criação de uma zona de comércio livre.
* 2000 - Descoberta do planetóide Varuna, na Cintura de Kuiper.
o O time de futebol do Vasco da Gama se torna o segundo clube brasileiro a atingir a marca dos 1.000 gols.
* 2006 - Papa Bento XVI inicia visita de 4 dias a Turquia, sendo a 1ª vez que ele vai a um país de maioria muçulmana.

Nascimentos

* 1489 - Margaret Tudor, filha de Henrique VII da Inglaterra (m. 1541).
* 1628 - John Bunyan, escritor britânico (m. 1688).
* 1757 - William Blake, poeta, pintor e gravador inglês (m. 1827).
* 1795 - François Nicholas Madeleine Morlot, cardeal francês (m. 1862).
* 1820 - Friedrich Engels, intelectual alemão, parceiro de Karl Marx (m. 1895).
* 1834 - Etienne Laspeyres, professor de economia e estatística francês (m. 1913).
* 1857 - Afonso XII, rei de Espanha (m. 1885).
* 1881
o Stefan Zweig, escritor austríaco (m. 1942).
o Eduardo Afonso Viana, pintor português (m. 1967)
* 1887 - Ernst Röhm, oficial alemão, co-fundador das Sturmabteilung (SA) nazis (m. 1934).
* 1905 - Albert W. Tucker, matemático do Canadá (m. 1995).
* 1907 - Charles Alston, professor, pintor e escultor afro-americano (m. 1977).
* 1908 - Claude Lévi-Strauss, antropólogo belga. (m. 2009)
* 1924 - Johanna Döbereiner, engenheira agrónoma teuto-brasileira (m. 2000).
* 1941 - Benito Di Paula, pianista, cantor e compositor brasileiro.
* 1948 - Agnieszka Holland, escritora polonesa.
* 1950 - Ed Harris, ator norte-americano.
* 1955 - Alessandro Altobelli, ex-futebolista italiano.
* 1962
o Jon Stewart, humorista norte-americano.
o Marco Ricca, ator brasileiro.
* 1965 - Arminas Narbekovas, ex-futebolista lituano.
* 1967
o Anna Nicole Smith, atriz e modelo estadunidense (m. 2007).
o José Del Solar, ex-futebolista e treinador peruano de futebol.
* 1968 - Fabian Jeker, ciclista suíço.
* 1970 - Jan Michaelsen, ex-futebolista dinamarquês.
* 1972 - Figueiredo, futebolista angolano.
* 1974 - András Tölcséres, futebolista húngaro.
* 1976 - Aitor Ocio, futebolista espanhol.
* 1977 - Fabio Grosso, futebolista italiano.
* 1978
o Mehdi Nafti, futebolista tunisiano.
o Jonílson, futebolista brasileiro.
* 1980 - Stuart Taylor, goleiro inglês.
* 1981 - Shizuka Arakawa, patinadora japonesa.
* 1982 - Leandro Barbosa, basquetebolista brasileiro.
* 1983
o Flávia Delaroli, nadadora brasileira.
o Édouard Roger-Vasselin, tenista francês.
o Nelson Haedo Valdez, futebolista paraguaio.
* 1984
o Trey Songz, cantor americano (R&B e hip hop)
o Marcelo Boeck, goleiro brasileiro.
o Mary Elizabeth Winstead, atriz norte-americana.
* 1985 - Tiago Iorc, cantor brasileiro.
* 1986 - Alfred Kirwa Yego, atleta queniano.
* 1990 - Carla Diaz, atriz brasileira.

Falecimentos

* 1514 - Hartmann Schedel, cartógrafo alemão.
* 1680 - Bernini, artista barroco italiano (n. 1598).
* 1859 - Washington Irving, escritor americano (n. 1783).
* 1861 - Manuel Antônio de Almeida, escritor brasileiro (n. 1831).
* 1934 - Coelho Neto, escritor brasileiro (n. 1864).
* 1944 - Antonio Rocco, pintor ítalo-brasileiro (n. 1880).
* 1954 - Enrico Fermi, físico italiano (n. 1901).
* 1965 - José Campos de Figueiredo, escritor português (n. 1899).
* 1975 - Erico Verissimo, escritor brasileiro (n. 1905).
* 2002 - Mahicon Librelato, jogador de futebol (n.1981).

Feriados e eventos cíclicos

* Dia do Soldado Desconhecido no Brasil
* Aniversário da cidade de Franca, São Paulo, Brasil
* Aniverśario da cidade de Ampére, Paraná, Brasil

Fonte: Climatempo, Edições Paulinas, Wikipedia

Claude Lévi-Strauss é o nosso homenageado no HOJE NA HISTÓRIA


HOJE NA HISTÓRIA

NE - Nesta data, em 1908, nascia em Bruxelas, Claude Lévi-Strauss.

Claude Lévi-Strauss (Bruxelas, 28 de novembro de 1908 — Paris, 30 de outubro de 2009) foi um antropólogo, professor e filósofo francês. É considerado fundador da antropologia estruturalista, em meados da década de 1950, e um dos grandes intelectuais do século XX. Professor honorário do Collège de France, ali ocupou a cátedra de antropologia social de 1959 a 1982. Foi também membro da Academia Francesa - o primeiro a atingir os 100 anos de idade. Desde seus primeiros trabalhos sobre os povos indígenas do Brasil, que estudou em campo, no período de 1935 a 1939, e a publicação de sua tese As estruturas elementares do parentesco, em 1949, publicou uma extensa obra, reconhecida internacionalmente. Dedicou uma tetralogia, as Mitológicas, ao estudo dos mitos, mas publicou também obras que escapam do enquadramento estrito dos estudos acadêmicos - dentre as quais o famoso Tristes Trópicos, publicado em 1955, que o tornou conhecido e apreciado por um vasto círculo de leitores.

Biografia - Primeiros anos

Claude Lévi-Strauss nasceu em Bruxelas, de uma família judia de origem alsaciana, das cercanias de Strasburgo. Mas, à época do seu nascimento, seu pai, Raymond Lévi-Strauss - um pintor retratista, que acabou arruinado pelo advento da fotografia - tinha um contrato a cumprir na cidade e sua mulher, Emma, estava prestes a dar à luz. Assim, o pequeno Claude ali passou as primeiras semanas de vida. O avô materno, com quem ele viveu durante a Primeira Guerra Mundial, era o rabino da sinagoga de Versailles. Seu bisavô, Isaac Strauss, era regente de orquestra na corte - à época de Luís Filipe e depois, sob Napoleão III.

Vida escolar e política

Depois de concluir a escola primária em Versalhes, instala-se em Paris para prosseguir seus estudos secundários - primeiro no tradicional Lycée Janson-de-Sailly e depois no Lycée Condorcet, um dos melhores colégios de Paris. No final dos seus estudos secundários, encontra um jovem socialista filiado a um partido belga e se liga à esquerda, familiarizando-se rapidamente com a literatura política que até então lhe era desconhecida, incluindo Marx. Torna-se militante da S.F.I.O., encarregado de coordenar o grupo de estudos socialistas, tornando-se depois Secretário Geral dos Estudantes Socialistas.

Início da trajetória acadêmica

Estuda Direito na Faculdade de Direito de Paris, obtendo sua licença antes de ser admitido na Sorbonne, onde se graduou em Filosofia em 1931 (obterá seu doutorado em 1948, com a tese As estruturas elementares do parentesco). Depois de passar dois anos ensinando filosofia no Liceu Victor-Duruy de Mont-de-Marsan e no liceu de Laon, o diretor da Escola Normal Superior de Paris, Célestin Bouglé, por telefone, convida-o a integrar a missão universitária francesa no Brasil, como professor de sociologia da Universidade de São Paulo. Esse telefonema seria decisivo para o despertar da vocação etnográfica de Lévi-Strauss, conforme ele próprio iria declarar mais tarde: "Minha carreira foi decidida num domingo de outono de 1934, às 9 horas da manhã, a partir de um telefonema."

Estadia no Brasil

Entre 1935 a 1939, Lévi-Strauss lecionou sociologia na recém-criada Universidade de São Paulo, juntamente com os professores integrantes da missão francesa, entre eles: sua mulher Dina Lévi-Strauss, Fernand Braudel, Jean Maugüé e Pierre Monbeig. Junto com Dina, Strauss também excursionou por regiões centrais do Brasil, como Goiás, Mato Grosso e Paraná. Publicou o registro dessas expedições no livro Tristes Trópicos (1955), neste livro ele conta inclusive como sua vocação de antropólogo nasceu nessas viagens. Em uma de suas primeiras viagens, no norte do Paraná, teve seu esperado primeiro contato com os índios, no rio Tibagi, porém ficou decepcionado, ao supor sem muito conhecimento etnográfico que "os índios do Tibagi (Kaingang) não eram nem 'verdadeiros índios', nem 'selvagens'" (Lévi-Strauss 1957:160-161). Porém ao final do primeiro ano escolar (1935/1936), ao visitar os Kadiweu na fronteira com o Paraguai e os Bororo no centro de Mato Grosso, lhe rendeu sua primeira exposição em Paris nas férias de (1936/1937), o que foi fundamental para entrada de Lévi-Strauss no meio etnológico francês, conforme admite ele próprio: "Eu precisava fazer minhas provas de etnologia, porque não tinha formação alguma. Graças à expedição de 1936, consegui créditos do Museu do Homem e da Pesquisa Científica, ou do que acabaria se chamando assim. Com esse dinheiro, organizei a expedição nambiquara."

Em 1938 foi realizada uma expedição até os Nambikwara no Mato Grosso, com financiamento francês e brasileiro, que deveria durar um ano. De fato, durou seis meses - de maio a novembro do mesmo ano. Além do casal Lévi-Strauss, participaram o médico e etnólogo francês Jean Vellard e o antropólogo brasileiro Luis de Castro Faria, que aponta os problemas que a missão enfrentou com os órgãos públicos brasileiros, por contar com o patrocínio de Paul Rivet, ligado ao Partido Socialista francês, e que se tornara persona non grata no Brasil porque supostamente teria difamado o país na França.[5] Já Luis Grupioni aponta as resistências existentes no SPI quanto à segurança da missão e a relutância de Lévi-Strauss em aceitar um fiscal do Conselho de Fiscalização das Expedições Artísticas e Científicas:"Mais que a possível simpatia socialista identificada aos membros da expedição, era a perspectiva de fiscalização e controle de uma expedição estrangeira, o que teria impedido a concessão da licença." A missão também visitou os últimos homens e mulheres Tupi-Kaguahib no rio Machado, hoje considerados desaparecidos.

O período no qual passou no Brasil, foi peça fundamental em sua carreira e no seu crescimento profissional, além de ter despertado em Strauss sua vocação etnológica. Disse: "Um ano depois da visita aos Bororo, todas as condições para fazer de mim um etnógrafo estavam satisfeitas"(1957).

Retorno à França


Após três anos no Brasil, Lévi-Strauss voltou à França, reconhecido no meio etnológico. Diz ele, em Tristes Trópicos: "Um ano depois da visita aos Bororo, todas as condições para fazer de mim um etnógrafo estavam satisfeitas." Seu livro As estruturas elementares do parentesco foi publicado em 1949 e, instantaneamente, consagrou-se como um dos mais importantes estudos de família já publicados. O título é uma paráfrase ao título do livro de Émile Durkheim, As formas elementares da vida religiosa. No final da década de 1940 e começo da década seguinte, Lévi-Strauss continuou a publicar e experimentou considerável sucesso profissional. Em seu retorno à França ele se envolveu com a administração do CNRS e do Musée de l'Homme, até ocupar uma cadeira na quinta seção da École Pratique des Hautes Études, aquela de 'Ciências Religiosas' que havia pertencido previamente a Marcel Mauss e que Lévi-Strauss renomeou para "Religião Comparada de Povos Não-Letrados". Apesar de bem conhecido em círculos acadêmicos, foi apenas em 1955 que Lévi-Strauss se tornou um dos intelectuais franceses mais conhecidos ao publicar Tristes Trópicos, livro autobiográfico acerca de sua passagem pelo Brasil e contato com os ameríndios na década de 1930, que contém uma visão eurocêntrica, e até certo ponto colonialista.

Colégio de França

Em 1959 Lévi-Strauss foi nomeado para a cadeira de Antropologia social do Collège de France. Por volta desse período publicou Antropologia estrutural, uma coleção de ensaios em que oferece tanto exemplos como manifestos programáticos do estruturalismo. Começou a organizar uma série de instituições e confrontos entre as visões existencialista e estruturalista que iria eventualmente inspirar autores como Clastres e Bourdieu. Foi também eleito doutor honoris causa de diversas universidades pelo mundo.

Últimos anos

Apesar de aposentado, Lévi-Strauss continuava a publicar ocasionalmente volumes de meditações sobre artes, música e poesia, bem como reminiscências de seu passado. Claude Lévi-Strauss morreu em 30 de outubro de 2009, poucas semanas antes da data em que faria 101 anos. A morte só foi anunciada quatro dias depois. O presidente da França Nicolas Sarkozy o definiu como "um dos maiores etnólogos de todos os tempos". Bernard Kouchner, o ministro de Assuntos Exteriores francês, afirmou que Lévi-Strauss "quebrou com uma visão etnocêntrica da história e humanidade [...] Em um tempo em que tentamos dar sentido a idéia de globalização, construir um mundo mais justo e humano, eu gostaria que o eco universal de Claude Lévi-Strauss ressonasse mais forte". O jornal The Daily Telegraph afirmou no obituário do antropológo que Lévi-Strauss foi "uma das influências pós-guerra dominantes na vida intelectual francesa e o principal expoente do Estruturalismo nas Ciências sociais". A secretária permanente da Académie Française Hélène Carrère d'Encausse disse: "Ele era um pensador, um filósofo [...] Nós nunca encontraremos outro como ele".

Citações

“O antropólogo é o astrônomo das ciências sociais: ele está encarregado de descobrir um sentido para as configurações muito diferentes, por sua ordem de grandeza e seu afastamento, das que estão imediatamente próximas do observador.” Antropologia Estrutural, 1967.

"Meu único desejo é um pouco mais de respeito para o mundo, que começou sem o ser humano e vai terminar sem ele - isso é algo que sempre deveríamos ter presente". - Aos 97 anos, em 2005, quando recebeu o 17º Prêmio Internacional Catalunha, na Espanha.

Distinções, condecorações, recompensas

* Eleito Membro da Academia Francesa em 1973.Décano da Academia desde a morte do professor Jean Bernard em 2006.
* Membro estrangeiro da Academia Nacional de Ciências dos Estados-Unidos;
* Membro da Academia Britânica;
* Membro da Academia Real de Artes e Ciências dos Países Baixos;
* Membro da Academia Norueguesa de Ciências e Letras.
* Conservador de honra do Museu do cais Branly, nomeado em 2007
* Palmas Académicas da França;

Condecorações

* Comendador da Ordem Nacional do Mérito da França;
* Comendador da Ordem Artes e Letras da França;
* Comendador da Ordem da Coroa da Bélgica;
* Comendador da Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul do Brasil;
* Comendador da Ordem do Sol Nascente do Japão;
* Grã-cruz da Ordem Nacional da Legião de Honra da França;
* Grã-Cruz da Ordem Nacional do Mérito Científico do Brasil;

Prêmios e medalhas

* Medalha de ouro e Prêmio do Viking Fund, 1966
* Medalha de ouro do Centro Nacional da Pesquisa Científica da França, 1967
* Prêmio Erasmo, 1973
* Prêmio da Fundação Nonino, 1986
* Prêmio Aby M. Warburg, 1996
* Prêmio Meister Eckhart, 2002

Doutor honorário

* Universidade Livre de Bruxelas - (Bélgica);
* Universidade de Chicago - (Estados Unidos);
* Universidade de Columbia - (Estados Unidos);
* Universidade de Harvard - (Estados Unidos);
* Universidade Johns Hopkins - (Estados Unidos);
* Universidade Laval - (Canadá);
* Universidade Nacional Autônoma do México - (México);
* Universidade de Montreal - (Canadá);
* Universidade de Oxford - (Inglaterra);
* Universidade de São Paulo - (Brasil);
* Universidade de Stirling - (Escócia);
* Universidade de Uppsala - (Suécia);
* Universidade Visva Bharati - (Índia);
* Universidade de Yale - (Estados Unidos);
* Universidade Nacional do Zaire - (Zaire).

Fonte: Wikipedia

Pensamentos do Dia - 28 de Novembro de 2009


"Os homens inteligentes não podem ser bons maridos, pela simples razão de que não se casam."

Henri Montherlant

"A política não se faz com discursos, festas populares e canções; ela faz-se apenas com sangue e ferro."

Otto Bismarck

"Só há amor quando não existe nenhuma autoridade."

Raul Seixas

"Homem que desmunheca e mulher que pisa duro não enganam nem no escuro."

Stanislaw Ponte Preta

"A suprema arte da guerra é derrotar o inimigo sem lutar."

Sun Tzu

"A coragem é filha da prudência, não da temeridade."

Pedro Barca

Notícias do Crato - Para o dia 28 de Novembro de 2009


Ação Social do Crato promove oficina de produção de enfeites natalinos

O Governo Municipal do Crato em parceria com a Secretaria de Ação Social promovem a partir da próxima segunda-feira, dia 30, até o dia 8 de dezembro sempre as 13 horas e 30 minutos, oficinas de produção de enfeites natalinos para as mães cadastradas no Programa ASEF - Ações Sócio Educativa às Famílias. As oficinas serão realizadas nas creches onde os participantes do ASEF fizeram suas referidas matrículas. É importante ressaltar que os trabalhos feitos durante a oficina serão levados para casa pelos seus respectivos donos.

II Fórum Municipal de Esporte do Crato tem seu término hoje

Iniciado na noite de ontem o II Fórum Municipal de Esporte do Crato tem como objetivo primordial discutir de uma maneira mais ampla o Esporte como um todo no município e dentro desse contexto dinamizar ações de desenvolvimento. Hoje, a partir das 8 horas, no Auditório do Centro Cultural do Araripe, no largo da RRFSA, será apresentada a Lei Municipal do Conselho de Esporte, bem como serão eleitos seus conselheiros. A prefeitura do Crato e a Secretaria de Cultura Esporte e Juventude convocam a população a participar desse evento que reúne estudo e planejamento de melhorias para o esporte. A Programação do Fórum segue hoje de acordo com esses horários:

08h às 09h- Café da Manhã

09h às 09:30min - Continuação Fórum, Exibição de um Documentário

09:30min às 10h- Tema III – Esporte de Rendimento e Profissional, Palestrante: Rubens Cesar

10h às 10:30min - Apresentação da Lei do Conselho Municipal de Esporte

10:30min às 11h- Eleição e posse do Conselho Municipal de Esporte

12h- Relatório final do Fórum; Encerramento das atividades

Fonte: Assessoria de Imprensa
Governo Municipal do Crato
Fone/Fax - (88) 3521.7069
Mais informações:

http://www.crato.ce.gov.br
http://www.prefeituramunicipaldocrato.blogspot.com

Morre o rabequista José Oliveira - Reportagem: Antonio Vicelmo

Juazeiro do Norte. A cultura popular do Cariri perde um dos seus mais legítimos representantes. Morreu José Oliveira, filho do famoso "Cego Oliveira", um portador de deficiência visual que fazia da arte de tocar rabeca o seu ganha pão, um exemplo de superação que comoveu e encantou o mundo com o som de um instrumento rudimentar, catando os benditos do Padre Cícero. Zé Oliveira herdou do pai o nome, a deficiência visual, a arte de tocar rabeca e a vontade de viver.

A exemplo do pai, morreu pobre numa casinha simples, localizada na Rua Princesa Isabel, em Juazeiro do Norte. Quando era mais novo, costumava mendigar, no dia de segunda-feira, na Rua Bárbara de Alencar, no município do Crato. Quando alguém o procurava para ir à casa de seu pai, que morava na zona rural, era ele quem ensinava o caminho. Mesmo cego, ele indicava ao motorista o caminho de sua casa. Conhecia, pelo balançar do veículo, todos os acidentes geográficos da estrada. Se o motorista errasse o caminho, ele corrigia. Sabia, pelo tato, o valor das moedas que ele mendigava.

Zé Oliveira não conheceu a fama. Não foi agraciado com o título de "Mestre da Cultura". Mas, com a sua resignação, conquistou uma legião de admiradores que o tinham como um exemplo de paciência e sabedoria. Sem a vista, enxergava o mundo com o coração. Para o folclorista cratense Cacá Araújo, o Zé Oliveira foi um destes artistas anônimos que existem na periferia das cidades. O Cariri, segundo Cacá, é o celeiro de artistas que ainda não foram descobertos pela grande mídia. Ele lembra o famoso Cego Aderaldo, do Crato. Já o radialista João Rodrigues Menezes destaca que o Zé Oliveira foi um dos maiores referenciais da cultura carirense. É dele a última foto do "rabequeiro" que divulgou o nome de Juazeiro.

Mais Informações:
João Carlos Rodrigues
Assessor de Imprensa da Prefeitura de Juazeiro do Norte
(88) 3566.1020

Fonte: Jornal Diário do Nordeste

Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30